.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Barbearia S. Pedro

A abertura de um estabelecimento cria sempre alguma angústia.
É certo que este barbeiro o fez escorado numa já grande e reconhecida experiência profissional.


Mas, como o futuro é que verdadeiramente interessa, há que fazer por ele...
Sugiro uma visita à Barbearia S. Pedro. Lá encontrarão:
Arte no tratamento do cabelo, cortes modernos e tradicionais, experiência e profissionalismo, higiene e bons preços.
Apesar do serviço ser de excelente qualidade, o estabelecimento está aberto a sugestões. O objectivo é bem servir.
Pronto: a descoberta está feita. Pode continuar a visitá-lo clicando na Barbearia de S. Pedro, aqui, do lado direito deste blogue.
Fica o abraço do pessoal desta Outra Margem ao Amigo Olímpio Fernandes, devidamente acompanhado do merecido agradecimento ao barbeiro, pelos caldinhos que nos tem proporcionado...

X&Q499

A toponímia da minha Terra

terça-feira, 28 de outubro de 2008

A confusão de alguns...

"Na vida política, há, infelizmente, quem confunda com frequência, o comportamento institucional com o comportamento pessoal.
Certos lugares, que se ocupam, exigem que, mesmo que não se goste de alguém, ainda que próximo politicamente se cumpra o dever institucional.
Em situações ou posições em que se encontre a pessoa com quem não se simpatiza não se deve bani-la ou tratá-la como se não existisse.
As divergências políticas, as opiniões e as atitudes diversas não devem ser motivo para quem desempenha um cargo institucional se conduzir com azedume ou mesmo como se de inimigo se tratasse.
Os que assim procedem não têm sequer uma noção exacta do que é a democracia, mas estão integrados nela e quantos “ comem “ à sua custa!
Quando é que se começará a separar o trigo do joio, o que só ajudará ao necessário aperfeiçoamento da democracia, que deverá ser servida por uma classe política esclarecida, culta, bem preparada e com ética?!"


Luis Melo Biscaia, Lugar para Todos

X&Q496


A toponímia da minha Terra

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Nova Ponte dos Arcos foi inaugurada hoje

Secretário de Estado das Obras Públicas presidiu à cerimónia.

Nos trinques

Caixa já foi banco.
Como pode ver AQUI.

Como é bom viver em Portugal....

Foto Pedro Cruz



“No meio daquilo que se designa internacionalmente por crise histórica, Portugal parece que nunca esteve tão bem. Há aumentos na função pública, garantias de vinte mil milhões de euros para os bancos, as obras públicas não param, o salário mínimo vai aumentar, os impostos começam a baixar e o défice nem se mexe.”

Via o Lobi

X&Q495

A toponímia da minha Terra

domingo, 26 de outubro de 2008

Derby à moda antiga

Foi um derby à moda antiga, este Cova-Gala-Praia Leirosa, com muita emoção, grande assistência, grandes adeptos e um ambiente efervescente.
Grande resposta dos adeptos do Praia da Leirosa, a quem o clube muito deve, pois, ninguém mais do que eles, merece o retorno deste Clube ao futebol sénior da AFC.
Com um apoio assim, forte e entusiasta, a jogar fora, deve ser complicado para qualquer equipa passar na Leirosa.
O empate a zero, aceita-se perfeitamente, num encontro de fraco nível técnico e de domínio repartido.
Fotos aqui.

Juvenis:
Sanjoanense 5 – Cova-Gala 0

X&Q494


Uma horita extra na cama


São 2 da manhã de domingo...
Hora de atrasar o relógio 60 minutos, se estiver em Portugal Continental ou na Região Autónoma da Madeira.
Já estamos outra vez na 1 hora....
Sabe bem esta horita extra. Principalmente para quem se tem de levantar daqui a pouco, às 6, para ir trabalhar...

A toponímia da minha Terra

sábado, 25 de outubro de 2008

Esteve bem o eng. Duarte Silva.

Foto Fernando Campos
Assinado com as iniciais pb, acabei de publicar aqui o seguinte comentário:

“Julgo não cometer nenhuma confidência ao revelar que o próprio engº Duarte Silva ontem me garantiu pessoalmente, que não aceitava a proposta do Vereador Lopes. Fica-lhe bem que assim seja.”

Dado que sei quem assina com as iniciais pb, considero esta informação fidedigna.
Sendo assim, presumo que a proposta da Concelhia “laranja”, de baptizar a Nova Ponte dos Arcos com o nome de Duarte Silva, é assunto arrumado.

Esteve bem o eng. Duarte Silva.

Conversas de vizinhos

Grupo Desportivo Cova-Gala

Escolas:
COVA-GALA / PRAIA DA LEIROSA
Resultado e fotos aqui.
Futsal feminino:
COVA-GALA 0 / PRODECO 23

X&Q491

Doutor para quê?...


Com esta notícia sinto-me mais aliviado.
Lídio Lopes parece ser cá dos meus: embora lhe chamem, também é capaz de não ser doutor!...
Conclusão: na Figueira, qualquer um pode ser vereador...

A toponímia da minha Terra

Plano de Urbanização em discussão pública


Até ao próximo dia 24 de Novembro, a proposta camarária de revisão do Plano de Urbanização pode ser consultada no departamento de Urbanismo da Câmara Municipal da Figueira da Foz e nas diversas juntas de freguesia do concelho. Na próxima segunda-feira, pelas 18h30, no salão nobre da Câmara Municipal, terá lugar uma reunião com a presença de Nuno Salgado (da empresa Risco, responsável pela elaboração do documento). O encontro destina-se unicamente a membros da Comissão Permanente da Assembleia Municipal, Presidentes de Junta de Freguesia, directores, chefes de divisão de departamentos e técnicos camarários.
As sessões públicas acontecem sempre às 21h00:
Junta de Freguesia de São Pedro - dia 5 de Novembro.
Grupo Recreativo Vilaverdense, freguesia de Vila Verde - dia 6.
Junta de Freguesia de Tavarede - dia 11.
Lavadouros de Buarcos - dia 12.Junta de Freguesia de São Julião - dia 13.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

A toponímia da minha Terra

Finalmente

Foto de Fernando Campos
Finalmente, já se está a circular, quase em pleno, na "NOVA PONTE DOS ARCOS".

Que o processo correu mal - quase toda a gente o sabe.
Que o projecto inicial não era este - quase toda a gente o sabe .
Que o prazo para a construção da obra ultrapassou tudo o que seria admissível - quase toda a gente o sabe.
Que aconteceram mortes que poderiam ter sido evitadas - quase toda a gente o admite.
Que esta ponte, quando for apurado o seu custo final, vai ter uma derrapagem financeira - quase toda a gente o presume.
Que, tal como em outros tantos casos por este país fora, a culpa vai morrer solteira, pura, casta e virgem – também, quase toda a gente o advinha.

Mas, neste momento, o importante a registar, é que já se está a circular, quase em pleno, na "NOVA PONTE DOS ARCOS".
Desde ontem, dia 23 de Outubro de 2008, ao fim da tarde.

Vida simples

Foto de Pedro Cruz
A não ser que me saia o Euromilhões, ou o Totoloto, (o que é possível, porque jogo. Sou tão generoso não sou?..), não prevejo grandes oscilações nos meus proventos pecuniários.
Mas, numa altura em que até os bancos já sentem a crise, todos temos de estar preparados para viver com menos.
Estou a esforçar-me para evitar a quebra nas minhas receitas.

Todavia, na actual conjuntura, o cenário realista é estar preparado para viver com menos dinheiro.
A economia pode parecer uma coisa complicada, mas assenta numa equação simples, como aliás os "nossos" políticos dizem, mas não fazem: ganha-se menos, corta-se nas despesas.
É o que tenho andado a fazer há muitos anos...
2009 é o ano de todas as eleições, mas, numa vida assim simples como a minha, não há espaço para aventuras.

X&Q490

Uma medalha justíssima

foto de Paulo DâmasoDr. Luís Melo Biscaia: “Um homem da democracia que preza os valores da lealdade, solidariedade e honestidade”.
Hoje, “sexta-feira, pelas 17.30 horas, no salão Nobre dos Paços do Concelho”, a Câmara Municipal da Figueira da Foz vai entregar ao advogado e bloguer figueirense a Medalha de Ouro da Cidade e Cidadão Honorário da Figueira da Foz.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

O nome da nova ponte e eu


Como informámos ontem, a concelhia “laranja” pretende baptizar a Nova Ponte da Gala com o nome de Duarte Silva.
Se a pretensão da concelhia “laranja” for bem acolhida pelas Estradas de Portugal, isso vai mexer com o meu dia a dia.
Quando nasci, a maioria das coisas com as quais tive contacto ao longo da vida, já tinha nome definido.
É o caso da Ponte dos Arcos na Gala - o nome tinha a ver com a ponte.
Ou seja, a forma tinha a ver com o conteúdo.
Isto não ten nada de pessoal, mas como é que eu, então, vou conseguir aceitar as palavras Duarte Silva, para uma ponte que vai continuar a ter arcos e vai continuar a estar situada na Gala?

aF35


Orçamento Participativo?..






Uma aldeia de visita obrigatória

Gosto de ir ao aldeia olímpica. E, por isso mesmo, passo por lá muitas vezes.
Tem qualidade, é arrumadinho e, sobretudo, muito bem escrito - não fosse o seu autor detentor desse talento especial, que é saber escrever bem.
Só posso felicitar e agradecer ao Alexandre este seu primeiro ano de vida na blogoesfera..
esta aldeia é um blog de passagem obrigatória. Parabéns.

A toponímia da minha Terra

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

A toponímia da minha Terra

Conversas de vizinhos

"Sabemos que quem anda por aqui convencido do anonimato é ignorante das coisas da informática. Não há anónimos nestas matérias e se nem sempre os sabemos ou queremos identificar há sempre alguém ou alguma coisa na rede que os pode referenciar agarrando-lhes o rasto. No entanto serão os nossos princípios e a nossa capacidade de selecção que marcarão a diferença e será a nossa capacidade de reconhecer essa diferença que regulará este espaço.”

Citado de A barbearia do senhor Luís

X&Q489


Dr. Lídio Lopes: essa foi de Mestre


Registei a proposta da Concelhia “laranja”, de que tomei ontem conhecimento através do diário “As Beiras, de baptizar a Nova Ponte da Gala com o nome de Duarte Silva.
Segundo o mesmo matutino, “a proposta já foi enviada às Estradas de Portugal.”
Apreciei, sobremaneira, a reacção do presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, quando, certamente desprevenido, abordado pelo jornalista J`Alves, disse: “tenho de consultar o meu executivo”.
Se usasse chapéu, tirava-o ao presidente da comissão concelhia do PSD figueirense, Lídio Lopes.
Essa foi de Mestre.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

A toponímia da minha Terra

O decorrer da vida



Às vezes, são as circunstâncias que condicionam as opções que se vão tomando no decorrer da vida.
Outras vezes, são as opções que se tomam, que se entranham e, depois, já não se estranham no decorrer da vida.
A vida, é mesmo assim: talvez não valha o esforço de tentar contrariar as circunstâncias que condicionam as opções que se tomam, entretanto, se entranham e, depois, já não se estranham no decorrer da vida.
Seja como for, quem consegue uma vida longa, tem uma coisa garantida: mais tarde ou mais cedo, a desilusão bate-lhe à porta.
Há sempre uma alternativa: não acreditar em nada.
Com pessoas, até funciona...
Mas, o que fazemos aos princípios?..
Tratamo-los assim?..

X&Q482


sábado, 18 de outubro de 2008

Não sei quem é o Catavento, mas...


Não sei quem é o Catavento, editor do COVA GALA...entre o rio e o mar.
Mas, sei o que foi o cata-vento da minha infância, nas dunas da Cova, junto ao qual foram filmadas, no ano de 1972, algumas cenas do filme português "A Promessa" de António de Macedo, "o primeiro filme português a integrar a Selecção Oficial do Festival de Cannes em 1973" , cujos exteriores foram filmados nos Palheiros da Tocha, Tocha, Figueira da Foz, Buarcos, Gala, Cova e Costa de Lavos.
Sei, no entanto, porque li aqui, que temos o mesmo ideal: "O nosso ideal...é o amor profundo que dedicamos, á terra onde nascemos...Cova Gala."