.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Um Clube com sorte


Em três épocas, escapa duas vezes da descida à liga de honra na secretaria.
Mas, continua a ser um clube simpático...
Eu simpatizo com "Os Belenenses".

São Pedro

foto de Pedro Cruz
Segundo a Bíblia, seu nome original não era Pedro, mas Simão.

Está na hora de falar da politica de implantação de equipamentos desportivos em São Pedro

Agora que a data das autárquicas já está definida e partindo do pressuposto, a exemplo do que aconteceu em 2005, que o PS e o PSD já têm candidato à Junta de Freguesia desta novel vila de São Pedro, e para não acontecer o mesmo que no mandato prestes a findar, seria de exigir que, desta vez, PS e PSD explicassem as razões dos respectivos apoios ao candidato independente”.
O que os move, quais os objectivos, que compromissos assumem com os eleitores e com o candidato que apoiam. Só então os poderemos levar a sério.

Dizer que o candidato, veste a camisola da terra, vai continuar o trabalho feito, implantar uma piscina, um campo de futebol com relvado sintético, continuar o estudo e projecto de um pavilhão polidesportivo, é “conversa da treta”.

Conversa séria, era esclarecer, se ganharem a Câmara da Figueira, com que dinheiros apoiariam a Junta de Freguesia de São Pedro, para concretizar o seu programa eleitoral, no que diz respeito a infra-estruturas desportivas.
Com o orçamento da Junta é impensável...
Será que só sobram os malabarismos que estavam previstos ser utilizados se o PU e o PDM tivessem sido alterados, com a consequente urbanização das frentes de mar da freguesia de São Pedro?..

X&Q794


Festa de S.Pedro 2009

2º- Dia de Festa
ANIMAT
BAGUNÇO NO BOTECO

segunda-feira, 29 de junho de 2009

O peso da blogosfera na Figueira

Na Figueira, que eu conheça, existem dezenas de blogues. Alguns de muito nível, diga-se, em abono da verdade.
Esses blogues são “clicados”, todos os dias, por milhares de figueirenses.
Esta, é uma realidade que todos os candidatos à autarquia figueirense deveriam ter em conta.
Quer queira, quer não, nenhum candidato minimamente inteligente pode, nos dias de hoje, ignorar esta realidade.
O peso da opinião da blogosfera figueirense, assinada e responsável, tem peso na opinião pública.
Candidato figueirense que queira a participação dos cidadãos, não pode excluir a blogosfera local…
Simplesmente, por uma questão de humildade democrática…
Será que algum candidato já pensou num encontro de blogues locais, para discutir a Figueira?...

Em nome da Amizade

Oh Fernando, isso, de todo, não se faz!...
“O selo deste prémio foi criado a pensar nos blogs que demonstram talento, seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia ou em qualquer outra área e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos seus leitores." O que não será bem o caso do Outra Margem.
De qualquer forma, embora saiba que, acima de tudo, esteve a Amizade, sinceramente, obrigado.
Bom, e agora como segundo as regras, é suposto eu atribuir este selo a outros sete blogues, aí vai. Optei por blogues figueirenses. Uns, pelo que já são, outros pelo que ainda poderão ser, quando a Figueira for, realmente, uma Terra de Liberdade:

aF55




Já perdemos muito tempo...

Já vai sendo conhecida alguma da estratégia argumentativa dos partidos e independentes, para as eleições autárquicas que se aproximam a passos largos.
Oxalá, passe pelo debate, discussão de ideias e pelo encontrar de soluções para os verdadeiros problemas do concelho da Figueira da Foz, muito especialmente dos seus habitantes.
Para “peixeirada” basta o actual mandato dos vereadores da actual maioria: passaram quatro preciosos anos entretidos com questiúnculas pessoais ou de grupo, em vez de debaterem os problemas colectivos dos figueirenses para tentar encontrar as soluções que se esperavam e se impunham.
Esquecer isto em 11 de Outubro próximo, é cometer um erro irreparável, que nos pode custar mais quatro anos de estagnação.

Festa de S.Pedro 2009

1º - Dia de festa(Festa cancelada devido à chuva)
2º - Dia de festa
Fogueira de S.Pedro
Mariana
Grupo musical: VIRUS

domingo, 28 de junho de 2009

Ecos da memorável final de Soure….

foto de Pedro Cruz
Bruno Fonseca, treinador da Académica, a equipa que disputou com o Grupo Desportivo Cova-Gala a memorável final do campeonato distrital da I divisão, época 2008/2009, “uma final empolgante, intensa e dramática”, jogo que foi a prolongamento e foi decidido nos pontapés de grande penalidade, em entrevista publicada, sábado, que pode ser lida na integra, clicando aqui, diz a dado passo: “acho que, pelo espectáculo proporcionado, pela entrega das duas equipas, pelo ambiente espectacular nas bancadas (aproveito para cumprimentar e saudar a simpatia e a correcção das gentes da Cova-Gala), qualquer resultado no tempo regulamentar que não o empate, seria muito injusto para qualquer uma das equipas.”
São momentos destes, que podem salvar o futebol português, tão mal tratado ultimamente, como aconteceu no dia em que foi publicada esta entrevista de Bruno Fonseca, no jogo que decidia o título de campeão de juniores, entre o Sporting e o Benfica, onde todos aqueles que gostam de futebol foram derrotados.
Parabéns Cova-Gala, pela lição dada no passado dia 14 de Junho, em Soure.

Assim, não vai ser fácil senhor engenheiro!...



A presidente do PSD, dra. Manuela Ferreira Leite, pediu ontem aos candidatos autárquicos do partido, para que “não façam promessas que não podem cumprir. Falem só a verdade às populações”…
Advinha-se vida difícil para o candidato do PSD, na Figueira...
Assim, com todas estas exigências, como é que o eng. Duarte Silva vai conseguir fazer campanha?....

Isto, é gente do futebol?...

Ver vídeo, aqui.

Democracia e liberdade de opinião…

Foto de João Pita
“Com uma população de brandos costumes, alegre e hospitaleira, com uma gastronomia típica e variada, de ricos sabores,” como seria feliz quem manda na Freguesia de São Pedro, se na novel vila só existisse este site!...
Infelizmente, porém, tanto Portugal como a novel vila de São Pedro continuam com atraso, “em relação aos países europeus mais avançados nesta matéria, como a Rússia, onde tais incómodos são despachados com a definitiva simplicidade de algumas gramas de chumbo.”
Aqui, por enquanto, “ainda tudo é muito complicado.”

X&Q693


“Isto não é política”!...


Está no JN: “Seco Magalhães, presidente de Junta da freguesia urbana de Maximinos, Braga, vai distribuir electrodomésticos pelos agregados familiares mais carenciados”.
Segundo, Seco Magalhães, a 3 meses das autárquicas, "isto não é política.”
Recorde-se, que “este autarca "saltou" para a ribalta mediática quando, há quatro anos, ofereceu, em acção de campanha, chouriços com o apelo ao voto”!...
Tem razão o Seco Magalhães: isto, definitivamente, não é política...

sábado, 27 de junho de 2009

Que paz e sossego!..

"Presidente, marcou as eleições legislativas para 27 de Setembro".
Todos os partidos ficaram satisfeitos com a decisão do Presidente da República, à excepção do PSD, que também não se importou lá muito...
Conforme o previsto, Cavaco Silva foi previsível e igual a si próprio: tomou a decisão mais fácil e mais cómoda.
Porquê separar as duas eleições?...
Se elas fossem simultâneas, quem quisesse votar nas legislativas iria votar, quer pretendesse votar nas autárquicas ou não.
Com os boletins de voto das autárquicas na mão, poderia preenchê-los e votar também nestas eleições, e vice-versa.
E não me venham dizer que isso era confuso… Recuso-me a acreditar que as pessoas, depois destes anos todos de Democracia, não sabem o que fazem quando vão votar…
Penso que a favor da simultaneidade dos actos eleitorais existiam dois argumentos válidos: haveria redução da abstenção e redução de custos.
Há aqui uma questão de fundo que pesou na decisão de Cavaco Silva: a verdadeira Democracia não serviria para satisfazer apenas a vontade dos partidos, mas para satisfazer também a vontade dos cidadãos.

X&Q692


A Controlinvest e a Ongoing também servem…

Cá pelo Outra Margem, somos duros: já escrevemos milhares de posts, tirámos milhares de fotografias, fizemos alguns vídeos, publicámos centenas de cartoons, inserimos fotomontagens.

Somos a sombra negra do poder… Não brincamos em serviço, chegamos a ser demolidores, quiçá, injustos, malvados, filhos disto e daquilo, cabrões… E não é só à sexta. É todos os dias… Tem dias, que é até várias vezes ao dia... Ameaças, sempre tivemos… Mas, não haverá por aí, uma qualquer PT que nos queira silenciar?... Desde já, porém, avisamos que não estamos em saldo.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

racing figueira

Para a proxima, queres fiado?... Toma!...

Queres fiado, toma!...


A propaganda vai intensificar-se...

X&Q691




Magalhães de bicicleta

Foto:Pedro Cruz

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Marchas São João 2009

Foto sacada daqui
Mas, que "ganda barracada" da organização (FGT)!...

Como é que a Figueira chegou a isto?..

Foto sacada daqui


Este mandato autárquico que, felizmente, tem apenas mais 3 a 4 meses de vida, conduziu a Figueira ao estado pré-comatoso que quase todos conhecemos.
Como foi possível a Figueira chegar ao que chegou?..
Os responsáveis são conhecidos. Infelizmente, porém, estou em crer, que nem perante o desastre que pode ser visto à vista desarmada, os figueirenses aprenderam a lição. Não me admira nada, por conseguinte, que os figueirenses , no meio desta comédia em que já está transformado o próximo acto autárquico local, voltem a escolher o eng. Duarte Silva!..
Não acham que já é tempo de dar espaço à inteligência: não há voto mais útil que o voto inteligente e livre.

X&Q690




quarta-feira, 24 de junho de 2009

Vila de São Pedro

No passado domingo, como disse aqui, tive oportunidade de contactar com “a mais divertida e tolinha prosa que li nos últimos anos…”
Como o assunto tem a ver com a Terra, não vou deixá-lo só para mim. Sou egoísta, mas não tanto.

Vivo numa Terra onde os interesses parecem sempre individuais, de grupo ou paroquianos.
Nunca colectivos.
Por vezes, pergunto-me: como seria esta Terra se saíssemos do nosso microcosmos e funcionássemos em colectivo?...
As coisas, todavia, são como são, embora, haja quem pretenda que as coisas são como não são. A originalidade, como facilmente constata qualquer burro, nem todos podem. E, alguns, não podem mesmo.
Já quanto a imitar, qualquer um imita…

Depois de no passado dia 13 do corrente, o presidente da junta de freguesia de São Pedro, em declarações que prestou ao jornal As Beiras, ter proferido palavras (estas: “condeno esse habitante, que não é digno de habitar aqui!”…) que, certamente, ficarão gravadas, a ouro, no seu curriculum pessoal de autarca modelo e insigne democrata, referindo-se a um membro da assembleia de freguesia, foi agora a vez de um membro do mesmo executivo – o secretário – ter vindo a terreiro, através de O Figueirense (dia 19 de Junho, página 4), sobre o caso, ainda não esclarecido, da “Vila de São Pedro”.
A seguir à entrada, um arrazoado, completamente infeliz, inócuo e destrambelhado, dirigido a uma respeitada figura da política figueirense, com quem eu nunca me lembro de ter trocado, sequer, uma palavra pessoalmente, mas a quem reconheço ser um Democrata de sempre – isto é, desde antes de Abril de 1974, não sei porque carga de água, a dado passo, numa local intitulada “A VILA DA FIGUEIRA DA FOZ”, vira-se para o meu lado e dispara. Vamos ao essencial – apenas no que a mim diz respeito: “falta de legitimidade é quando somos eleitos pela nossa população e durante um mandato, que está a chegar ao fim, não discordamos de nada e refugiamo-nos num blogue…..”
(Podia é ter dito, por ser verdade, num blogue com caras, com assinaturas, com marca, e não um blogue caluniador e anónimo…
Focar, num blogue responsável, os problemas da Terra onde se nasceu e se vive, é a normalidade, numa democracia moderna.
Não focar, num blogue responsável, os problemas da Terra onde se nasceu e se vive, seria a anormalidade, numa democracia moderna.
Numa sociedade democrática e livre, é normal os políticos serem analisados e criticados.
Numa sociedade democrática e livre, é anormal os políticos não serem analisados nem criticados…)

Bom, mas recuperando o fio à meada, eu nem precisava de perder mais tempo. Ele próprio, logo a seguir, contradiz-se: “este cidadão, eleito para a assembleia de freguesia para defender os interesses da comunidade, foi o único que não votou favoravelmente a elevação da freguesia de São Pedro a Vila…”.
Estão a ver a contradição: “falta de legitimidade é quando somos eleitos pela nossa população e durante um mandato, que está a chegar ao fim, não discordamos de nada e refugiamo-nos num blogue…..”.
E, logo a seguir, o incómodo: “foi o único que não votou favoravelmente a elevação da freguesia de São Pedro a Vila…”.
Já agora, se me permitem, recordo que existem questões técnicas, ainda por esclarecer, sobre o PROJECTO DE LEI N.º 535/X – ELEVAÇÃO DE SÃO PEDRO À CATEGORIA DE VILA DA INICIATIVA DO PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA aprovado, por unanimidade, na Assembleia da República : São Pedro, não tem existência física é, tão somente, uma denominação administrativa – freguesia de São Pedro, que engloba Cova, Gala, Cabedelo e Morraceira. Até prova em contrário, o que sobe a Vila é um povoado, uma aldeia.
Portanto, até porque, reconhecidamente, essas questões técnicas continuam por resolver (e mesmo que assim não fosse), a posição, a todos os títulos legítima, que tomei, não constitui, que eu saiba, nenhum crime merecedor de qualquer tipo de condenação por parte do executivo da Junta. Era o que faltava, ver o meu direito a votar num órgão para que fui eleito democraticamente – a assembleia de freguesia – condicionado por ingerência de elementos de outro órgão!…
Será que, em São Pedro, só se pode fazer a oposição que o poder “autoriza”, consente ou deseja?..

Não ando aqui para ser simpático, nem faço nada para merecer essa sensação, daqueles que eu considero que colocam as questões individuais em primeiro plano.
Como ninguém é neutral, eu também não o tenho de ser - nem sou.
Continuo ao lado daqueles que são meus pares: as vítimas, os indefesos, os manipulados.
Para sempre ter sido apenas isto, nunca precisei de caluniar ou insultar alguém. Tem-me bastado continuar a ser eu próprio. Que é, apenas, o que pretendo continuar a ser.

aF54


terça-feira, 23 de junho de 2009

Tempo de Verão...


Então, porque é que não começa a silly season?...

Logo, é noite de São João...

Foto de Pedro Cruz
Alho verdadeiramente funcional, temos o porro em noite de São João.

O homem e o seu próprio ego

Se, um homem, não consegue “fintar” o seu próprio ego, normalmente odioso, não é capaz de evitar os instintos que os humanos partilham com os animais.

Tal, em casos extremos, pode ser perigoso. Pode conduzi-lo à morte do humano, que poderia haver nele, e levá-lo a pensar que é um deus, porventura, mesmo, uma divindade…

Todavia, tal como todos nós, por enquanto, limita-se, apenas, a ser mais um habitante do mundo…

X&Q689

segunda-feira, 22 de junho de 2009

“Acreditar de novo”? Ok. Mas, em quê?.. E em quem?..

Foto sacada daqui
Passando pelo confraria das bifanas, fiquei a saber que “João Ataíde, candidato do PS à Câmara da Figueira da Foz, às eleições autárquicas de Outubro antecipou-se ao adversário do PSD, Duarte Silva, e já colocou o primeiro cartaz de campanha no concelho.”
O Paulo Dâmaso “gosta do lema e, em especial, da frase dentro do coração: "acreditar de novo".”
Nada contra o lema, nada também contra o coração.... Todavia, a frase – “acreditar de novo” – é que me tem de ser bem explicada!..
Pelo menos - e muito concretamente, exijo saber em quê e em quem...

Um momento de ficção… *

O barco, à deriva, ameaça afundar-se a qualquer momento. Os rombos no casco, nos últimos tempos, têm sido imensos!... As grandes obras (leia-se, o cimento em barda…), ficaram adiadas… A partir daí, tudo se desmoronou...

O admirado líder, ainda há poucos dias, temível animal feroz, de feitio irascível, por vezes, colérico mesmo, no dizer de uns, faz, agora, o que sempre fez: lambe botas, de preferência que rondem a sombra do poder. De qualquer poder. Laranja, rosa, é indiferente!.. Qualquer um serve…

De repente, isto é, de um momento para o outro, como por milagre, talvez do São Pedro, transformou-se num servidor, humilde, atento e obrigado. Daqui para a frente, pelo menos até Outubro próximo futuro, é muito capaz de passar a ser conhecido pelo “fala-baixinho”, na esperança de ainda conseguir enganar - e mais uma vez - a "CARNEIRADA"!...

Em democracia a forma e o estilo são importantes, contam. Mas não são o suficiente para aguentar, por muito tempo, ou para deitar abaixo, rapidamente, um poder. Quem faz isso são as políticas que se escolhem e tentam aplicar. Por vezes – e tantas vezes isso tem acontecido – a mais-valia do poder, o chamado insubstituível - transforma-se, de um momento para o outro, num dos seus principais problemas.

Como se diz na bola, passa de “bestial a besta”….

* Qualquer semelhança, com qualquer realidade, local ou nacional, é pura coincidência.

X&Q688


Nesta novel vila de São Pedro, idem, idem, aspas, aspas...

Segundo o blogue Lugar para Todos, "na Figueira, neste primeiro dia de Verão, esteve muita gente, animando já as praias (principalmente a de Buarcos), restaurantes e cafés.Houve um tempo excelente, até talvez com calor a mais. Os parques de estacionamento e as ruas cheias de automóveis, e também os espaços relvados e jardins foram procurados por muitos em busca de frescura. Só que, na verdade, ao fim da tarde foi a debandada geral, de regresso às suas casas. Mas este dia foi apenas o começo do Verão…Tenhamos esperança de que venha a haver quem esteja na Figueira não só umas horas mas com uma maior permanência."
Cá por esta margem esquerda, nesta novel vila de São Pedro, idem, idem, aspas, aspas....
Tenhamos, também esperança!...

domingo, 21 de junho de 2009

A mais divertida e tolinha prosa que li nos últimos anos....

... foi aqui n´ da semana que passou...
Juro…
Aconteceu esta tarde ... O que eu me diverti ...
Desculpem lá o meu egoísmo, mas esta, pelo menos por enquanto, fica só para mim…

Verdade, verdadinha…

Foto de Pedro Cruz
Cá na casa, gostamos de receber visitas...

aF52


Bom domingo

Foto de Pedro Cruz

Os anos ensinam muitas coisas que os dias desconhecem.

Cova-Gala já tem direcção

Realizou-se ontem, pelas 15horas e 30 minutos, na sede do Grupo Desportivo Cova-Gala, na presença de 21 sócios, a Assembleia-Geral Extraordinária convocada pela Comissão Directiva, tendo a seguinte ordem de trabalhos:


1.Eleição de Novos Corpos Gerentes para o biénio 2009/2011.
2. Tratar de Quaisquer Outros Assuntos de Interesse para a Colectividade.


Depois de lida a última acta (nº63) abstiveram-se duas pessoas, Carlos Simão e Nelson Gafanhão alegando a sua abstenção devido ao facto de não estarem presentes no dia 13 de Junho, data da última Assembleia.
Relativamente á eleição dos novos corpos gerentes Fábio Silva recandidatou-se. Tó Samuel destacou a determinação e empenho do presidente do Grupo Desportivo Cova-Gala “ O Fábio andou a semana toda a trabalhar para a nova direcção só assim é possível hoje apresentar esta lista.”
Fábio Silva deixou claro que foi difícil constituir esta nova direcção, contudo, está satisfeito com o resultado “ foi bastante difícil encontrar esta nova direcção, mas arranjou-se pessoas de trabalho e responsáveis, é o que se quer. Só nomes não interessa…”.
Fábio Silva não deixou de parte a possibilidade de ainda surgir algumas alterações na direcção “ ainda pode haver algumas alterações, ou seja, contactei algumas pessoas e pediram-me algum tempo para pensar.”
A nova direcção é constituída por: Presidente - Fábio Silva, Vice-presidente - António Samuel, 1º secretário – Paula Lima, 2º secretário – Rossana Gomes, Tesoureiro - Lurdes Pereira e os vogais, João São Marcos, José Pereira, Nelson Gafanhão, Luís Mano, Milton Gomes, José Pimentel, José Conceição, João Gil e Marina Almeida. A Assembleia Geral é constituída por: Presidente – Luís Pedro, Vice-presidente – João Gomes, secretário - Rute Silva, Vogal – Bruna Espada e Fábio Reis. O conselho Fiscal é presidido por João Camarão, o vice-presidente é o Rui Camarão, e o relator a Daniela Soares.
Outros elementos que irão ajudar o Grupo Desportivo Cova-Gala são o Sr. Pedro Menezes e o José Vidal “ O Sr. Pedro não quis fazer parte da direcção, no entanto, mostrou-se disponível para ajudar esta colectividade, tal como o Vidal.”
Fábio Silva, promete trabalho “ a promessa que faço é que iremos trabalhar, isto é, fazer melhor do que foi feito nestes dois últimos anos, e claro tenho a certeza que vamos ganhar…”
A direcção foi aprovada por unanimidade.
O presidente da Junta de Freguesia Carlos Simão proferiu algumas palavras de apoio e incentivo á nova direcção “ O Cova-Gala tem tido grandes sucessos ao longo do tempo, sendo a sua maior vitória o trabalho contínuo que tem vindo a fazer. O Fábio surpreendeu-me pela positiva, é preciso coragem para assumir as coisas, e ele tem. Os manos Camarão são mais um excelente exemplo de pessoas que se dedicam ao clube. Ao contrário das outras colectividades aqui faz-se algo bom. Aqui é diferente, ou seja, requer-se esforço, dedicação, amor e carinho”
Carlos Simão mostrou-se disponível para dar “uma nova imagem” ao Grupo Desportivo Cova-Gala “ Era muito mau se o Cova-Gala acabasse, a autarquia está ao dispor da colectividade. A nossa função não é estar dentro das colectividades, mas sim apoiá-la. A Junta quer que o Cova-Gala tenha melhores condições, ou seja, uma nova imagem. Contudo planos de fundo é complicado, e não competem só de nós. A questão do campo de relva sintética é um assunto que esta em cima da mesa.”
Rui Camarão, técnico da equipa sénior felicitou a nova direcção. No entanto, mostrou-se consciente das condições que o Cova-Gala tem na prática para elaborar o seu trabalho “ Quero felicitar a nova direcção. A qualidade do trabalho da direcção tem reflexo nos resultados desportivos. O trabalho desta colectividade é incomparável com qualquer outra desta terra. Não aceito, e revolta-me que o Cova-Gala tenha piores condições do que outros clubes, se evoluímos temos de acompanhar essa evolução a todos os níveis. Com estas condições de trabalho julgo ser inédito um clube fazer o que o Cova-Gala faz…”

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A bandeira azul, na praia da Cova-Gala, foi hasteada esta manhã


Começa hoje XII Festival Internacional de Tunas Académicas da Figueira da Foz


A Imperial Neptuna Académica – Tuna da Cidade da Figueira da Foz organiza o XII Festival Internacional de Tunas Académicas da Figueira da Foz (FITAFF), que irá decorrer nos dias 19, 20 e 21 de Junho de 2009, com as seguintes TUNAS PARTICIPANTES:


· Tuna Académica da Universidade de Évora
· Magna Tuna Cartola da Universidade de Aveiro
· Castra Leuca – Tuna Masculina do Instituto Politécnico de Castelo
Branco
· Tuna Masculina da Universidade Fernando Pessoa - Porto
Apresentação: JOGRALHOS DA UNIVERSIDADE DO MINHO
Participação Especial: TUNA BRUNA – Tuna da Universidade
Internacional da Figueira da Foz

Cova-Gala, à procura de resolver problema directivo...


ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


A Comissão Directiva do Grupo Desportivo Cova-Gala, convoca uma Assembleia Geral Extraordinária para o dia 20 de Junho (Sábado) pelas 15 horas na sede do Grupo, com a seguinte Ordem de Trabalhos:

1. Eleição de Novos Corpos Gerentes para o o biénio 2009/2011.

2. Tratar de Quaisquer Outros Assuntos de Interesse para a Colectividade.


Cova-Gala, 9 de Junho de 2009

A COMISSÃO DIRECTIVA