segunda-feira, 18 de junho de 2018

À atenção de quem de direito... (queixem-se de tudo, menos da falta de amigos)

"Mundo Cão" ...

This is the face of a two-year-old girl screaming as her loving mother is being handcuffed and taken from her for trying to protect her and take her away from violence and poverty and despair and give her a better life—in short, for being a good mother. This is happening in the U.S. right now and is affecting hundreds of small children who are being taken to detention centers. This evil must stop!

Nota de rodapé.
Que me lembre, passaram há anos nas salas de cinema, dois filmes com o nome de "Mundo Cão"
Eram situações surreais, caricatas e nojentas que mereceram a atenção  do público amante de cinema. 
Hoje, perante a realidade, seriam trivialidades.

domingo, 17 de junho de 2018

ÚLTIMA HORA: PUBLICIDADE INSTITUCIONAL

PARA VER MELHOR, CLICAR NA IMAGEM
"!!!Atenção!!! 
Hoje a Feira de Freguesias não se irá realizar. 
«As condições metrológicas» levaram a organização a cancelar todas as atividades incluindo a restauração."

Em directo da Feira das Freguesias...

A foto, desta tarde, diz tudo...
O palco  também já está a ser desmontado...
"Foi claramente um bom investimento", afirmou o Senhor Presidente da Câmara, depois da sua deslocação aos Estados Unidos da América, onde esteve em contacto com a comunidade figueirense...
E que tal se, ao menos, fizessem as coisas com segurança...
ACTUALIZAÇÃO:




Etar de S. Pedro: o cheiro a merda não se aguenta...

"Será que nós somos obrigados a levar todos os dias com este cheiro de merda. Parece que ninguém se preocupa com o que se está a passar aqui e toda a gente fica calada."

Via Fernando Bertier, no facebook.

Nota de rodapé.
MEU CARO FERNANDO, É SÓ PARA LEMBRAR QUE HÁ QUEM ANDE A PROTESTAR DESDE 2006!.. 
E NUNCA SE CALOU AO LONGO DOS ANOS... 
Portanto: 
Senhores responsáveis, olhem que ambiente
é tudo o que nos rodeia.
É o Sol , é uma ideia.
É a chuva, é o rio.
É o vento a soprar. São as praias à  beira mar.
São os cheiros no ar!..
Em S. Pedro, junto à Ponte dos Arcos,
quem por lá anda,
nota o perfume da ETAR:
cheira a merda que tresanda!.. Estamos fartos.

O segredo de um político de sucesso na Figueira...

Ter uma máquina de agitação e propaganda a pensar, a escrever e a funcionar, contribui para moldar e mudar a realidade.

Vejamos um exemplo, sacado daqui.

Presidente da Câmara esteve na Feira das Freguesias: «As pessoas estão satisfeitas com o novo modelo»

«É reconfortante saber que as pessoas estão satisfeitas e que se revêem neste conceito que veio uniformizar a imagem, dar mais charme e permitir às freguesias estarem, novamente, todas ao mesmo tempo neste evento popular. Foi claramente um bom investimento o que aqui fizemos, porque as pessoas estão a aproveitar e a desfrutar», disse o autarca no final da visita.

Escrever, não regista apenas o que pensamos.

Escrever,  contribui para ajudar a pensar, o que pode alterar o nosso comportamento no futuro... 

E custava tão pouco que os poderes públicos andassem mais atentos a estes pormenores...

"Comprei um carro elétrico usado, de 2012, aqui na Figueira. Custou tanto como um veículo usado da sua classe e do seu ano. O objetivo do investimento é poupar. E isto acontece de várias maneiras: menos despesa com gasolina, redução da manutenção (não precisa de óleo de motor nem de bomba de água,…etc.). Gasta pneus e travões basicamente. E ganhamos todos com a mobilidade elétrica por via da redução efetiva das emissões poluentes.
O desafio maior é a autonomia, limitada a cerca de 90 km. Mas, como a 90% das deslocações são dentro do concelho o veículo facilmente serve para o fim que se destina. Em viagens mais longas a solução é o carregamento rápido num dos postos aí existentes, em menos de 30 minutos 80% da bateria é reposta. O carregamento em casa demora em 6 horas até 100% da carga.
No mapa dos postos de carregamento (https://www.electromaps.com) a Figueira aparece com dois locais onde será possível carregar baterias. Contudo, nenhum é oficial nem os “donos os reconhecem”, tanto o CAE como o FozPlaza Shopping ainda não prestam este serviço de forma oficial. O que é pena porque já há muitos visitantes “elétricos” que precisam de carregar (rapidamente) o carro quando nos visitam. O investimento é relativamente baixo e compensa.
Na Figueira somos poucos os que arriscaram investir em carros elétricos. Pedimos um posto público de carregamento rápido, para nós, e que sirva quem nos visita. Se todos os concelhos tiverem um posto, mais gente “arriscará” a “mobilidade elétrica”."

Eletromobilidade, uma crónica de João Vaz. Via AS BEIRAS.

sábado, 16 de junho de 2018

POBRES DOS POBRES

"Os pobres são gente muito útil, motivam grandes ações de caridade nas saídas dos supers, alimentam muitos provedores de santas iniciativas, enchem os comícios, animam os jantares de lombo assado. Os políticos disputam a sua liderança e não faltam os que se sentem os seus legítimos representantes. Há toda uma indústria social e política especializada a cuidar dos pobres com mais cuidado do que se fossem linces da Serra da Malcata.

Mas ontem saíu um relatório da OCDE sobre a pobreza, mas da esquerda à direita, dos sindicatos às organizações de boas almas, não se ouviu um único comentário, a mais pequena manifestação de preocupação. O tema do dia até era a educação e esta está no centro da pobreza, mas mesmo assim ninguém comentou.

Sejamos honestos, os partidos políticos são organizações de ricos e de menos ricos porque quem é pobre tem de trabalhar todas as horas disponíveis para compensar os seus “chorudos” salários mínimos. Os pobres são bandeira e valem tanto para a classe política como as setas da bandeira do PSD. Deles desde a Catarina Martins à Cristas apenas querem os seus votos.

É com alguma raiva e com vergonha que constato esta realidade e faço este comentário. Esperemos que nas próximas eleições deixem os pobres descansados."

Daqui

Relatório e Contas. Resumo da máquina de agitação e propaganda...

Figueira da Foz: Câmara suspende aplicação do Plano de Saneamento Financeiro
Via AS BEIRAS:
"Os bons resultados da gestão da autarquia permitem ao executivo camarário de João Ataíde suspender a aplicação do Plano de Saneamento Financeiro (PSF), medida que a maioria socialista vai submeter à votação da vereação, na segunda-feira, e na próxima sessão da Assembleia Municipal.
Aquela decisão, contudo, não significa que o município vá entrar em incumprimento, já que continuará a pagar o serviço da dívida, de 5,1 milhões de euros por ano.
Assim sendo, afinal, o que é que justifica suspender o PSF? A resposta compartimenta-se em duas partes, segundo explicou fonte da autarquia ao DIÁRIO AS BEIRAS.
Sintetizando, no plano técnico, dispensa o executivo camarário de elaborar o minucioso e trabalhoso relatório semestral e de apresentar informação detalhada ao Tribunal de Contas.
Por outro lado, pende a vertente política que sustenta a medida, já que a mesma só pode ser aplicada devido aos bons resultados financeiros. Por outras palavras, o município tem um nível de endividamento abaixo daquele que é exigido para se manter sob a alçada do PSF."

Nota de rodapé.
Vou aguardar que sejam tornadas públicas as contas da autarquia figueirense do ano de 2017.

No país do "saltómetro"...

“Excitação com a Selecção e o mutismo sobre o Sporting são retrato de uma classe política oportunista e cobarde”.
- João Pereira Coutinho

... a esclarecer é que a gente se entende...

"Sabias que os funcionários do Município da Figueira da Foz e suas familias só pagam metade do valor pago pelos restantes Figueirenses na Piscina-Mar? 
Provavelmente não!
Então percebe a diferença de preços que estamos a falar..."




Via JSD/FIGUEIRA DA FOZ

A liberdade é difícil...

Por que é que a vida tem de ser tão moralista?
Por que é que na vida temos de suportar tanta gente desinteressante e enjoativa? 
Por que é que existe tanta coisa chata (e tanto chato!..), quando a vida de todos nós, é apenas isso: só uma vida, que passa e não volta.
Por que é que temos que estar sempre a provar uns aos outros que existimos?
Em vida, quantas vezes temos de morrer até nos deixarem em paz para descansar?
É hoje que chegará finalmente a primavera + verão?
Se vierem, ao menos que durem uma semana...

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Eis um belo exemplo!...


"As festas municipais na Figueira da Foz continuam a utilizar copos de plásticos descartáveis. A sensibilização e a educação ambiental devem começar por aqui. E há tantas alternativas ao plástico descartável..." 

Via João Vaz

Para além do Sporting...

Fotografia: Paulo Sprangler/Global Imagens@Jornal de Notícias
Em 2014, Duarte Lima foi condenado a 10 anos de prisão, por crimes de burla e de branqueamento de capitais, relacionados com o BPN. Desde então, entre simpáticas prisões domiciliárias, onde pôde alegremente desfrutar dos frutos dos seus crimes, e sucessivos recursos, Duarte Lima continua, na prática, livre como um passarinho. E não é o único ladrão do bloco central nestas condições.
Portugal é um paraíso para criminosos de colarinho branco. Não admira que os vistos gold tenham feito tanto sucesso entre oligarcas chineses e russos, entre outros mafiosos.

O ESTADO DA FIGUEIRA NÃO É UM GOLPE DE AZAR...

"A Escola João de Barros (2.º e 3.º ciclos do ensino básico) bateu ontem o recorde mundial da Maior Impressão Digital Humana, com uma participação que superou largamente a anterior marca (313 pessoas), ao registar 604 participantes. Se o evento reunir os demais requisitos, passará a fazer parte do Livro dos Recordes.

Os participantes (alunos, professores, funcionários e encarregados de educação do Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz, cuja sede se encontra na Escola João de Barros) tiveram de permanecer no mesmo recinto durante cinco minutos, enquanto um drone captava imagens do evento.

Foi o Clube de Empreendedorismo do agrupamento que propôs aquela actividade, enquadrada nas comemorações do 50.º aniversário da Escola João de Barros, e contou com o apoio da Câmara da Figueira da Foz e do Turismo Centro de Portugal."

Via AS BEIRAS

Geminações

Dois calceteiros e 15 toneladas de pedra fazem "Praça de Cascais" na Califórnia

Via TSF