.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

E para terminar 2012....

Artur Baptista da Silva, a personalidade do ano...
De todos os impostores dos últimos 12 meses em Portugal, foi o que aldrabou menos.

Bom 2013

Hoje, com o último dia de 2012, termina um ciclo iniciado no dia 25 de Abril de 1974.
No decorrer deste período, na oposição ou no poder, todos os políticos assumiam que tinham como objectivo  melhorar a vida dos portugueses, aperfeiçoar a democracia e aumentar o bem-estar social.
Com este governo tudo mudou.
Amanhã,  o país entra num novo ciclo.
Façam como eu, brindem com com água da torneira (que a Europa já garantiu que é boa) ao Ano Novo que, ao menos por esta vez, bem poderia ser mesmo Novo.
Bom 2013 para todos.
Sonhar não custa nada, viver é que custa!

aF204


domingo, 30 de dezembro de 2012

Baleia morta deu à costa na praia da Figueira da Foz



Para ver vídeo e fotos eventualmente chocantes, clicar  aqui e aqui.

Óh senhor secretário de estado é tudo tão simples e não conseguiu prevenir a alopecia?..


Para o Serviço Nacional de Saúde ser sustentável, só temos que evitar utilizá-lo…
O Secretário de Estado da Saúde  limitou-se, por conseguinte, a dizer  o óbvio:  não adoeçam.
Em tempo...
Noto agora, pela foto à direita,  que o Secretário de Estado  é careca.
Como é que aquilo lhe foi acontecer, logo a ele?..
Não soube ou não conseguiu prevenir a calvície? 
Por que  não tratou a alopecia?.. 
O melhor não é mesmo ter uma forte  e saudável cabeleira?...
Quem fica assim da cabeça, por falta de prevenção ou de cuidados, constitui indiscutivelmente um perigo real para  Serviço Nacional de Saúde.

Bom domingo

sábado, 29 de dezembro de 2012

Morreu Paulo Rocha


Foi autor, entre outros, do filme "Os Verdes Anos", obra que inaugurou o Novo Cinema português.

FIM DE ANO NA FIGUEIRA


Foi assim e não podia ser de outra maneira…


A Assembleia Municipal da Figueira da Foz (AMFF) aprovou  o orçamento da câmara para 2013, com os votos a favor do PS e a abstenção do PSD, Figueira 100% e Bloco de Esquerda. A CDU votou contra.
O orçamento, de 48 milhões de euros, está condicionado pelo Plano de Saneamento Financeiro da autarquia. E cumpre as exigências do mesmo, segundo reconheceram as forças políticas com assento na AMFF.
No entanto, a oposição, sobretudo o PSD e a Figueira 100%, criticou a ausência de estratégia e acusaram o executivo camarário socialista, com maioria relativa e liderado por João Ataíde, de descurar a ação social.
Argumentos que o presidente da câmara refutou, frisando o investimento na habitação social, de cerca de dois milhões de euros, refeições e transportes escolares e outras iniciativas de inclusão social.
A última sessão da Assembleia Municipal do ano tinha hora marcada para as 21H00, começou às 21H30 e terminou cerca das 02H00. Recorde-se que o orçamento tinha de ser votado até ao final do mês.

Só uma foto?...



Desde já o essencial: é um momento jornalístico feliz e uma excelente foto.
Faz a  manchete da edição de hoje  do diário  «As Beiras» e é da autoria de um fotojornalista já com muita tarimba: Luís Carregã.
Debaixo do banco do carro oficial do Primeiro-Ministro, no decorrer da visita que ontem fez a Coimbra,  espreita um livro sobre Salazar.  
Pormenor importante da foto, feliz e bem conseguida: a penumbra, faz lembrar o ditador que governou Portugal durante quase 40 anos.
Mas é, apenas, Pedro Passos Coelho no dia 28 de Dezembro de 2012, data em que visitou o Museu Nacional Machado de Castro em Coimbra.
Mas,  é conveniente ter bem presente, como comenta Francisco Amaral no facebook...  
“O fascínio pelo ditador não liberta estas cabecitas tontas. Carregam com eles ódios de família, lamentações, vinganças surdas que nem eles entendem, mas têm de cumprir.”

«Nós não somos duas pessoas, eu sou primeiro-ministro e também sou cidadão. E apesar de não utilizar o mesmo registo quando falo com a minha família ou com os meus amigos ou quando falo com os cidadãos, na minha qualidade de cidadão também, que muitas vezes uso quando falo como primeiro-ministro, isso não significa que diga coisas diferentes», afirmou Passos Coelho...

Perante isto, já há quem se interrogue: "este primeiro-ministro não sofrerá mesmo de uma deficiência qualquer?"

Daqui

A opção europeia...

Carlos Carvalhas...
Clicando  aqui, veja e ouça a intervenção na Assembleia da República em 11 de Abril de 1985...

Via Aventar

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Para quê disfarçar, vale tudo...


O Ministério das Finanças publicou hoje em Diário da República novas regras fiscais para as empresas que decorrem do Orçamento do Estado para 2013, mas sem que este tenha recebido ainda luz verde de Cavaco Silva.
A portaria, assinada por Vítor Gaspar, assume isso mesmo ao deixar em branco o espaço referente ao número da lei do Orçamento do Estado para 2013. "A Lei n.º [...]/2012, de 31 de Dezembro, que aprovou o Orçamento do Estado para 2013, alterou o artigo 119.º do Código do IRS, determinando que as entidades devedoras de rendimentos do trabalho dependente passam a estar obrigadas a entregar mensalmente uma declaração de modelo oficial, referente àqueles rendimentos e respectivas retenções de imposto, de contribuições obrigatórias para regimes de protecção social e subsistemas legais de saúde, bem como de quotizações sindicais relativas ao mês anterior", refere a portaria.

Em Portugal, Artur Baptista da Silva pode muito bem ainda vir a ser candidato a Primeiro-Ministro...

“Não podemos aumentar esta receita aumentando mais os impostos, porque de cada vez que tivemos um problema de finanças públicas em Portugal, a receita foi sempre a mesma: foi a de pôr as famílias e as empresas a pagar mais impostos.”
Pedro Passos Coelho, na altura candidato a Primeiro-Ministro

Para quem ainda não percebeu...

O objectivo deste governo é tão simples como isto:   não ficar pedra sobre pedra...

Incoerentes, eles?..

Coitados dos governantes...
Seja justo, António Jorge Pedrosa...
Incoerentes, eles?..
"Mais horas de trabalho e salários mais baixos não levam ao crescimento de um país, apenas permitem uma competitividade conjuntural".
E quem lhe disse que não é isso que eles verdadeiramente querem?
Eles não têm culpa de ser como são ...
Está-lhes na "massa do sangue".
Quando muito, terão meia culpa.
Mas a outra meia é "nossa".
Sim, "nossa".
Em tempo.
Se eu escrevesse meia culpa em latim (sem o "i" e em itálico) tal poderia levar a crer que culpa era toda deles!..
Para  sorte deles, eu não sei latim e, portanto, ficamos assim: a culpa  é a meias...

Os editoriais do senhor director vão deixar saudade… (IV)


 O Jornal "O Figueirense" chegou mesmo ao fim...
Na imagem, a capa da última edição do semanário mais antigo da Figueira da Foz.

PS está a fazer oposição?... “Assim não”…

Bernardino Soares, deputado e líder parlamentar do PCP, teve ontem um dia especialmente inspirado na Assembleia da República...
Duas frases certeiras de Bernardino, : «... É que quem ouvisse agora este debate ficaria com a ideia de que de todos os partidos o único que nada tem a ver com o memorando da troika é o PS, que foi quem o assinou.»
E a seguir: «O PS vai ficar conhecido como o partido do "assim não": austeridade, sim, mas assim não; acordo de entendimento sim, mas assim não... 
Ora nós gostávamos de ter o partido socialista na oposição... mas assim não.»

Pedro, o sofrimento da alma humana tem limites...

"Aumento nas portagens, energia e telecomunicações ultrapassa inflação em 2013"...

José Manuel Leite, o primeiro presidente da Câmara da Figueira da Foz democraticamente eleito após Abril de 1974…

"Ninguém estava preparado para ser autarca (…)
Vimos as possibilidades que havia e que até então não tinham sido bem exploradas. Por exemplo, as derramas das grandes empresas, que estavam a dar muito pouco dinheiro e passaram a dar mais. Depois, não fizemos obras de fachada. (...)
Aconselhei Aguiar de Carvalho a não fazer os dois últimos mandatos. Era um homem dinâmico, com visão… Creio que foi um bom autarca. É pena que Santana Lopes nos tenha deixado tão endividados, porque foi um homem que contribuiu muito para pôr a Figueira no mapa de Portugal, mas à custa das dívidas que foram feitas. Duarte Silva herdou Santana Lopes e os custos que ele deixou, e temos que salientar um homem muito dinâmico, Joaquim de Sousa. "

Via AS BEIRAS

Quando a luta aquece, quem defende o PS?..

"Em 2013, as empresas vão poder fasear 50% do pagamento dos subsídios de férias e de Natal em 12 prestações mensais, tendo de disponibilizar a restante metade nos prazos habituais. Esta medida do Governo permitirá aliviar o esforço fiscal que vai ser pedido à generalidade dos portugueses no próximo ano. Um trabalhador com um salário bruto mensal de 800 euros passará a ter 866,67 euros por mês. Depois de descontado o IRS, sobretaxa e segurança social receberá um rendimento líquido de 707,85 euros. Sem os duodécimos veria o seu ordenado reduzir-se para 652,85."
A proposta foi aprovada ontem com os votos favoráveis dos deputados da maioria e da bancada do PS – que, porém, registou seis abstenções e quatro votos contra. 
Isabel Moreira, do PS. 

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Já que estamos na época dos barretes...



O que nos prejudica mais?..
Aparecer na televisão, para dizer umas coisas, depois de embarretar alguns jornalistas, ou chegar a primeiro-ministro, depois de embarretar grande parte de um país?..

Portugal, afinal, está no bom caminho…

Em  2012,  morreu mais gente que nasceu em Portugal…
Ora cá está uma medida eficaz para combater o desemprego no futuro...
Esta notícia, para além de contrariar o cenário pessimista que muitos vinham pintando sobre os problemas sociais, vai demonstrar no futuro que o desemprego em Portugal não passará de uma mera falácia…

Pedro, Pedro, Pedro: você anda-se a esticar...

Pedro: não fomos nós que  andamos a viver acima das nossas possibilidades?..
Pedro: não éramos nós que tínhamos de empobrecer?...
Pedro: não éramos nós,  os trabalhadores portugueses, que tínhamos  direitos a mais, demasiadas férias e feriados, indemnizações altas de mais em caso de despedimento sem justa causa, que trabalhávamos poucas horas e pagávamos poucos  impostos, tínhamos luxos como subsídios de férias e natal e tínhamos pouco desemprego?..
Pedro: não éramos nós, que  deveríamos até  pagar a tsu pelos patrões?..
Pedro, não estou a entende-lo, mas o problema deve ser mesmo meu... 
Pedro, então acha mesmo que este não foi o natal que merecíamos”?..
Olhe Pedro, está a gozar comigo, está a ser hipócrita, ou está completamente fora da realidade?..
Pedro:  este foi apenas mais um dia num ano cheio de sacrifícios”…
Olhe Pedro, eu que até já perdi o emprego, estou a ser lesado no subsídio de desemprego e vou ser amplamente prejudicado na reforma, dispenso de bom grado as suas  vacuidades, tipo "todos beneficiarão das novas oportunidades que criaremos nos próximos anos."
Pedro, Pedro, Pedro, você anda-se a esticar: quer que o mande para onde?..
Pedro: contenha-se, não degrade a linguagem... Como escreveu o falecido Américo Tomás nas suas memórias, "no primeiro dia de 1974, tudo se passou como em iguais dias dos anos imediatamente anteriores"...

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Por experiência própria, realisticamente, dou-lhe razão…


Em Portugal, quando um gajo cheira que há corrupção por perto, tem duas hipóteses:

      1. Se for burro, denuncia-a e prepara-se para as consequências...  (Fiz isso em 2004 e dei-me mal…);
      2Ou então, se não for burro e tiver hipótese para isso,  põe-se a milhas
Veremos, um dia destes, o valor da reforma

Recordando 2011


Lá no fundo, Passos, como muitos de nós,  nesta altura do campeonato, quereria é  emigrar para um sítio em que exista maior estabilidade e  menos problemas.
Também ele quereria  mudar de governo, mas não o pode dizer, porque faz parte do enorme problema que é este  governo.
E,  este governo, não sabe  como será o futuro – o seu e dos portugueses.
Com este o governo fartamo-nos de pagar e estamos cada vez mais endividados – entre as dívidas herdadas, por, ao que nos dizem,  vivermos acimas das nossas possibilidades,  e as novas, contraídas ainda não percebi bem para quê,  estamos  à beirinha de cortar os pulsos.
Porque não o ouvi em 2012, recordo  2011 (dois mil e onze).

Querem rir?..

"Dona Canô"


Mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia morreu ontem aos 105 anos.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

A única promessa que um político como Passos Coelho, neste momento, poderia fazer...

Nem o Natal já é o que era...

Estava o Burro tranquilamente a tomar uma bica numa esplanada ao solzinho da tarde, quando entrou a Vaca com quem já tinha trabalhado várias épocas. Depois dos cumprimentos da praxe, o Burro lamentou-se.
Nunca me tinha acontecido tal, no desemprego nesta altura. Como sabes, já trabalhámos juntos, a questão habitual era escolher bem entre as muitas ofertas. A tradição já não é o que era. Ninguém liga a presépios. Para dar ainda mais cabo do negócio parece que o Papa disse qualquer coisa sobre haver animais nos presépios, do que havia de se lembrar. As poucas famílias que os fazem optam por produtos contrafeitos vindos lá da China. Onde é que já se viu? Burros em plástico? Dão cabo das tradições e a ASAE a isso não liga, tantos Burros portugueses com capacidade para aguentarem três árduas semanas de companhia ao Menino Jesus e vamos para o desemprego. O que vale é que algumas Câmaras ainda fazem uns presépios, mas também não adianta muito, empregam os Burros ligados ao partido que manda na Câmara, sem critérios transparentes de mérito na selecção. É Vaca, isto está mesmo mal. E tu, também não devias estar aqui nesta altura. Também te está a correr mal a vida?
Não me digas nada, Burro. Estou com os mesmos problemas que tu e, para piorar as coisas, desde que foi a crise das minhas primas loucas, nunca mais confiaram em nós como antigamente. Para os poucos empregos que ainda vão aparecendo exigem atestado veterinário de sanidade, que é caro e é uma burocracia para tratar e, na volta, não nos dão o emprego. E ainda vai ficar pior, ouvi dizer que iam proibir os presépios por causa do Menino Jesus. Dizem que obrigar o miúdo a ficar três semanas nas palhinhas, mal aquecido, é maus-tratos e exploração de mão-de-obra infantil. Então é que vai ficar mesmo mal para a gente, não sei mesmo o que fazer, só sei trabalhar em presépios. Na volta ainda vou ter que pedir a reforma antecipada ou um subsídio de desemprego de longa duração. E tu, Burro?
Se as coisas continuarem assim, vou inscrever-me no Centro de Emprego, espero que me chamem para formação profissional para me certificarem em qualquer coisa, recebo um computador, como fizeram a um primo meu quando havia  o Novas Oportunidades e assim, mais qualificado talvez consiga qualquer coisa. Quem sabe, com uma cunha do Menino Jesus até poderia entrar para um banco para brincar com os filhos dos administradores. Era um bom emprego. Vaca, achas que consigo?
Deixa-te de sonhos Burro, o Natal já não é o que era.

Via Atenta Inquietude

Bom Natal também para estes*


* Estes, que são verdadeiros vigaristas,  que mexem com os  bolsos de quem paga impostos em Portugal...

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Só me faltava mais esta!..

"Artur Batista da Silva foi, no final dos anos 80, Presidente do Conselho Fiscal do Sporting e seccionista de voleibol, tendo sido no seu consulado que, tanto quanto me lembro, fomos pela última vez campeões nacionais da modalidade.
Bem sei que, especialmente se comparado com outros, o Batista da Silva  se assemelha mais a um estudante irrequieto, ansioso por nos pregar umas partidas cuidadosamente elaboradas, mas ouve lá ó Nicolau, tu que também és dos nossos, não podias ter um bocado mais de cuidado com a escolha dos teus convidados? "...

Relvas, tem muito que aprender!..

Artur Baptista da Silva, um Mestre?..

"Lamento muito mas fui mesmo embarretado" -  Nicolau Santos...

Santa Claus is Coming to Town!

Natal em 2102 (VI)


O que ainda falta em Portugal e no Mundo para haver um Verdadeiro, Bom e Feliz  Natal...
 liberdade, igualdade, fraternidade, dignidade, verdade, honestidade, bondade, sinceridade, seriedade, generosidade, solidariedade, amizade, humanidade e vontade de mudar para melhor. 

Natal em 2012 (V)


Natal em 2012 (IV)


Depois  deste esclarecimento, será que a TSF pondera retirar todas as notícias e entrevistas sobre o  Eng. José Sócrates e o  Dr. Miguel Relvas?..

Natal em 2012 (III)

Artur Baptista da Silva pode ser quem não é. Isso não muda uma linha do que disse e não vejo desmentido em lado nenhum. É uma ironia suprema que para alguém ter tempo de antena  dizendo a verdade sobre a crise tem de se fazer passar por detentor de um cargo na ONU que não existe.

Natal em 2012 (II)

Quase todos os elementos do Coral David de Sousa, da Figueira da Foz, foram vítimas de furto na noite de sábado enquanto atuavam na Igreja Matriz, em São Julião, naquela cidade. Durante a hora em que durou a atuação, entre as 21H30 e as 22H30, os ladrões entraram no salão paroquial, onde estavam guardados os bens pessoais dos cerca de 45 cantores, e fizeram “uma limpeza geral” às carteiras e telemóveis. Só cerca de uma dezena de participantes não foram vítimas da ocorrência porque mantiveram em seu poder os objetos que poderiam despertar a cobiça dos gatunos.

Via AS BEIRAS

Natal em 2012

"O supérfluo dos ricos é propriedade dos pobres."
                     Santo Agostinho
Será o Natal a quadra da paz,  da felicidade e da alegria que nos querem fazer crer? 
Não será o Natal, sobretudo, uma altura de exacerbação das características dominantes de cada pessoa?..
O feliz não fica mais feliz? O guloso  não fica mais guloso? O bondoso  não fica mais bondoso? O enjoado   não fica mais enjoado?  O religioso  não fica mais religioso? O nostálgico  não fica mais nostálgico? O nervoso  não fica mais nervoso? O deprimido  não fica mais deprimido? O materialista  não fica mais materialista? O mãos-largas não fica mais mãos-largas? O hipócrita  não fica mais hipócrita? O gordo  não fica mais gordo? O rico  não fica mais rico? O pobre  não fica mais pobre? O simples  não fica mais simples? O parvo  não fica mais parvo? O palerma  não fica mais palerma? O soberbo  não fica mais soberbo? O excitado  não fica mais excitado? E,  sobretudo, o imbecil  não fica mais imbecil?..

Amanhã, dia 25, é o feriado do Natal em 2012 -  um dia estranho

O movimento na Aldeia vai reduzir-se ao indispensável. 
As criancinhas, para quem as tem, vão passar o dia a mostrar aos adultos da família os brinquedos da véspera. 
Os adultos, por sua vez, passarão o dia a comer e a beber de forma alarve... 
2012, a 8 dias de acabar, não teve nada de "espírito de Natal"
Para um ano absolutamente medíocre, eis um dia - o de amanhã - à sua altura

Por muita boa vontade que tenhamos, em 2012 acabou-se a época da boa vontade. Agora, até já é preciso pagar 43 cêntimos,  por hora,  a um desempregado para fingir que é o Pai Natal. Onde é que isto vai parar com tanto despesismo?..
No quentinho das nossas casas ou de visita às casas dos outros, para não estragar o espírito de Natal, interiorizemos que nada se passa à nossa volta e façamos apenas de conta.

Posto isto, que mais podemos dizer?
Apenas que a vida continuará...
Inexorável,  2013 está a caminho. E, pelo que se prevê,  deverá ser ainda pior...

domingo, 23 de dezembro de 2012

Eu sei que estamos em época de Natal, mas...


Oiçam uma vez e, quando acabarem, oiçam novamente...

Senhor primeiro ministro: boa ideia e natal em conformidade...

Senhor Primeiro-Ministro!
Mande recalcular todas as pensões com base em toda a carreira contributiva e reveja os montantes das pensões a partir desse momento de acordo com os cálculos feitos. Não se esqueça de actualizar as contribuições por aplicação dos índices de inflação observados e de aplicar uma retribuição justa acima das taxas de inflação consideradas nos cálculos. E, a partir dos resultados obtidos, mande pagar as pensões em conformidade. Procedendo deste modo, ninguém se poderá considerar prejudicado nem ninguém deverá ser considerado beneficiado.  

Mas, atente bem nisto, senhor Primeiro-Ministro: Não abra as excepções do costume. Se o recálculo não abranger todos, mas todos mesmo, sem excepções, os que recebem pensões  geridas pelo Estado, incluindo, para além dos contributivos do sistema geral de segurança social, a função pública, todos os institutos públicos, incluindo a Caixa Geral de Depósitos e o Banco de Portugal, e todos os demais regimes especiais, não haverá uma verdadeira e justa reforma mas a continuação de uma enorme injustiça social.

As declarações que o senhor tem vindo a fazer a propósito dos montantes das pensões pagas, são meias verdades, e, inevitavelmente, meias mentiras. São meias verdades porque os cálculos das pensões nunca obedeceram a um modelo equitativo e uniforme, sendo sistematicamente inferiorizados os contributivos do sistema geral de segurança social. Para prová-lo, basta um relance sobre os diversos modelos de cálculo.

Mas há mais. É público, e nestas coisas, normalmente, só é público uma pequena parte da realidade, que a passagem transitória, por vezes muito transitória mesmo, pelo exercício de determinadas funções atribuiu a uns quantos privilegiados pensões que, nem de longe nem de perto, correspondem aos valores das suas contribuições.

Mas ainda há mais. Muitos dos que beneficiam de pensões escandalosamente acima dos valores das suas contribuições, desfrutam dessas pensões desde muito antes de terem atingido a idade normal de reforma. Em alguns casos conhecidos passaram a receber pensões a partir do momento em que cessaram funções. Estou certo que o senhor Primeiro-Ministro sabe que é assim.

Se a sua intenção é pôr fim a uma enorme injustiça social, vá por onde passa o tratamento igual de todos os pensionistas por aplicação a todos, mas mesmo a todos, do mesmo modelo de cálculo baseado em toda a carreira contributiva e a idade normal de reforma. E deixe-se de acusações, que, por serem indiscriminadas, são ofensivas para quem não deve nada a ninguém.

Via  ALIÁS

Sonho de Natal…

Já percebemos que isto vai correr mal…
Mas, o Gaspar nunca se atrapalha. 
Depois do falhanço do plano A e do plano B, já tem um plano  plano C: finalmente, vai cortar no salário dos que que giram em torno da chamada classe política e no estado. 
Ah, desculpem, estava a sonhar!..

Bom domingo

sábado, 22 de dezembro de 2012

Piegas?..


Espanha e França vão ter mais tempo para equilibrarem as contas...

Por mim, tá-se bem...


Mensagem entendida, senhor primeiro.ministro.
Deduzo que as suas trincheiras estão prontas desde há muito...
Nós, teremos de fazer o mesmo...
A guerra é a guerra!..

Afinal como é?...


Não sei se é de propósito, ou por incompetência. O certo, é que Gaspar não acerta uma...
Para compensar a quebra de receita fiscal originada pelos cortes salariais na Administração Pública, o Governo prepara mais cortes salariais na Administração Pública, despedimentos na Administração Pública e aumento do horário semanal de trabalho na Administração Pública
A Constituição e a democracia estão suspensas até nova ordem.
Já há mais de 500 clientes com dívidas superiores a meio milhão de euros em incumprimento total. Ou seja, clientes que já deviam ter liquidado tudo o que devem e que, pelo contrário, deixaram pura e simplesmente de pagar qualquer prestação. Estão em causa três mil milhões de euros e os incumprimentos têm mais de seis meses, mas o Governo ainda não avançou para a sua cobrança judicial. 

O Homem Pensa, Deus Ri

Gosto muito de Santo Agostinho. Apesar disso, só posso dar razão a Jim Hankinson quando este escreve em “O Especialista Instantâneo em Filosofia”, a propósito da chamada Idade das Trevas: “a pouca filosofia que existia na Europa sofreu uma viragem depressivamente teológica, centrando-se em disputas tais como se Deus era Uma Pessoa em Três ou Três Pessoas Numa, a natureza exacta da Substância do Espírito Santo e quantos anjos podem dançar na cabeça de um alfinete (no caso improvável de desejarem realmente fazê-lo)”.
Séculos passados sobre a castração de Abelardo e a Querela dos Universais, deparamo-nos com a polémica sobre o burro e a vaca. Ao que parece, o Papa terá sido mal citado. Bento XVI, apesar de ter escrito que tais criaturas não constam no registo bíblico, nunca ordenou que fossem excomungadas do presépio.
Não deixa de ser curioso, contudo, o ruído à volta das declarações do chefe da Igreja católica. Jornais, televisões e redes sociais atiraram-se aos pobres animais como cães a osso, e os debates renhidos sobre a existência de Deus deram lugar a acesas discussões sobre a existência dos dois quadrúpedes.
Que nos seja permitido suspeitar que tal deriva teológica substancia um empobrecimento intelectual do mundo, a que acresce o facto de ninguém nos garantir que a veemência posta na defesa dos pobres bichos não possa igualar, em fanatismo, o vigor com que foi afirmado o Ser Supremo.
É dos livros que a fé move montanhas e tende a deixar um rasto de cadáveres. Chato mesmo, é que nada nos garante que sem fé a coisa tivesse corrido melhor, apesar de alguns estudos afiançarem que os países nórdicos (com maior % de ateus) são socialmente mais justos. E se a coisa for do clima?


Via Meditação na Pastelaria

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Fracasso da privatização da TAP...

... finalmente, a explicação!..

Com todo o respeito: este comentário só podia ser feito por um “betinho” *



·         * Na minha juventude, conhecidos por  "meninos-bem", os “betinhos” que conheci passaram a infância a acreditar que eram  príncipes.
Os “betinhos” são seres de extremos: ou são muito fáceis, ou são muito difíceis; ou são muito burros, ou são muito espertos...
Em qualquer dos casos, é sempre uma lotaria, porque a artificialidade do mundo em que vivem faz com que sejam grandes actores.
Na sua maioria, são burros, seja por limitação natural, seja por nunca precisarem de pensar muito por si.
Os menos burros conseguem tirar uma licenciatura aos 38 anos, normalmente na privada…
O seu objectivo na vida é serem conhecidos e terem muito dinheiro.
Normalmente cheiram bem e apresentam-se impecavelmente vestidos…

Os editoriais do senhor director vão deixar saudade… (III)


“Pretendo, de há muito, que os eleitos «tenham medo dos eleitores», que tenham «pavor» de que os eleitores (e não o aparelho partidário) os não reelejam para próximo mandato e, por isso, tenham uma conduta irrepreensível neste mandato, ao serviço da cidade e dos seus concidadãos.”
Eis pois, finalmente,  a razão de ser dos editoriais do dr. Joaquim Gil!
Nós, aqui pelo Outra Margem, limitamo-nos a pretensões mais leves, mas igualmente sérias.
Aqui, limitamo-nos a  falar daquilo que nos toca no dia-a-dia, que nos fazem  pensar que as coisas que nos rodeiam estão, de facto, como todos sabemos – uma merda.
Posto isto,  em jeito de contestação,  gostava de saber,  o seguinte: por que carga de água  é que o dr. Joaquim Gil se há-de considerar  uma espécie de «provedor do cidadão figueirense»?

Lídio “descascou o alho” na sessão solene comemorativa dos 130 anos dos BVFF…


Li no jornal AS BEIRAS de hoje, que “Lídio hostilizou Ataíde no aniversário dos bombeiros”.
Eu, se fosse  a Ataíde punha-me a pau…
Segundo o mesmo jornal, ainda “recentemente, João Ataíde ficou preso num elevador e foram os BVFF que o retiraram de lá, três minutos depois do alerta – os municipais demoraram mais de 10 minutos”.
A história, segundo o jornal,  foi contada pelo próprio Lídio Lopes, sem referir o nome do presidente da câmara da Figueira da Foz…
Lídio “descascou o alho” no decorrer da cerimónia! Fica a pergunta: será que depois cheirou os dedos?..

Terá sido, apenas, por uma mera questão de agenda?..

A um dia do encerramento oficial, a Capital Europeia da Juventude (CEJ) Braga 2012 apenas recebeu 700 mil dos 2,2 milhões de euros do financiamento comunitário e acaba sem ter a "visita" do primeiro-ministro e do presidente da República.
Segundo o Expresso, o presidente da Fundação Bracara Augusta, Hugo Pires, criticou a ausência das duas figuras de Estado...

Ainda faltam umas horas...


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Obrigadinho, pá...

Na apresentação de cumprimentos de Boas Festas do Governo ao Presidente da República, no Palácio de Belém, Pedro Passos Coelho quis "agradecer ao senhor Presidente da República toda a cooperação institucional que tem proporcionado" ao Governo para que as suas tarefas "possam ser desenvolvidas num espírito patriótico de entregar ao país aquilo que os portugueses merecem".

Banco só atendeu na rua cliente "mal vestido"!..



Como diria o meu saudoso e querido Zé Martins: "anda tudo doido..."

“Governo recua na privatização da TAP”…

imagem sacada daqui
Espero que não seja necessário esperar pelo verão para saber o que realmente aconteceu…
Gosto do verão e do tempo quente.
É nessa época do ano, que as mulheres vêm  para a rua "praticamente descascadas e com tudo à mostra"…
Mas, não nos iludamos, essa  é a segunda melhor coisa do tempo quente.
A primeira coisa do tempo quente é fazer com que as mulheres venham para a praia com bikinis mínimos.
Aguardemos, portanto, os próximos capítulos desta privatização, para já em stand by.

PARABÉNS

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz comemorou ontem  o seu 130.º aniversário.

Esta, é para quem não gosta de blogues…


Modéstia à parte, este blogue é  a maior
 prova de que a imprensa escrita já  não chega...

Fazes mal à saúde dos portugueses, sei que os prejudicas e que pagarão bem caro se não tiverem força de vontade para te dizer "basta!"


Por isso, segundo o que pode ser lido aqui, a partir do próximo ano os "maços de tabaco vão ter imagens de Vítor Gaspar"!..
"Com o intuito de dissuadir os fumadores, os maços de tabaco vão passar a ter imagens de Vítor Gaspar, uma medida que deverá ter muito sucesso, uma vez que bastou a notícia para hoje mesmo milhares de portugueses largarem o vício.
Numa primeira fase, vão ser apenas imagens, mas se algum fumador resistir, então os maços passarão a ter imagens e som, sendo os fumadores obrigados a ouvir longos discursos do ministro sobre medidas de austeridade enquanto fumam o cigarro."

Tudo mais claro...


Cavaco assume-se e "não envia OE para fiscalização preventiva"...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Alexandre O'Neill faria hoje 88 anos...


Perguntas-me o que deves fazer com a pedra que
te puseram em cima da cabeça?
Não penses no que fazer com. Cuida no que fazer da.

É provável que te sintas logo muito melhor.

Sai, então, de baixo da pedra.

  
Alexandre O'Neill,
in "Poesias Completas 1951/1986"

Sitcom?..

Gaspar preocupado com carga fiscal “intolerável”!...

Efromovich: “Se depender de mim, vão amar a TAP muito mais”...


Este homem é simpático, mas não conhece os verdadeiros portugueses.
Se tivesse estado com verdadeiros portugueses,  ficaria rapidamente a saber que o que a maioria de nós mais gosta é de gajas... Bom, em boa verdade, há também aqueles que preferem  futebol ou petiscos e vinho verde…

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Este, ao menos, pode queixar-se dele próprio...

Augusto Bandeira, social-democrata, presidente da Junta de Castelo de Neiva, Viana do Castelo, suspendeu o mandato para voltar a emigrar, depois de a crise económica e as portagens na A28 terem arruinado o restaurante que geria.
"Nunca imaginei chegar à situação de voltar ao Canadá, muito menos 18 anos depois de ter regressado ao meu país. Mas Portugal obrigou-me a isso", afirmou Augusto Bandeira, de 49 anos, que regressa no dia 24 de dezembro a Toronto, para reconstruir a vida.
Eleito em 2009 pelo PSD, partido em que milita há seis anos, Augusto Bandeira será substituído pelo tesoureiro, Paulo Torre, por um período inicial de três meses.

Via JN

O resto é conversa da treta…


Curto e grosso: será que o Passos Coelho não se  está  a cagar para o Estado social e aquela conversa do outro dia tinha destinatários?..
É que “o ministro Adjunto, Miguel Relvas, de 51 anos, já está reformado.” E a  subvenção vitalícia de Relvas é de 2800 euros por mês.
Mas há mais…
Há outros, com 50 e poucos anos igualmente com reforma vitalícia: Dias Loureiro, Armando Vara, António Vitorino, Zita Seabra, Macário Correia, Marques Mendes, etc., etc., etc.,...

Estereograma


para ler,
clicar na imagem
Há 15 anos, conheci um fulano, que se tornou meu Amigo, cujo relacionamento  com as mulheres era parecido com o que tinha com os estereogramas...
Bem podiam  dizer-lhe que, se focasse um ponto no infinito, conseguiria ver o que verdadeiramente lá estava, que o gajo,  por mais que tentasse, não conseguia... 
Apenas olhava à superfície...
Passados 15 anos, este meu amigo, continua sem focar o tal ponto no infinito e, por conseguinte, continua sem perceber nada...
Mas,  gosta muito do que vê... 
E isso basta-lhe...

Em tempo...
Nas autárquicas de 2013, os figueirenses vão ter a oportunidade de repetir o que fizeram  há 15 anos
É para o lado que me viro melhor.

E assim vai Portugal, uns vão bem, outros vão mal…

E assim vai “a consciência tranquila” das “correias de transmissão dos grandes interesses privados.”

Não percebe o quê Miguel?..

Com tudo a correr bem, já devo ter vivido 2/3 da minha vida.
Nesta já minha longa existência, cruzei-me com pessoas que considero esforçadas, dedicadas, trabalhadoras, mas que, por uma ou outra razão, seja ela do foro intelectual, seja do foro emocional, seja pelo percurso de vida, considero não terem capacidade natural para realizar determinadas tarefas políticas – por exemplo,  conduzir os destinos de uma freguesia, de um concelho ou de um País.
Miguel Almeida é uma dessas pessoas. Na minha modesta opinião, o facto de ter vivido na sombra de Santana Lopes nos últimos 15 anos, influenciaram-no e moldaram-no decisivamente.
Naquilo que muitos, porventura, verão virtude, eu vejo incapacidade política.
A força das  emoções e o resultado do primado do emocional sobre o racional nas primeiras decisões  sobre um assunto, tem um nome  - precipitação.
Essa, é a principal razão que me leva a considerar Miguel Almeida  inapto para o exercício do cargo de presidente da câmara da Figueira da Foz (eu também acho que o sou... e olhem que me  tenho em muito boa conta, como já devem ter percebido…) .
Não duvido que Miguel Almeida seja trabalhador, ambicioso, esforçado, dedicado e que tenha uma enorme vontade de ser presidente da câmara da Figueira da Foz  e de tudo tentar fazer para levar a cidade aos maiores sucessos. Não  é nada de pessoal.  Apenas sou de opinião que ele não tem capacidade para tal.
Ainda a procissão não saiu do adro e, à boa maneira santanista,  já descambou no popularucho e  na demagogia…
Leiam  a seguinte citação do "voto de repúdio",  transformado em "voto de profunda indignação",  pelo encerramento do  jornal  O Figueirense:  com esta administração o jornal foi "transformado em newsletter do Casino e também do Ginásio".  "Tem a história que sabemos,  uma equipa de grande capacidade e entrega, não percebo a estratégia".
Claro que o encerramento não faz sentido...Não percebe o quê Miguel Almeida?..
Por detrás disto,  há uma estratégia que muitos na Figueira  já perceberam  - e o Miguel, por razões particulares, melhor do que ninguém...
Os figueirenses é que terão a última palavra, mas nem quero ousar imaginar o que aconteceria à Figueira na hipótese de ter quatro  anos  Miguel Almeida como presidente...