domingo, 30 de setembro de 2007

Ameaçou... e cumpriu




BLOGUITICA
Blogue de Paulo Gorjão. .

Número de Regiões de Turismo vai passar de 19 para 5


“Portugal vai ter cinco regiões de turismo em vez das actuais 19 que apesar de numerosas não cobriam todo o território. O novo mapa das regiões, que integra o diploma da desconcentração da administração central, deverá ser aprovada no próximo mês, apurou o Correio da Manhã.

Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve vão ser as cinco grandes regiões, fazendo com que nenhum concelho do país fique de fora do mapa turístico, ao contrário do que acontecia até aqui: Lisboa e Guimarães, por exemplo, não integram actualmente nenhuma região.

A alteração do número de regiões visa não só reduzir o seu número, considerado excessivo mesmo no sector, mas também “alargar o âmbito das regiões a todo o país e aumentar as suas competências”, explicou ao CM o secretário de Estado do Turismo. Entre aquelas competências encontra-se, exemplifica Bernardo Trindade, a definição dos roteiros turísticos. A transferência de competências da administração central para as regiões de turismo será devidamente acompanhada da transferência de verbas, isto é, através de financiamentos que serão contratualizados através do Turismo de Portugal, acrescenta Bernardo Trindade. Com esta redução de regiões, será possível concentrar esforços e recursos, na promoção não só regional, mas também nacional e internacional dos produtos turísticos locais mais significativos.O número de regiões de turismo era tido consensualmente como excessivo e a sua redução era há muito defendida. Actualmente, existem as Regiões de Turismo do Alto Minho, Verde Minho, Alto Tâmega e Barroso, Nordeste Transmontano, Douro Sul, Serra do Marão, Centro, Serra da Estrela, Rota da Luz, Dão Lafões, Leiria-Fátima, Templários, Ribatejo, Oeste, Costa Azul, Norte Alentejo, Évora, Planície Dourada e Algarve.”

Recebida por mail

G.D.COVA-GALA 3 - PEDRA RIJA 2

ACTUALIZAÇÃO: Mais pormenores, aqui.

X&Q75

Direito à diferença...

ESTA Figueira existe mesmo... na realidade.

Não é só publicidade.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

As directas do PSD na Figueira da Foz

"Logo na abertura das urnas, às 18h00, instalou-se a confusão, com a presença de dezenas de militantes e inúmeras reclamações, na maioria dos casos porque não estavam inscritos nos cadernos eleitorais. O caos estava generalizado e os ânimos exaltados com trocas de insultos, acusações e até murros na mesa da votação."

Mais, AQUI no Confraria das Bifanas. E, também, AQUI.

Actualização a cinquenta minutos do fecho das urnas:
Segundo a antena 1, o Conselho de Jurisdição do Partido anula votação na Figueira da Foz.
Votação só será repetida se puder afectar votação a nível nacional.

Todos os rios do nosso País têm barcos tradicionais a navegar

A fechar ....


... as directas do PSD, que estão quase quase a abrir...

... Marques Mendes encerrou ontem à noite a campanha...
«Adorei esta campanha”... disse a determinado ponto do seu discurso, no decorrer do jantar com cerca de 600 militantes nas Caldas da Rainha!...
Eu, se fosse José Socrates, não tinha adorado, tinha amado...

Actualização: São dezanove horas e doze minutos. Acabo de ouvir na Antena 1, que as urnas na Figueira não abriram!...

Sábado e domingo ...

... há futebol na Cova-Gala. Horário dos jogos, aqui.

Porque hoje é sexta-feira


Há dias assim...
Há dias em que, até mesmo "um guerreiro menino", "também chora".
Hoje, deve ser um dia assim.

ACTUALIZAÇÃO: "PSD/Figueira ao rubro"...

X&Q174

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Irresponsabilidade ardente...




Amanhã, entre as 18H00 e as 23H00, realizam-se as eleições para a Concelhia do PSD na Figueira da Foz.
Paulo Pereira Coelho e Lídio Lopes são os candidatos.
Conclusão, para quem, como eu, nada tem directamente a ver com o assunto: ganhe quem ganhar, o futuro do concelho não se me afigura risonho.


Amanhã, realizam-se igualmente as eleições para a presidência do PSD nacional.
Marques Mendes e Filipe Menezes são os candidatos.
Conclusão, para quem, como eu, nada tem directamente a ver com o assunto: ganhe quem ganhar, o futuro do País não se me afigura risonho.

Figueira, Figueira da Foz, das finas areias...

Entre rosas e “laranjas” quem é que augura bom futuro?

Com o folhetim PSD ainda a decorrer, agora “BRONCA NO PS”...

Avisado, andou quem disse "que Aida vai ser uma espécie de PPC do PS"...

Teve-os no sítio


"Ontem às 22.30 na SIC Notícias, Santana começa uma entrevista sobre as directas no PSD, e dois ou três minutos depois é interrompido para o directo da chegada de Mourinho.
Quando o directo termina, Santana diz à pivôt do jornal que Mourinho é certamente muito importante, aceita e compreende as regras do jornalismo, mas que tem também as suas, e não aceita ser interrompido por um treinador de futebol, pelo que não continua a entrevista."

Aplausos para Santana.
Pode ter sido "apenas uma brilhante jogada"...Mas, mesmo que o tivesse sido, "não deixaria, mesmo assim, de ser uma «jogada» capaz de aliar o sexto-sentido inato de um político a uma postura de Estado".
Nos dias que correm, isso, pode ser tudo, menos despiciendo .

ACTUALIZAÇÃO: ver vídeo clicando aqui.

X&Q173

O filme compilado do caso Alberto Gaspar & Cª., Ldª.

Ao longo de vários meses o OUTRA MARGEM tem vindo a referir-se a este assunto. Ficam aqui alguns links, para, caso o leitor o pretenda, fazer esse percurso.
Creio que, quem o percorrer, poderá ficar com a noção do que, realmente, está em causa nesta questão.
Vamos, então, à cronologia dos factos.


Assim, em 20 de Outubro de 2006, "a firma Alberto Gaspar pretendia alienar os terrenos.”

Já em 7 de Novembro desse mesmo ano, o vereador Paulo Pereira Coelho “era contra a urbanização dos terrenos da Alberto Gaspar."

Em 6 de Março de 2007, o mesmo vereador considerava que “a situação dos trabalhadores estava a ser usada como modo de pressionar a câmara a tomar decisões.”

Em 18 de Maio de 2007, apesar “do Plano de Urbanização para o local ainda não ter sido alterado o promotor imobiliário pretendia urbanizar os terrenos da Alberto Gaspar e já estava a aceitar reservas”.

Meses depois, em 31 de Agosto, fizémos a “situação do ponto deste caso".

Por último, em 25 de Setembro p.p., "acabaram-se as dúvidas”.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Dia dos milagres

Depois dos milagres de FÁTIMA e da REBOLEIRA, acabou de acontecer o terceiro milagre de hoje: em GUIMARÂES.

Benditos jogos de futebol...

O Astora a entrar no Porto da Figueira da Foz esta tarde


Vulnerabilidades

As Juntas de Freguesia são, ao mesmo tempo, órgãos cheios de poder e órgãos cheios de incapacidade para cumprirem as suas funções.
As Assembleias de Freguesia, quando existem maiorias absolutíssimas, como é o que actualmente se passa na nossa Terra, não servem para quase nada.

Para alguns, da esquerda à direita, se isso dependesse apenas da sua vontade, a liberdade de opinião, de pensamento e de acção, não deveria ser para todos...
Se pudessem, seria apenas para quem eles muito bem entendessem. Nesse caso, a democracia e a cidadania ficariam seriamente condicionadas.
Mas surgiram os blogs...
O "poder dos blogs" reside na consciencialização. É que, existem cidadãos, que querem opinar e participar nas decisões da sua Terra, do seu País e deste nosso Mundo...

Provavelmente, uma das marcas de carácter mais salientes de uma população emancipada, portadora de uma longa tradição de liberdade, seria o sentimento de simpatia que cada cidadão nutriria pelos seus concidadãos. Esse sentimento de simpatia, conduziria a que cada homem (e cada mulher) se colocaria na situação do outro.
Isso, levaria a um sentimento de solidariedade espontânea entre os cidadãos, o que contribuiria para edificar uma barreira, quase sempre intransponível, contra qualquer tentativa de abuso por parte dos poderes do Estado.

É difícil de perceber porque, por aqui, somos tão vulneráveis?

X&Q158

Alguém poderá ficar satisfeito com ...

... O PODER EM RODA LIVRE?

É onde vai conduzir a A POLÍTICA ELECTRO-POP.

Há tiros que a culatra não aguenta.

O Sagres, a cidade e a serra

Esta foto de João Pita, mostra o Sagres a preparar-se para sair a barra da Figueira.

(O navio Escola Sagres foi construído em 1937/38 nos estaleiros de Blohm & Voss de Hamburgo, tendo recebido o nome "Albert Leo Schlageter". É o terceiro de uma série de 4 navios que incluía o "Horst Vessel" (actual "Eagle" da Guarda Costeira dos E.U.A.), o "Gorch Foch" (actual "Tovaritch" da Armada da Ucrania) e o "Mircea" que foi propositadamente construído para a Armada Romena.
Durante a 2ª Grande Guerra, o navio embateu numa mina quando efectuava uma missão de transporte de tropas do Báltico, tendo recolhido aos estaleiros do porto de Bremerhaven onde foi capturado pelas forças americanas, em 1945. Em 1948, o navio foi cedido pelos E.U.A. ao Brasil tendo sido incorporado na respectiva Armada com o nome "Guanabara".
Em 1962, Portugal adquire-o ao Brasil para dar continuidade às missões que de há muito vinham sendo desempenhadas por um veleiro chamado "Sagres", nome que viria a ser atribuído posteriormente. O actual navio-escola "Sagres" arma em barca e é mundialmente conhecido pelas famosas cruzes de Cristo vermelhas que traz desenhadas nas velas redondas. As qualidades náuticas são extraordinárias e a comprová-las está o facto da República Federal Alemã ter construído, 20 anos mais tarde, o seu navio-escola "Gorch Foch" segundo os mesmos planos.
Para além das suas missões de representação, a missão fundamental do navio- escola "Sagres" tem consistido em possibilitar um amplo e profundo contacto com a vida do mar às sucessivas gerações de oficiais da Armada, através das viagens de instrução nele efectuadas. O navio-escola "Sagres" já visitou inúmeros portos em todo o Globo salientando-se as duas viagens de circum-navegação efectuadas: a primeira em 1978/79 e a segunda em 1983/83. )

terça-feira, 25 de setembro de 2007

A propósito de um comentário


Um anónimo, remeteu o comentário abaixo, que pode ser lido no post Acabaram-se as dúvidas:
“Aquilo que esta rapaz sabe. Ele é Constituição Portuguesa, ele é Diário da República, enfim, uma verdadeira enciclopédia. Há, e tem muito geito para a escrita.”

Esclarecimento prévio: “geito”, não se escreve assim. É jeito mesmo.
Bom, mas um deslize pode acontecer a qualquer um...

Vamos então ao comentário ao comentário do anónimo.

Pela minha parte não creio que aconteçam por aqui grandes motivos de sabedoria ou reflexão, nem esses são os meus objectivos.
Este sítio é, apenas, um espaço onde partilho uma visão pessoal das coisas que me interessam, muito em especial a Terra onde nasci e vivo.
Felizmente, tem-se revelado gratificante pelo retorno que tem tido.

X&Q146

Acabaram-se as dúvidas

No dia 31 do mês passado, neste blogue, no post que pode rever clicando aqui, colocámos publicamente as seguintes questões, pelo facto de “os espanhóis já actuarem como legítimos proprietários dos terrenos onde estiveram implantadas as instalações fabris da empresa Alberto Gaspar & Cª. Ldª., pois até já estão a vender apartamentos”:

a) Como o que está a ser apresentado não pode ser construído naquele local (à luz do actual PDM e também do actual PU), que promessas fez o poder local (Câmara Municipal da Figueira da Foz e Junta de Freguesia de São Pedro) ao consórcio imobiliários espanhol?
b) Isto é: que contrapartidas é que o consórcio imobiliário espanhol terá concretamente posto em cima da mesa?
c) Não poderão os terrenos ser revertidos para o Estado, uma vez que a função para a qual foram cessionados vai ser radicalmente alterada?


Na Assembleia de Freguesia de Freguesia realizada ontem, a posição da Junta de Freguesia de S. Pedro ficou clarificada, em resposta a uma questão levantada pelo único representante da CDU:

“A Junta pretende que o que está previsto pelos espanhóis vá para a frente. A Junta considera que vai ser benéfico para a Freguesia”.

Tudo bem. A Junta de Freguesia pode ter as posições que entender.
Mas, o certo é que o actual PDM e o PU não permitem construir aquilo que os espanhóis pretendem.
Porque será?

Bom, o mais previsível é que a troco "duma “escolinha”, uns “baloiços”, um “campito”, um “tanque”, o poder local permita, por exemplo, que se construa onde não se pode construir à face dos instrumentos de gestão do território em vigor, que se coloquem mais dois ou três pisos, ou que se alienem passeios para permitir mais área de construção, etc., etc., etc."


Só que há um pormenor, que não deveria ser esquecido, pois estamos num estado de direito: "a lei é para cumprir e não para adptar casuisticamente, ao sabor dos diversos interesses".
O Artigo 22.º da Constituição da República Portuguesa (Responsabilidade das entidades públicas), é bem explícito:

"O Estado e as demais entidades públicas são civilmente responsáveis, em forma solidária com os titulares dos seus órgãos, funcionários ou agentes, por acções ou omissões praticadas no exercício das suas funções e por causa desse exercício, de que resulte violação dos direitos, liberdades e garantias ou prejuízo para outrem."

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Fado sportinguista...

Mesmo com Paulo Bento ...parece que, vira o disco e toca o mesmo...
Há dois meses atrás, antes do campeonato começar, o leão mostrava a sua raça....
Agora, como o empate com o Setúbal parece começar a indiciar, o leãozinho é sereno....
Lá para Maio do ano que vem .... o habitual.
(Fotos recebidas por mail)

Que tristeza...

Para mim, que não sou militante de coisa nenhuma, a parte visível da actual situação do principal partido da oposição, foi o debate (sem grande interesse, diga-se...) dos candidatos à liderança do PPD.
Eu, se fosse militante, perante tal tristeza, no próximo dia 28 não ira votar, porque para fretes já basta o dia a dia.Do que foi possível dar conta, Mendes e Menezes são mais do mesmo: os dois, são aquilo que menos se espera de um partido da oposição que quer ser poder.
Só falam do passado. E as propostas? E a visão de futuro?
Para mal dos nossos pecados, Socrates bem pode dormir descansado...

Depois, ainda acontecem coisas destas!... “Miguel Macedo transmitiu ao CJ a existência de irregularidades em locais tão diferentes como a Figueira da Foz, Amadora, Linda-a-Velha e Famalicão. Na Figueira, por exemplo, alguém pagou mais de 200 quotas de militantes, no mesmo terminal de multibanco, por volta das duas da madrugada - tudo num intervalo de poucos minutos.”

Em seniores, Cova-Gala abre o campeonato com um empate


1 -1, foi o resultado final.


ACTUALIZAÇÃO: mais aqui.

X&Q167




O Tubo d'Ensaio celebra 1º Aniversário



No próximo fim-de-semana faz um ano que o Tubo d'Ensaio abriu as suas portas ao público. Este Centro de Ensaio de Artes, em tão pouco tempo, conseguiu ter um impacto na vida cultural, artística e social da cidade, criando um ponto de encontro de várias formas de expressão para todo o tipo de públicos.
O que era um projecto utópico de 4 jovens, sem qualquer tipo de apoio institucional ou financeiro, transformou-se numa instituição de referência, de formação e divulgação das artes, juntando pessoas de todas as idades - com participação especial dos jovens - que encontraram no Tubo d'Ensaio um local onde podem desenvolver as suas ideias e o seu trabalho.
Captando a colaboração de várias instituições, o Tubo d'Ensaio ultrapassou os objectivos que inicialmente foram traçados. A participação na 1ª Semana da Juventude “Geração +”, a organização com as bandas jovens da Figueira do 1º Festival Noites no Forte e a parceria da 1ª Edição Ensaios d'Arte, foram alguns dos eventos que mais pessoas mobilizaram e que trouxeram algo de novo à vida da cidade. Assumindo as suas responsabilidades sociais, o Tubo d'Ensaio apoiou também algumas acções de solidariedade, e promoveu uma exposição sobre a importância do 25 de Abril, com grande valor pedagógico e cívico, que também foi acolhida pela Escola Secundária de Cristina Torres.
O Tubo d'Ensaio é um ponto de viragem em relação a uma certa atitude existente na Figueira da Foz..
Após um ano extremamente positivo e rico em experiências e vivências, a direcção do Tubo d'Ensaio sabe que apesar de todo o trabalho realizado ainda há muito a fazer para mudar a mentalidade e os hábitos dos figueirenses.
O futuro passa por fazer muito mais e melhor.

sábado, 22 de setembro de 2007

Hoje à tarde na Praia da Cova


Agora, que o Pedro tem como destino, nos próximos tempos, a Covilhã, para continuar os estudos, resta-me, por cá, a nível fotográfico, ir fazendo o possível com o telemóvel!...

Cova-Gala inaugura época oficial de forma positiva...

Esta manhã os Infantis foram a Arazede e venceram o Águias por 6-3.

Ponto final

Cá pra mim, o Scolari pode andar descansado!...
Com 30 milhões de indemnização, para que quer o Mourinho um emprego?
Se sentir necessidade, compra um!...
Cá pra mim, nos próximos tempos, Mourinho já tem ocupação. Vai aprender uma nova língua. Já fala castelhano e francês, além do português e do inglês.
Agora, vai ter de escolher entre o italiano e o alemão...
Cá pra mim, já agora, porque é que ninguém se lembra do Zequinha?...
Haja coerência: dêem ao moço tratamento igual ao de Scolari...



(Madail deu-se ao descaramento de exigir que não se façam comparações entre a atitude de um jovem em formação e a atitude do seleccionador nacional.
Eu ouvi isto, mas fui só eu?

Scolari, aufere um vencimento de cerca de 40 000 mil contos por mês para fazer meia dúzia de jogos por ano. Disputa, a sério, competições de 2 em 2 anos e ainda se dá ao luxo de ser polémico e arrogante.

Zequinha, é um miúdo de 19 anos, a jogar à borla pela selecção.

Foi punido pela FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL, na pessoa de Gilberto Madail (que agora, ao que parece, já não manda nada) pelo período de 1 ano.
Não devemos comparar, pois não. Mas não devemos porque a atitude de Scolari é muito mais grave.

1 - Pela idade.

2 - Pelo cargo pago a peso de ouro que ocupa.

3 - Pelo exemplo que deve dar.

Quanto às glórias de Scolari: como sabemos, o povo Português é facilmente manipulável e facilmente enganado.)


X&Q168


sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Qual Mourinho, qual carapuça!...

Uma entrevista de Duarte Silva ao Figueirense

Grupo Desportivo Cova-Gala...













...começa este fim de semana a época oficial, com dois jogos fora de casa.
Pormenores AQUI.

A uma semana das directas a Figueira entra na campanha do PSD

Ouvi na Antena 1 às 6 da manhã de hoje e confirmei às 7.
Foi Marques Mendes que o disse "a Câmara da Figueira pode cair a qualquer momento, pois tem um vereador que vota com o partido da oposição. Até já contribuiu com o seu voto para a retirar poderes ao Presidente”.
Esse vereador, deputado, ex-secretário de estado, é o mandatário de Luís Filipe Menezes para o distrito de Coimbra, chama-se Paulo Pereira Coelho e é também candidato às eleições para a concelhia do PSD, que decorrem igualmente em 28 de Setembro.
Como em política vale tudo, ouvi, mas fiquei com duas dúvidas:
1. será mesmo real a iminência da queda de Duarte Silva?
2. ou será este ruído apenas uma arma de arremesso de Marques Mendes no decorrer de uma campanha eleitoral partidária?
Aguardemos os próximos capítulos...

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Aquilino Ribeiro no Panteão Nacional

"Algumas vozes – poucas – discordaram. É normal. Sucedeu o mesmo com Amália Rodrigues e Humberto Delgado, como deve ter sucedido com todos os outros inquilinos. Se ninguém discordasse era um forte sinal de que não mereceria estar lá. A unanimidade não engrandece, diminui."
"O próprio ditador Salazar admirava a obra literária de Aquilino Ribeiro. Nas famosas entrevistas concedidas à jornalista francesa Christine Garnier, não resistiu a dizer-lhe mais ou menos assim: “converse com Aquilino; ele dir-lhe-à muito mal de mim , mas é um grande escritor”
Têm muita razão os que dizem, como o seu filho, ser lamentável e indecoroso, que a obra literária de Aquilino não esteja a ser leccionada na disciplina de Português do ensino secundário. Estou seguro que os estudantes do 11º e do 12º iriam adorar ler o “Andam Faunos pelo Bosque” ou o “Malhadinhas."

Portugal, é isto...


“Qualquer uma destas figurinhas pode vir a ser primeiro ministro em 2009. Basta, para tanto, que Sócrates entre em derrapagem e perca as eleições, algo que se tornará cada vez mais provável se a borrasca que actualmente se abate nos mercados financeiros nos vier a atingir.”

“Sendo um benfiquista e o outro sportinguista, ficará sempre garantida a continuação de uma política sulista, centralista e muito pouco liberal.”

X&Q163