.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Portugal, o PS e o poder...

O maior desafio, para Portugal, não é conquistar o poder, pois este já está conquistado, há muito, pelo PS, no distrito de Coimbra. O desafio, para Portugal, será dominá-lo, quando o conquistar...

É preciso escrever mais alguma coisa?...

"Mercearia" - a obra deste regime Figueirense... (II)

Via Figueira na Hora

A Figueira, está provado, finalmente, tem um desiderato: ser a capital da superfície comercial em Portugal!
Será isto, uma alternativa à famosa Praia, outrora, da Claridade, em 2019, da Calamidade? 
Neste momento, disso já não restam dúvidas, é a imagem de marca desta gestão socialista iniciada em 2009.

A ameaça do mar em 2050

...   a Figueira da Foz está em risco
Quem diz Figueira da Foz, pode dizer freguesia de S. Pedro...

"João Portugal candidata-se à liderança da Distrital do PS para mudar o partido"!..

O meu médico de família, há muitos anos, perante os resultados das minhas análises, diz-me: 
"em equipa que ganha não se mexe. Vamos manter a medicação".

Carlos Guimarães Pinto abandona liderança do Iniciativa Liberal

"Não me podem exigir mais".
Queria ser eleito deputado, não foi...
Guimarães Pinto era cabeça de lista pelo Porto. Sem o cargo de deputado, como líder do partido, a carreira do economista seria prejudicada... 
Esta situação já estava prevista a partir do momento em que se elegeu alguém por Lisboa e não pelo Porto."

Politicamente correcto

"É assim que as coisas se fazem"...

Imagem via Dez & 10
Via uma postagem de 30 de Outubro de 2009, recordo que Vítor Pais, "um conhecido e bem sucedido empresário da nossa cidade",  foi então reconduzido como presidente da Assembleia Municipal figueirense. 
"Já então gostava de se dar bem com toda a gente".
Abro aqui um parêntesis, para recordar que, em finais de Outubro de 2009, depois de uma pacífica tomada de posse do novo executivo camarário, Luís Tovim (PS) tomou assento na presidência da sessão de eleição da mesa da Assembleia Municipal, que o PS ganhou nas urnas. Mas a lei determina que o presidente da Assembleia Municipal é eleito pelos seus pares (18 presidentes de Junta, por inerência, e 27 deputados eleitos). Na votação, secreta, a lista proposta pelo PSD obteve 20 votos, enquanto a do PS se ficou pelos 17 e a do Movimento Figueira 100% não foi além dos cinco - o mesmo número de deputados que elegeu para aquele órgão municipal deliberativo. Houve ainda dois votos brancos. Democracia é um termo Grego que quer dizer poder do povo. O desencanto com a política na Figueira é de muitos figueirenses. Infelizmente, não é só do blogger. A democracia que temos no concelho, que é aquela que eu conheço melhor, é tudo menos isso. Já em 2009, existiam "entropias" e os chamados "golpes de mão". Fechado o parêntesis, vamos ao que interessa.
"Dizer mal do patronato, é, aliás, uma área do PCP". O Dez & 10, já o sabíamos, "gosta de se dar bem com toda a gente". Eles, e o convidado especial desta semana... 
"É assim", com mensagens aparentemente inócuas e subliminares, "que as coisas se fazem", como costumava dizer o velho Joaquim Namorado. Tudo dentro da moral, do porreirismo e dos bons costumes.
Surpreendente?.. Talvez não...

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

REUNIÃO DE CÂMARA ORDINÁRIA DE 31-10-2019 ...

Amanhã, a partir das 9 horas e 15 minutos.
Para consultar a agenda de trabalhos, clique aqui.

O PSD anda em maré de azar com os vereadores...

PSD Coimbra decidiu requerer a renúncia imediata da Vereadora Paula Pêgo


Em comunicado o PSD diz que “a viabilização política do Plano e Orçamento 2020 da CMC ocorrida ontem, ao arrepio da posição do PSD e das suas Vereadoras Madalena Abreu e Paula Quelhas, é a gota de água num percurso politicamente sinuoso e indecente com votações sucessivas em favor do PS e com claro desrespeito pelos eleitores de Coimbra”.
O PSD esclarece também que não foi informado previamente da posição política da Vereadora nem esta pediu, em nenhum momento, substituição por eventual conflito ético ou de consciência.
O PSD denuncia a sobreposição de interesses pessoais sobre a representação política dos eleitores do PSD e o desrespeito consecutivo pelas deliberações democráticas do PSD ou de qualquer das restantes forças políticas – CDS, PPM e MPT – que compunham a coligação “Mais Coimbra”. Todas estas forças políticas manifestaram a sua profunda rejeição por este comportamento ofensivo da Vereadora em questão.
O PSD aponta a aceitação unilateral e extemporânea dos cargos públicos remunerados nas sociedades iParque e Metro Mondego a convite do PS, aceites pela Vereadora a título meramente pessoal, sem qualquer competência específica conhecida nesses âmbitos e e sem qualquer discussão prévia com o PSD, como uma forte condicionante do comportamento político da Vereadora Paula Pêgo.
“À mulher de César não basta parecer” e o PSD não pactua mais com este desvio democrático e político que prejudica Coimbra e os legítimos interesses dos seus munícipes.
O PSD recorda que apresentou 10 propostas de alteração com impacto no Plano e Orçamento 2020 da CMC e que não recolheram a aceitação do PS, nomeadamente na área da Educação – casos dos projectos para as Escolas Eugénio de Castro e José Falcão -, na Saúde – caso do Centro de saúde da Fernão de Magalhães – e em infra-estruturas relevantes como a construção do Anel da Pedrulha ou a requalificação dos Parques empresariais de Eiras, Taveiro e 2ª fase do iParque. Além disso, o PSD quer o reforço orçamental de 10% para as freguesias, conforme deliberação da Assembleia Municipal de Coimbra em 2018.
Ontem, Paula Pego em declarações à agência Lusa, disse que a inviabilização do orçamento impediria o município de aceitar desde já novas competências transferidas da administração central.
“É fundamental começar a exercer em 2020 as competências já descentralizadas da administração central no município de Coimbra, por forma a concretizar mais um passo no aprofundamento do poder local, aproximando as pessoas dos decisores políticos, bem como positivo o reforço das funções sociais, nomeadamente ao nível do transporte público”, sustenta.
A vereadora também esteve em dessintonia com os seus pares de bancada no executivo camarário quando permitiu, votando favoravelmente ou abstendo-se, que a Câmara aprovasse a aceitação de novas competências, no âmbito do processo de descentralização.
Se assim o entender, Paula Pâgo pode continuar na vereação sem o apoio do PSD.

Primeiro dia...

Ironia, estreias e promessas de convergência...

"O PS não aprende porque não quer aprender. Sabe que mantendo um país amorfo e resignado, tem sempre um grupo de pobres, de desesperados, de dependentes do estado que lhe irão dar o voto. A pobreza de muitos é aquilo que segura o PS no poder", acusou.
Segundo Cotrim Figueiredo "como o PS não existe para mais do que para estar no poder, nunca irá resolver o problema da pobreza que permite manter-se lá".
Na resposta, António Costa assumiu "um estado de espírito ambivalente" entre uma "enorme alegria" pela riqueza da democracia permitir que o partido liberal tenha chegado ao parlamento e a desilusão.
"Infelizmente, e é isso que torna o meu sentimento um pouco ambivalente, é que hoje fiquei desiludido porque o esperava ouvir dizer não só que não concorda com o nosso programa, mas alguma coisinha, um única ideia diferente e nova que tivesse para o país", criticou.
Costa disse ainda ser "muito bom que esteja aqui alguém que se diga assumidamente liberal porque já estamos um bocado cansados daqueles que são envergonhadamente liberais e se vão disfarçando como sendo sociais-democratas".
"Finalmente o PSD tem alguém autenticamente liberal em que se pode rever na Assembleia da República", ironizou.

Amália Rodrigues, a anti-fascista

Silvina Queiroz, professora, escreve semanalmente às quartas no LUX24. Para ler clicar aqui.

"Boa tarde a quem ainda resiste..."

Imagem sacada daqui

Há quem goste muito do Tony Carreira, mas eu prefiro Tony de Matos. E quem manda neste espaço sou eu...

Para já tenho pouco a dizer, pois só conheço a primeira página do jornal...

Espero que o orçamento municipal figueirense, para o próximo ano, obedeça a critérios de rigor e realismo, ajustando-o à sua efectiva dimensão. 
Penso que é o que todos desejamos e queremos. 
Ainda há quem se lembre dos orçamentos municipais no tempo da gestão camarária que tinha como presidente o falecido Eng. Aguiar de Carvalho?

Atitudes realmente importantes, que nos fazem ter alguma esperança no futuro

"Após ver a reportagem e assistir ao debate que se lhe seguiu nos canais da TVI, não resisto a aqui expressar o meu orgulho no André, um puto que nasceu menina num corpo de menina numa aldeia do interior com 2 mil habitantes e, com uma enorme coragem, tudo fez, não apenas pelo seu direito a ser feliz, pelo seu dever de contribuir para a construção de uma sociedade em que todos tenham esse direito a ser felizes sendo o que são. O André não terá ainda 18 anos e, com a sua clareza, sobriedade, objectividade, deu um exemplo de cidadania que não vejo abundar por aí, e neste aí incluo tanto aquela direita mais conservadora, que se sente no direito de impor os seus preconceitos e falta de humanidade, como ainda aquela “esquerda” que se convenceu que ser de esquerda é responder aos primeiros com insultos o mais violentos possível e concursos de arruaças nas redes sociais, que ajudam a fermentar os anticorpos muito mais do que a causa da tolerância que supostamente deveriam fortalecer. O direito a ser o que se é, o direito a ser respeitado e o direito a ser feliz são direitos universais, não são nem de esquerda, nem de direita. Mas viva o André, hoje para mim isto é o que importa. Grande cidadão."
Via Filipe Tourais

Nota: o programa pode ser visto clicando aqui.

Isto está tudo ligado

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Por entender que as obras concorrentes não correspondem aos parâmetros de qualidade literária exigidos...

PROTESTO CONTRA O MAU CHEIRO E A POLUÍÇÃO EM LAVOS E POVOAÇÕES CIRCUNDANTES...

Via Luís Pedro Neto
"Hoje às 21h na sede da Junta de Freguesia de Lavos vai haver uma reunião para esclarecer acerca das queixas apresentadas contra as indústrias poluentes da freguesia e para apresentarmos as nossas formas de luta contra elas.
Apareçam..."

Apesar da votação, força Cintrão!

PUBLICIDADE INSTITUCIONAL (DA SÉRIE À BORLA)...

Via LAGOA PRAVIDA
Espero que, finalmente, sejam cumpridos os já compridos vossos anseios, pois gosto de espaços alindados, bem tratados e cuidados

A Lagoa da Vela, situada em Bom Sucesso, Figueira da Foz, está abandonada, poluída e assoreada há décadas. A morte de peixes é habitual.  Uma dádiva da natureza, que apenas precisava de ter sido cuidada ao longo dos anos continua a definhar. Recordo algumas promessas.
Em 2010, o presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde, defendia que a requalificação da lagoa da Vela devia ser liderada pelo município, junta de freguesia do Bom Sucesso e Administração da Região Hidrográfica do Centro (ARHC).
Em Junho de 2016 já  "os dois bares da Lagoa da Vela estavam encerrados há vários anos".
As promessas têm sido muitas. Por exemplo, em Dezembro de 2017  "a Câmara da Figueira da Foz tinha em curso um conjunto de diligências destinadas a promover a reabilitação da Lagoa da Vela..." 
Até agora, nada de concreto, a não ser em Junho do ano passado o anuncio, via DIÁRIO AS BEIRAS, de um estudo adjudicado à Associação Portuguesa de Vida Selvagem, no valor de 17 mil euros, por ajuste directo, para determinar que tipo de intervenção terá de ser feita na Lagoa da Vela. Na altura, segundo o vereador Miguel Pereira,  “o ajuste directo foi justificado com o facto de se tratar de uma equipa científica de renome nacional e internacional”.  
Nos últimos dez anos, sobrou a  a propaganda da câmara.
A realidade, é esta.  Ou pior, pois esta imagem já é de Fevereiro de 2017.

"A corrupção mata todos os regimes"

Paulo Morais
«Em 25 de Abril, os Capitães de Abril, definiam como uma das prioridades do novo regime “o combate eficaz à corrupção”
Mas a democracia incorre nos mesmos erros dos regimes anteriores: concede rendas milionárias em parcerias público-privadas, promove portas giratórias, assume prejuízos dos bancos, cujos administradores são políticos… 
Este regime repete os erros dos anteriores, acabará da mesma forma. “Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo”
Para ler este artigo de Paulo Morais, publicado hoje, no Público, basta clicar aqui.

"Polémica na reabertura do pavilhão Rosa Mota"...

Imagem via o sítio dos desenhos
O renovado pavilhão foi inaugurado sem a presença da atleta. E também de Marcelo Rebelo de Sousa.
Ao que parece a antiga campeã olímpica não gostou de ver o nome associado a uma bebida alcoólica. O pavilhão passa agora a chamar-se Super Bock Arena.
«A maioria encolhe os ombros, os outros até dão razão à marca, por interposta pessoa, a Câmara do Porto, enquanto criticam a atleta. Os "cortes orçamentais" e o "interesse público" e o "dinheiro que não chega para tudo"
Do que é que nos queixamos concretamente?"

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Palavras a fixar, tendo em conta o passado e o futuro ...

"Amigo não empata amigo. O Partido Socialista já é, há suficientes anos, um partido da esquerda, para não precisar de pessoas de esquerda, para saber como se governa à esquerda" - António Costa

"A DEMOCRACIA NÃO É UMA BATATA, HÁ QUE RESPEITAR A VONTADE DO POVO".

A frase acima é de Manuel Cintrão.
Mas, fica uma, pergunta:
E o Povo, a 6 de Outubro passado, "RUMO À VITÓRIA", não votou PS?..
Foto via Manuel Cintrão

Então, agora, o Povo queixa-se de quê?..
A minha posição continua a ser a mesma. Estive sempre solidário com a vossa luta, que considero justa. Fiz o que pude: divulguei as vossas preocupações e participei na manifestação, talvez a maior que se realizou no nosso concelho, de há muito tempo a esta parte. Lamento que as pessoas não aprendam e, no momento certo, não actuem em conformidade ... Quem avisa amigo é... Quanto ao mais, podes contar com a minha colaboração e disponibilidade para o combate. Se decidirem travar "a batalha das vossas vidas", podem contar comigo: lá estarei. 

PUBLICIDADE INSTITUCIONAL (com chamada de primeira página) ...

Via primeira página do jornal Diário as Beiras: "Câmara prepara programa para acesso de todos à habitação"!..


PARTE I - Direitos e deveres fundamentais
TÍTULO III - Direitos e deveres económicos, sociais e culturais
CAPÍTULO III - Direitos e deveres sociais
----------
Artigo 65.º - (Habitação)

       1. Todos têm direito, para si e para a sua família, a uma habitação de dimensão adequada, em condições de higiene e conforto e que preserve a intimidade pessoal e a privacidade familiar.
       2. Para assegurar o direito à habitação, incumbe ao Estado:

                     a) Programar e executar uma política de habitação inserida em planos de reordenamento geral do território e apoiada em planos de urbanização que garantam a existência de uma rede adequada de transportes e de equipamento social;
                     b) Incentivar e apoiar as iniciativas das comunidades locais e das populações tendentes a resolver os respectivos problemas habitacionais e fomentar a autoconstrução e a criação de cooperativas de habitação;
                     c) Estimular a construção privada, com subordinação aos interesses gerais.

       3. O Estado adoptará uma política tendente a estabelecer um sistema de renda compatível com o rendimento familiar e de acesso à habitação própria.
       4. O Estado e as autarquias locais exercerão efectivo controlo do parque imobiliário, procederão à necessária nacionalização ou municipalização dos solos urbanos e definirão o respectivo direito de utilização.
Início de Vigência: 25-04-1976

As mulheres de S. Pedro...

Rafael Esteves Martins, assessor parlamentar do Livre, criou um facto político e gerou polémica nas redes sociais, por vestir saia no dia em que a nova composição da Assembleia da República tomou posse.
A política espectáculo é isto. 
As escolhas que o senhor Rafael Esteves Martins veste, são dele. Nada a dizer:  "estão dentro da lei".
Hoje a política está reduzida ao show business. E, isso, não acontece por acaso: "a discussão à volta das roupagens serve para desviar o principal: quais são as ideias e as propostas!
Assim discute-se a aparência e ignora-se a essência!"
Uma pedrada no charco foi em 2009, no concelho da Figueira da Foz, uma força política ter apresentado uma lista a uma autarquia do nosso concelho, no caso à freguesia de S. Pedro, como a foto documenta, esmagadormente constituída por mulheres, e ninguém ter dado por ela!..
Muito menos, o jornalismo local sempre tão atento... 
Certamente, não terá sido por essa revolução ter sido protagonizada pela CDU!

"A verdade a que temos direito"...

"Não estamos nomeados para Município do Ano!
Ao que parece, a notícia surgiu no jornal Campeão das Províncias e já conta, à hora a que escrevo estas linhas, com 64 partilhas.
Vamos ganhar o campeonato nacional de municípios? Infelizmente, não. Devemos ler notícias antes de as partilhar e denunciar esta corrente de manipulação da opinião pública, sempre que se justifique? Hoje, mais do que nunca, não tenho dúvidas que sim!"

Via pedro xavier silva | segunda temporada

domingo, 27 de outubro de 2019

Porque foi Jesus Cristo tão maltratado?..

"Jesus opôs-se à religião estabelecida, foi crucificado por ter sido condenado, em primeiro lugar, pela religião oficial. Foi condenado como blasfemo e subversivo."

Padre Anselmo Borges, que fui ouvir na passada sexta-feira, à noite, no encerramento do ciclo de conversas «Do Mito Religioso à Crença Popular», uma iniciativa do Município da Figueira da Foz  no âmbito da exposição «A (F) figueira tem o diabo à beira!» Anjos Caídos, Figuras Demoníacas e Seres Infernais, patente até 02 de novembro, no Museu Municipal Santos Rocha.

"Só se pode comparar o que se conhece. De contrário, o que vigora são as falsas analogias que de tanto repetidas tomam o lugar da história."

Existe uma memória europeia?
"Ao colocar em pé de igualdade nazismo e comunismo, a UE acaba por mascarar e diluir as diferenças radicais que existem entre os dois regimes."

NA MARINHA DAS ONDAS, DEPOIS DA VITÓRIA DE 6 DE OUTUBRO PASSADO DO PS...

... segundo MANUEL CINTRÃO.
"... a APA, tenho pena em o dizer, é uma entidade não muito confiável, não é de confiança, depois de tantas aselhices que tem feito que são do domínio público. Sabemos que, no caso do projecto do CIRV, tudo aponta para favorecer favorável com vista ao licenciamento e posterior instalação.
As legítimas reclamações e repúdio dos munícipes da freguesia de Marinha das Ondas têm sido manifestamente ignorados e não se atenta à já elevadíssima poluição existente. Borrifam-se para tudo isto em benefício dos interesses económicos inconfessáveis.
8 – A postura da nossa Câmara Municipal, incompreensivelmente, tem muito a desejar, daí o meu grande desapontamento. Ao longo deste processo a nossa edilidade vai dizendo, através de seus representantes, que no caso de haver parecer favorável da CCDRC e APA que terão pouca margem de manobra para inviabilizar o licenciamento e instalação do CIRV. Nada mais errado!
A Câmara Municipal que gere o seu território concelhio será a entidade que irá licenciar ou não, tem essa prerrogativa e esse poder. Tem uma última palavra a dizer, ou seja, poderá chumbar o licenciamento mesmo que haja pareceres favoráveis para instalação do CIRV.
Se a Câmara Municipal optar pela aprovação do licenciamento incorrerá num gravíssimo erro e num atentado ambiental na freguesia de Marinha das Ondas.
A nossa Câmara deve, tem obrigação, face ao repúdio e à oposição à instalação do CIRV na nossa freguesia, e à aprovação por UNANIMIDADE, pelos membros da Assembleia de Freguesia de Marinha das Ondas, em Sessão Extraordinária, de uma EXPOSIÇÃO manifestamente contra, reprovar claramente o licenciamento da mesma. Para isso apenas basta vontade de respeitar a decisão dos munícipes da freguesia de Marinha das Ondas, basta ter coragem e vontade para o fazer.
9 – Por último, é público, desde a última e única manifestação popular contra a instalação do CIRV que alertei para não baixarem os braços à luta, isto é, deveriam ter mantido manifestações populares activas até hoje, independentemente de todos contactos e de reuniões que o «Movimento Marinha Saudável» viesse a encetar, tal como tem feito.
Muito francamente, receio que qualquer manifestação que se venha a realizar venha demasiado tarde, porque A COISA ESTÁ PRETA."
Acabei de citar Manuel da Costa Cintrão.

Nota OUTRA MARGEM:
O que agora foi constatado pelo Manuel Cintrão era fácil de prever. O PS, estava só à espera que as legislativas de 6 de Outubro passado se realizassem para resolver o assunto.
É, de harmonia com o texto do Manuel Cintrão, que deve saber mais do que escreveu, o que está a acontecer. Para mim nada de novo e, muito menos, imprevisível.
Recordo, ao Manuel Cintrão e aos moradores da Marinha das Ondas, que João Ataíde, em outubro de 2018, era presidente da Câmara Municipal da Foz.
João Ataíde, em setembro de 2019, era secretário de estado do ambiente e o nº. 3 (três) na lista de candidatos do PS pelo distrito de Coimbra.
João Ataíde, neste momento, é deputado na Assembleia da República, eleito também com os votos dos moradores da freguesia da Marinha das Ondas.
O agora deputado João Ataíde, tem a obrigação de defender a qualidade de vida de quem nele VOTOU.
As pessoas não aprendem... Quem avisa amigo é.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Anseios...

Ambição e projectos é o que não falta: ..."pode candidatar-se à liderança do CDS/PP". ..."a Concelhia da Figueira da Foz vai candidatar-se a ser anfitrã do conclave do CDS/PP". ... Miguel Mattos Chaves vai recandidatar-se à presdência da Concelhia do CDS/PP e não lhe falta vontade de mais uma candidatura à autarquia figueirense"...

Imagem via Diário as Beiras
Espero que no fim, não seja, "vai-se a ver, tanta coisa e nada"!..

"Mercearia" - a obra deste regime Figueirense...

Via Luís Pena

"Nunca pensei que isto fosse possível... Não aprendemos nada com os erros do passado..."

"É verdade! Quem viu esta cidade quando para cá vim e a vê agora (passados 40 anos) tem sido passo a passo até ao declínio final com o Ataíde e sucessores! Esta gestão socialista não criou uma única mais-valia para a Cidade! Se houve erros no Planeamento Urbanístico no passado, com esta gente, a cidade descaraterizou-se completamente e irreversivelmente ! Fazem-se as maiores atrocidades urbanísticas.... o PDM é alterado ao gosto dos interesses.....A Figueira- zona urbana bateu no fundo!"
Casimiro Terêncio

Notas OUTRA MARGEM:
1É esta a riqueza da Figueira: estamos absorvidos e deslumbrados por alguma coisa (neste caso a "mercearia") e só temos olhos para ela. O demais não interessa...

2Será que sou bruxo, ou conheço os "pássaros pelas cagadelas"?
  26 de Março de 2017.
Quinta de Santa Catarina.
Tanto ano de sonho e boatos!.. 
Finalmente, a  realidade! 
A tão falada urbanização de Santa Catarina vê luz ao fundo do túnel!

Apelo à limpeza dos cursos de água para evitar inundações...

... em Condeixa-a-Nova.
«O apelo da autarquia surge depois de uma sessão de esclarecimento da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) sobre a Lei da Água, nomeadamente sobre a quem compete a limpeza das linhas de água.
Ao município cabe a responsabilidade da limpeza e manutenção das correntes de águas públicas nas frentes que confinam com a propriedade do próprio município, mantendo-se a responsabilidade dos particulares nas frentes dos terrenos particulares confinantes com as correntes, mesmo sendo em aglomerado urbano”.»

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Da longa série “ai o que eu lhe fazia”...

Via Filipe Tourais

"A reacção maioritária ao caso do obstetra e do bebé sem rosto é parola. Um país de parolos não muda com reacções parolas, mantém-se parolo. Os parolos consomem notícias repetidas como se o que estivesse a acontecer fosse absolutamente inédito e como se, a partir do momento em que o alvo da sua indignação parola fosse exemplarmente punido, garantidamente nunca mais voltasse a repetir-se. E o problema está exactamente aqui, nas garantias que o sistema dá que este foi apenas mais um caso que irá repetir-se ao sabor do acaso e na parolice que garante que o sistema sobreviva falhe o que falhar. A Entidade Reguladora da Saúde, que ganhou competência para o licenciamento de clínicas como a do obstetra criminoso em 2014 e nunca o fez, é um regulador como todos os outros, não regula porcaria nenhuma. Tem apenas cerca de 30 funcionários para fiscalizar perto de 30 mil unidades de saúde graças à tolerância da mesma parolice que assimilou a ideia que repete à exaustão de que não há dinheiro e vota massivamente ou simplesmente desistiu de votar, garantindo longa vida à austeridade que nos vai dando cabo das vidas, ainda por cima uma austeridade que protege negócios feitos com a nossa Saúde que, por não serem minimamente fiscalizados, colocam em perigo a vida de todos, sobretudo a dos próprios parolos que, na vez de exigirem um Serviço Nacional de Saúde universal e de qualidade, um SNS que pagam e deixam apodrecer, se convenceram que ir a estes privados que funcionam com as regras que querem lhes resolve o seu problema individual muito melhor com o bónus adicional de lhes conferir estatuto social. Gente que não reage como gente jamais conseguirá lutar para ter vida de gente.
Bom dia a quem ainda resiste."

Parque Desportivo de Lagoas depois de anos de degradação vai ser recuperado...


Relvado sintético foi inaugurado em 2005. Tem (ou tinha) iluminação e balneários.
 Via Diário as Beiras
"A Junta do Bom Sucesso cedeu o campo de futebol ao recém-constituído Clube Desportivo do Gambo (Gambo, de Gândara com bola.)"
Nota Outra Margem: Fundando a 9 de Agosto de 2019, com sede no PQ DESPORTIVO DAS LAGOAS, 3080-751, BOM SUCESSO, COIMBRA), por um período de 10 anos.

"As instalações, situadas na mata nacional e sem utilização há cerca de cinco anos, foram vandalizadas em diversas ocasiões. Ou seja, o novo colectivo terá de investir na recuperação das infraestruturas.

“É uma boa solução para manter o espaço a funcionar. É uma solução sem custos para a junta. O relvado sintético está mais ou menos, mas os balneários estão vandalizados”, defendeu o presidente da Junta do Bom Sucesso, Carlos Batata, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS.

A cedência do recinto desportivo foi aprovada, pela Assembleia de Freguesia, na passada terça-feira.
Imagem via Diário as Beiras


Diogo Godinho, licenciado em treino desportivo e com currículo de treinador em clubes do Distrito de Coimbra, é o impulsionador do Clube Desportivo do Gambo, contando com fundadores da Figueira da Foz, de onde é natural e reside, e do Bom Sucesso. 
“Vamos começar por recuperar o mais depressa possível as instalações, para podemos arrancar com a escola de futebol”, adiantou.


Prioridade à formação


A formação começará pelos escalões etários mais baixos. “Se aparecem crianças com idades mais altas, também as recebemos”, garantiu Diogo Godinho. Quanto à competição, só na próxima época
desportiva, uma vez que as inscrições encontram se fechadas. A decisão, no entanto, só será tomada
depois da direcção do novo clube se reunir com a Associação de Futebol de Coimbra.

O campo do Bom Suces so é propriedade da junta de freguesia. Foi utilizado pela União Desportiva da Gândara, que, por sua vez, deu origem a um outro clube, que acabaria por também abandonar a actividade. O estado das instalações dissuadiu a utilização daquela infraestrutura, que agora deverá ganhar nova vida através do sangue novo injectado pelo recém-nascido Clube Desportivo do Gambo.


Canil na mesma zona


A cedência das instalações desportivas ao novo clube de futebol inclui uma área onde a autarquia pretende construir um canil municipal. “A cedência de parte do terreno pela Junta do Bom Sucesso ao Clube Desportivo do Gambo não terá implicações com o projecto”, garantiu o vereador Miguel Pereira.

As únicas repercussões que o autarca prevê são positivas. “Vamos construir o novo canil municipal na mesma zona e vai ser mais um pólo de atractividade, com mais iluminação e segurança, e esperamos que até estimule a adopção de animais [por parte das famílias dos alunos da escola de futebol]”, concluiu."

"Existem redes mafiosas de tráfico de influências ligadas a políticos e ex-políticos"!..

António Lobo Xavier disse, esta quarta-feira, na Circulatura do Quadrado, que "se Rui Rio se candidatar para limpar essa ganga" no PSD "já é um bom começo".

Via TVI24

Na Figueira, mesmo um "novo" presidente tem de continuar a acreditar no Pai Natal! "Faz parte do sonho"...

Um gajo com tantas preocupações até se estava a esquecer. Mas, este espaço, tem leitores atentos. Um deles alertou-me.
"A 8 semanas do Natal 2019 e na Figueira ainda não se sabe nada sobre o JARDIM NATAL!"
No ano passado este evento realizou-se, com escassa adesão do público, no Largo Dr. Melo Biscaia, frente ao café Nau. Recorde-se que o Jardim Municipal estava impraticável devido à passagem do "Leslie"...


Dado que o Jardim Municipal continua à espera da anunciada intervenção, onde raio se irá realizar este ano o JARDIM NATAL?
Evidentemente, se se realizar? O que neste momento, confesso, desconheço em absoluto...
Em pensamento, recuo a Fevereiro de 2018...
Olha-se para a classe política figueirense e interrogamo-nos:
Onde está uma ideia criadora? 
Onde está o nervo reformador? 
Quem será capaz de gerar uma vontade colectiva? 
Qual dos actores não é repetente nas promessas incumpridas? 
Onde está quem possa oferecer garantias de um golpe de asa?
Só há uma resposta:
Ninguém. Não existe ninguém.
É tudo um absoluto vazio. 
Um deserto estéril, onde nos procuramos entreter com jardins natal, jardins páscoa, festas de verão, passagem de ano e carnaval....
É este o drama da Figueira e do concelho.

"Pormaior"...

Um trabalho a ler com atenção: "Portugal perdeu com a moeda única!"

"Volvidos 20 anos do euro, o rácio entre o PIB per capita português e o PIB per capita alemão é de cerca 50%, ou seja, deteriorou-se em 4,7 (p p) pontos percentuais entre 1998 e 2018. O nível de vida dos portugueses divergiu do dos alemães».
Via jornal Público.

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Não houve um caso parecido algures por aqui?..

Concordo com Tenreiro e Babo...

Imagem via Diário as Beiras
Não conheço os montantes auferidos "pelos trabalhadores de empresas que prestam serviços à autarquia". Presumo que, tal como os vereadores Tenreiro e Babo.
Estou em crer, porém, que a parte dos trabalhadores no rendimento criado pela economia figueirense é cada vez menor... O "valor justo", apontado por Tenreiro e Babo seria mais do que justo. Mas, no concreto, estamos a falar de que valor? Ou existem dados reais, que não estão na notícia publicada no Diário as Beiras, nem foram mencionados na discussão que houve em redor deste assunto na reunião de câmara, ou isto não é nada, a não ser demagogia política.
A precariedade e o ataque aos salários dos trabalhadores, é uma praga que os governos onde o PSD esteve agravaram... Se a medida preconizada pelos vereadores Tenreiro e Babo for levada à prática, seria um forma concreta de combater, não só, a degradação das condições de vida de muitos figueirenses, mas contrariava o envelhecimento da  população, pois criaria condições de dignidade às pessoas e proporcionaria a possibilidade da renovação dos habitantes do nosso concelho, com a fixação de gente jovem com capacidade para aumentar a população do concelho.
Concordava igualmente que o critério da evolução da produtividade fosse também aplicado aos vereadores, pois os seus salários estão bem acima do trabalho realizado em prol do desenvolvimento da nossa Terra. Na minha opinião, os resultados falam por si.

Impacto da bolha imobiliária

Mais merda na ventoinha?

Leitura recomendada: está aqui a mais pertinaz análise ao executivo camarário...

Via João Traveira

Nota:
O Cabedelo...
(Atenção que não sou de intrigas, gostava era de ser esclarecido para compreender!..)