quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Não gozem comigo ...

Foto sacada daqui
As famílias portuguesas estão a poupar cada vez menos e as expectativas em relação à capacidade de poupança não são animadoras. Dados fornecidos pelo Banco de Portugal à TSF mostram que os níveis de poupança são hoje dos mais baixos das últimas décadas.

Ouvida pela TSF, neste Dia Mundial da Poupança, Mónica Andrade, sub-directora-geral, explica a importância de saber fazer um pé-de-meia.

Eu, como português, sei que poupar é uma necessidade... mas, expliquem-me como ultrapassar essa impossibilidade com o salário que aufiro e as despesas a que tenho de fazer face....

Expliquem-me, não compliquem!...
Vou ao BES? É que eu não tenho pai rico!... Nem sou director do Banco do Portugal...

Viver ...

Viver não é fácil.
É complicado. Dá trabalho.
Viver, é levar com os outros...Levar “no focinho”. Retribuir...
Por vezes, ter asco por outros. Outras vezes, não conseguir viver sem outros.
Ter dúvidas. Errar.
De vez em quando, acertar...
"Depois de ser subversivo, estar outra vez subversivo."

X&Q184

Auto explicativa... (que não haja extrapolação)

Foto sacada daqui

terça-feira, 30 de outubro de 2007

X&Q185

“Éramos mais explorados que os escravos” na pesca ...

... palavras de António Carramona ao diário As Beiras. E acrescenta:
“Hoje com 93 anos, viúvo e com dois filhos", o antigo pescador de bacalhau de Buarcos preferia não fazer parte da história que a exposição conta. Por isso, não sente vaidade quando localiza com a canadiana a sua fotografia num dos painéis. Nem o facto de ali se perpetuar a sua juventude lhe enche o ego. Pelo contrário: “não tenho nenhuma boa recordação daqueles tempos”.
“Nem quero lembrar–me disso...”. Porquê? “Éramos mais explorados que os escravos. Aquilo não tinha comparação com a escravatura”, afirma o velho “lobo do mar”.


Nota pessoal: ando a arranjar coragem para ir ver a exposição "Caixa da Memória" – Figueirenses na Pesca do Bacalhau – A Campanha do Argus, de Alan Villiers, que vai estar patente ao público até ao próximo dia 31 de Dezembro no Centro de Artes e Espectáculos (CAE).
Como entendo bem este “velho lobo do mar”.... O meu Pai também lá está representado. Tirando o facto, relevante de, nessem tempo, o meu Pai ainda estar vivo, também “não tenho nenhuma boa recordação daqueles tempos”.
"A pesca do bacalhau à linha, com dóris de um só homem, foi uma heróica, mas sofrida singularidade portuguesa".

Colocar um monumento no molhe norte, para homenagear aqueles que durante décadas fizeram da pesca do bacalhau um marco na história da Figueira da Foz, também não deixará de constituir uma singularidade figueirense.
Não esquecer, que a Figueira, por falta de sensibilidade dos políticos, deixou delapidar ingloriamente todo o espólio que fazia lembrar a pesca ao bacalhau na nossa cidade.

Apesar de toda a luta, esforço e dedicação de Homens como Manuel Luís Pata e Álvaro Abreu da Silva...


segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Assim ...



... não há segurança social que resista...

Tão pequenino e já requereu a pensão vitalícia!...

De retorno às lides



Depois de uma paragem, forçada por avaria no computador, aí temos de volta o nosso prezado e talentoso Colaborador Fernando Campos.
Bom regresso companheiro e que esse computador não tenha “achaques” nos próximos tempos. E como homem prevenido vale por dois, "lá tiveste de adquirir um apetrecho para te proteger das insuficiências de uma empresa que até está cotada na bolsa de Niú-iorque!..."
Porreiro, pá!

X&Q182

Um caso exemplar

“Ao cabo de quatro anos e no dia útil seguinte às eleições (de 28 de Setembro) para a Concelhia, o avençado do departamento de trânsito da câmara, Manuel Domingues, foi despedido. Dias depois, dizia-se “vítima de retaliação política”. Tudo porque, conjecturava, apoiara a candidatura de Paulo Pereira Coelho, indo, desta forma, contra a de Lídio Lopes, seu “patrão”. Ganhava cerca de 800 euros”

Depois da polémica substituição, Lídio Lopes veio esclarecer que, neste caso, não houve nenhuma caça às bruxas nem perseguição política.
Passado um mês, agora com a serenidade que esse espaço já permite, fica a pergunta: retirada a hipótese de perseguição, resta a do mérito (ou competência)...
A coisa afinal é "só" esta...
Será que o assessor fez barulho porque queria sair como "mártir" de perseguição política?
Ou terá saído apenas por incompetência?..
Mas, então, sendo assim, são necessários quatro anos para o “patrão” Lídio Lopes dar conta disso?

domingo, 28 de outubro de 2007

Uma “aldeia olímpica na blogoesfera figueirense


“Apesar da actualidade poder não o dar a entender, a Figueira da Foz sempre teve uma vasta tradição desportiva.
Até aos dias de hoje, com estruturas ou sem elas, suficientes ou insuficientes, a juventude figueirense tem tido um comportamento meritório em provas nacionais, a avaliar pela distinção que a CMFF faz todos os anos aos atletas que conseguem um dos 3 lugares do pódio.”
Deles, “sem esquecer outros que através dos tempos têm honrado a sua cidade, irá falar e divulgar o que fazem e como o fazem”, o meu Amigo Alexandre Campos, no blog acabado de nascer, denominado aldeia olímpica, e a que podemos aceder clicando aqui.

Cova-Gala - resultados do fim de semana

Foto de Pedro Cruz

Tanto olhar

Frente ao mar
Sentado
Parou
A olhar

O olhar do petiz
Não dá para enganar
A sua raiz
É o mar

O seu porte torto
Aparentemente cruel
Tem algo de maroto
Num olhar de mel

Tanto olhar
Tanta água
Tanta mágoa
Tanto mar

Mar por todo o lado
Mas o mar
Alienado
Tudo acaba por ignorar

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

PALHEIROS NA COVA GALA

Veja no ÁLBUM FIGUEIRENSE um texto interessantíssimo de Rocha Peixoto, publicado em 1906, sobre a Cova-Gala de outros tempos ...

Segundo o Confraria das Bifanas ...


Foto sacada daqui
Já lá vão “14 dias(!!!!!...) que Lídio Lopes é presidente da concelhia do PSD/Figueira da Foz”...


E ainda não conseguiu entrar em casa!...


Não haverá uma escadita lá pelos bombeiros para ajudar a resolver a coisa?...

Concordo com o PSD

Segundo o diário “As Beiras”, de hoje, o PSD está “muito preocupado” com o molhe Norte”.
Também eu.
Mais: “quando a secretária de Estado (Ana Paula Vitorino) se mostra preocupada”, eu como figueirense, morador na margem sul, estou aqui estou a entrar em pânico...
Os motivos, porventura, é que serão diferentes.
"No momento em que se fala tanto na revisão do PDM (Plano Director Municipal), são poucos os que sabem porque deve ser revisto tal plano, para além da intenção de alargar as oportunidades de construção. Quer-se a revisão do PDM, não para melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento económico e social, mas tão só para construir mais em locais até agora interditos. Por isso, quase ninguém pugna para que o PDM cumpra os normativos legais portugueses e comunitários e se integre definitivamente nos planos de ordenamento regionais e nacionais."

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Sem tabu...

Foto sacada daqui
No sábado passado, li a segunda parte da entrevista do PGR à revista do semanário “sol”.
Mais do que apreciar o conteúdo da entrevista do dr. Pinto Monteiro, do que gostei mesmo, foi das reacções de certas “virgens ofendidas” (poder feudal de condes, viscondes, marqueses e duques?...) que as palavras do PGR (um rei sem poder?) despoletaram.
Mas, uns meses antes - em Maio - o PGR deu outra entrevista que passou despercebida. Foi ao jornal “Cinco Quinas”, do Sabugal, Essa sim, quanto a mim, interessante. Entre outras coisas, explicou porque é que um “Beirão do Interior” natural de Porto de Ovelha, concelho de Almeida, que gosta da Beira e das suas gente, chegou a PGR:
“ Aqui em Badamalos trato do meu jardim. As pessoas conhecem-me e eu conheço-as a todas. Há uma ligação muito forte. Nunca na minha vida distingui entre pessoas ricas ou pobres. Penso que até tenha sido isso que mais pesou para que me convidassem para Procurador”.

Rotary Club vai homenagear um verdadeiro democrata

Via o diário “As Beiras”, tive conhecimento que, “este ano, o Rotary Club escolheu a advocacia como profissão a homenagear e Melo Biscaia como profissional a distinguir”.
Isso vai acontecer na próxima quinta-feira, dia 25.


Outra Margem, felicita vivamente o Dr. Luís Fernando Argel de Melo e Silva Biscaia, que nasceu na Figueira da Foz em 28 de Março de 1928, numa família de filantropos e de homens dedicados à causa pública.
Desde sempre, o Dr. Melo Biscaia foi possuidor de uma qualidade rara, como sublinhou num comentário a um anterior post deste blog, a Dª.Rosália Silva, para quem "foi um gosto ter trabalhado com ele, durante a sua passagem pela Cãmara" : “não procurou riqueza material além dos seus proventos profissionais e nunca abdicou da sua concepção ética e humanista."

“A coerência do Dr. Melo Biscaia é, talvez, o que melhor define o seu carácter. Sem nunca tergiversar nas suas tomadas de posição ao longo da vida, é um verdadeiro democrata de espírito aberto e tolerante. Acredita nos seus ideais, mas respeita democraticamente os dos outros”.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Há blogues que não devem parar...

Dia 10 de Julho de 2007 - DIA DA INAUGURAÇÃO.

SEGUNDA-FEIRA, 15 DE OUTUBRO DE 2007 - ATÉ VER, DIA DE INTERRUPÇÃO.

Foto tirada daqui

O PROGRAMA SEGUE DENTRO DE MOMENTOS?...


“Volte depressa Pedro Santana Lopes, a blogosfera e o país ficar-lhe-ão eternamente agradecidos”.

ACTUALIZAÇÃO:
O POST ACIMA FOI PUBLICADO ONTEM ÁS 19 HORAS E 16 MINUTOS.
PODE TER SIDO MERA CINCIDÊNCIA, MAS "Não obstante!..." o BLOG "PedroSantanaLopes ACTUALIZOU-SE às 23:30.
23.10.2007, 11 horas e trinta e nove minutos

Democracia representativa à moda do centrão!...

No blog quintopoder (desde já, peço desculpa pela reprodução, mas há pérolas que seria crime perderem-se...) pode ler-se:

"Algumas ilustres figuras liderantes da chamada "esquerda à portuguesa" andam a fazer uma grande berraria exigindo que o Tratado de Lisboa, que passará a regulamentar a governação da União Europeia, vá a referendo.
Pelos vistos, é gente que gosta muito de um certo tipo de democracia "directa".
Sucede que a democracia portuguesa, enquadrada pela Constituição da República, é de natureza representativa, como é normal na Europa. Não estamos em Cuba ou na Coreia do Norte.
Foi exactamente por isso que o Tratado de Mastricht foi aprovado em sede parlamentar. E que o mesmo sucedeu com o Tratado de Nice. Para não falar já da própria decisão de fazer entrar Portugal na União Europeia.
É calro que, no fundo, não virá grande mal ao mundo se, para aprovar o novo Tratado, se organizar um referendo. Como, muito provavelmente, não irá votar mais de metade do eleitorado, o resultado de um tal eventual referendo, não será vinculativo. Lá terá de ser portanto o Parlamento a votar, a decidir e seguramente a aprovar.
Há todavia um aspecto que acho particularmente chocante nas obstinadas e obsessivas posições daqueles homens da "esquerda à portuguesa", exigindo que o novo Tratado seja referendado. Que coloca em causa a sua boa fé e coerência.Que autoridade moral terão eles para tal defender com veemência, quando se sabe serem exactamente eles os que mais obstinadamente se empertigam contra qualquer hipótese de submeter a referendo a Constituição da República ?"

Então e o Alberto João Jardim também é daqueles homens da "esquerda à portuguesa”?...

Pois é, pelos vistos “o referendo é um funil.” Mas.... “às vezes entope.”

“O REFERENDO, A BOA FÉ E A COERÊNCIA” à maneira do centrão... também tem contradições ...

"A Europa não pode ser feita por líderes em risonhos abraços mas cheios de medo dos europeus."

ASSIM NÃO É PORREIRO, PÁ!...

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Cova-Gala

Veja aqui o calendário dos jogos para os próximos dias 20 e 21.

Só na Figueira é que isto podia acontecer!..


José Elísio ainda não entregou as chaves da sede da Concelhia do PSD!...
(
Os tipos não acreditam. Mas há que mostrar quem inventou o PSD na Figueira... Diria mesmo mais: há que mostrar a esses tipos quem inventou a política na Figueira (desde os gloriosos tempos de antes do 25 de Abril, passando pelo PS (da sede da Rua da República..., do PSN...)...
Como alguém um dia me disse: “os partidos são todos iguais”!...
Só não percebi é porque mudou ele tanto de partido
!..
Bom, se eu fosse esperto sabia que, ás vezes, não é apenas o militante que muda (de partido)... Às vezes é o próprio partido que muda...)
Façam justiça ao homem: "sou respeitador da legalidade, dos estatutos e dos regulamentos do partido. E quando for definitivamente decidido que eu devo entregar as chaves, entrego–as. Porque eu não sou usurpador dos bens do partido nem dos direitos dos companheiros"... garantia de José Elísio.

"Porreiro, pá!.."




"...A manifestação de ontem e as primeiras páginas de hoje..."










Lá para Dezembro, "talvez não seja mau recordar que Sócrates prometeu referendar o projecto de Tratado Constitucional durante a campanha eleitoral."





Menezes na rtp1

Que falta que um copo de água, assim cheio, fez.

Espectáculo a não perder

No próximo sábado, dia 20, a Banda da Armada dá um concerto, pelas 21h30m, no Teatro do Grupo Caras Direitas, em Buarcos.

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Estou completamente descansado, mas ...

Apenas uma pequena nuance

Neste assunto, eu e o Senhor Presidente da República, Professor Aníbal Cavaco Silva, ainda que pontualmente, estamos de acordo: os números da pobreza envergonham Portugal.
Porém, mesmo aqui, há uma pequena nuance a ter em conta: ele foi Primeiro-Ministro durante dez anos, eu não.

Falta de civismo?..

Ou de visão?... Que raio faz, ali, a dois três metros, um recepiente para o lixo?

Noite de sonho

Ontem, por esta altura, lá prós lados do Funchal, quem o quisesse comprar, um milhão de euros devia bastar...
Duas horas depois, graças à lesão de Nuno Gomes e do jogo de ontem, não sei se três milhões chegarão!...
Todo o Homem tem direito à sua noite de sonho!...

Para confirmar em breve

Foi duro. Valeu a pena?

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Duas vitórias seguidas ...

Apesar de a exibição não ter sido nada por aí além, "golos de Makukula e Cristiano Ronaldo dão vitória a Portugal no Kazaquistão por 2-1"...

Isto com Scolari fora do banco até nem corre nada mal.

"Independentemente dos outros resultados, a formação portuguesa estará pela quarta vez consecutiva na fase final de um Europeu se somar quatro pontos nos últimos dois jogos, em casa com Arménia (17 de Novembro, em Leiria) e Finlândia (21, no Porto)".

Scolari ainda tem um jogo de castigo...

Obrigado Adriano. Continua a cantar

Um apelo às “comadres”

Deixem-se de zangas... Pensem positivo.
Deixem-se de saneamentos e “medidas antidemocráticas”... ...olhem pró alto...

Mais uma vez, o PSD tem um presidente de Câmara à frente dos seus destinos. “O homem vai dar guerra”. Portanto, bases tenham esperança: presidentes de Junta, presidentes de concelhia, e outra “arraia miúda” continuam com fortes probabilidades de ainda melhorarem a “vidinha”!...
A luta, por lugares mais apetecíveis e melhor recompensados, tem de continuar...
Foto confraria das bifanas

O caso Manuel Domingues, “pai, trabalhador, uma pessoa que deu mais por Duarte Silva, nas campanhas eleitorais, do que aqueles que estão agora ao seu lado, vítima de um acto triste e indigno” foi, só e apenas, um acidente de percurso...
“Comadres”, não se zanguem, “amiguismo” é que é salutar... 2009 é já ali. De certeza que existe muita gente para se empenhar nas campanhas... à espera de ser premiada...

Entretanto, não sejam picuinhas ... deixem de chatear o Azenha Gomes: “ele está com Lídio Lopes”...

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Agora a sério...

Foto à beira mar
Este episódio não pode durar muito mais... É ridículo...
Exemplos destes, em nada abonam a favor de um partido com responsabilidade e competência.
Visto de fora, para ser brando, parece haver carradas de má formação, apego ao poder e demagogia nesta trapalhada...
Esta coisa, mais do que envergonhar o PSD figueirense - partido no poder na cidade há 12 (doze...) anos - devia envergonhar toda a Figueira da Foz.

Os políticos profissionais vivem no seu mundo virtual, onde as únicas realidades que reconhecem são as meias-verdades e as meias-mentiras.
Estes são os políticos “gerados” pela democracia.
Tirando uma “espécie em vias de extinção” - alguns (poucos) Homens de esquerda, que sobreviveram e cresceram na oposição ao Estado Novo - na direita portuguesa, que beneficiou dos favores do “antigo regime”, as coisas são mais difíceis de digerir: sente-se humilhada na oposição; definha quando não está no poder.
Importante é o poder: seja no governo, numa câmara municipal, numa junta de freguesia, ou, mesmo, numa concelhia partidária...

Este episódio, ainda a decorrer na Figueira, triste e lamentável, deixa um retracto fiel do que falta a esta geração de políticos que não nos quer deixar acreditar nesta democracia: vergonha e transparência.

Futuro líder parlamentar?...

Para já candidato ...

Mas, façamos a devida justiça... Santana, tem poderes de um autêntico visionário.

Quem "cozinha" o final de 2007 em 2005, só pode ser um génio...