Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sábado, 23 de maio de 2015

A Escola da Gala

Ontem, o secretário de Estado do Mar esteve na Gala em visita à Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico de São Pedro, para tomar conhecimento do projecto “Aquacultura… uma solução quando o mar não chega!”.
Pelo que tive oportunidade de ler na edição deste sábado do jornal AS BEIRAS,  Manuel Pinto de Abreu ficou impressionado com o que viu e desafiou o presidente do Agrupamento da Zona Urbana da Figueira da Foz, Adelino Matos, a candidatar a proposta ao programa de fundos comunitários Portugal 2020.
“Estou entusiasmado e vou divulgar o projecto”, avançou, em declarações aos jornalistas. Para o governante, envolver as crianças em projectos e acções como esta promove a “verdadeira cultura do mar”.
Antes de visitar a exposição sobre a proposta que o agrupamento submeteu ao concurso nacional Ciência na Escola da Fundação Ilídio Pinho e que pretende transformar em actividade económica, no estabelecimento de ensino, o secretário de Estado apresentou a política marítima aos alunos, no Clube Marítimo da Gala.
Em síntese, o projecto consiste em reduzir o impacto ambiental e maximizar a eficiência produtiva e a qualidade do pescado criado em cativeiro. Propõe, entre outras soluções, a instalação de estações de tratamento de águas, para evitar os efeitos dos produtos químicos oriundos dos campos agrícolas no peixe, criar peixes de segunda categoria para a farinha através da qual se produz a ração, produzir bivalves e purificar a água com algas. Saliente-se que a Figueira da Foz tem várias explorações piscícolas, na ilha da Morraceira.
Sublinhe-se, que o Agrupamento da Zona Urbana da Figueira da Foz  tem conquistado diversos prémios nacionais que aliam a ciência ao empreendedorismo. Cristina Oliveira, directora regional da educação, também elogiou o espírito empreendedor do agrupamento.
Manuel Pinto de Abreu convidou os alunos da Escola de São Pedro a visitarem a Semana Azul, evento dedicado ao mar que se realiza em Lisboa, no início de junho.
O vice-presidente da Câmara da Figueira da Foz, António Tavares, informou AS BEIRAS que a autarquia disponibiliza o transporte.

Sem comentários: