.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Mercado Municipal da Figueira da Foz (II)

Foto sacada daqui
Segundo fonte dos concessionários do Mercado Municipal da Figueira da Foz, contactada por este blogue, “a reunião entre a referida comissão de concessionários do Mercado Eng. Silva e Lídio Lopes, o vereador com o pelouro dos mercados municipais figueirenses, realizada ontem, teve resultados positivos.” A saber:

“- Houve mudança de atitude do vereador Lídio Lopes, que se mostrou mais aberto e mais sensibilizado para os objectivos desta comissão.

- Foi reaberto o diálogo e espírito de colaboração conjunta no sentido do engrandecimento e vitalidade do espaço.

- Pela primeira vez no mandato de Lídio Lopes, vai haver licitação de bancas e lojas em Abril / Maio (data a definir), o que evita a desertificação e a ideia falsa de falecimento prematuro do espaço "sala de visitas da Figueira da Foz" -Mercado eng. Silva”.

- Ficou assente o reforço no cumprimento do Regulamento Municipal em todas as suas vertentes legais. Pelo menos ficou a expectativa que assim seja.

- Foi prometido melhor ordenamento e organização do espaço, privilegiando, cada vez mais, a higiene e sentido prático de utilização por concessionários e clientes.”

Relativamente às questões de permuta de bancas e tratamento igual dos concessionários, ficou estabelecido que iriam ser transparentes os pedidos que surgissem caso a caso, mas com um só padrão de critério: "igualdade de oportunidades para todos, sempre em consonância com o regulamento municipal."
Pode afirmar-se, portanto, que, por agora, a comissão saiu satisfeita com a postura mais sensível do vereador Lídio Lopes para o problema, pois no fundo o que aos concessionários interessa “é a defesa dos seus postos de trabalho”, por um lado. Por outro, “como figueirenses a defesa desta autêntica sala de visitas da Figueira da Foz.”
Apesar de nem tudo estar resolvido, deram-se passos importantes na concretização dos objectivos programados por esta comissão.
Depois desta reunião, "sem vencedores nem vencidos, pode vir a ganhar o Mercado eng. Silva, enquanto espaço de comércio tradicional."
Custódio Cruz e seus pares prometeram estar atentos ao desenrolar dos acontecimentos futuros em tudo o que diga respeito à defesa deste espaço comercial, continuando a tentar perceber as intenções de outras forças políticas locais para com esta matéria, estabelecendo contactos periódicos de esclarecimento se assim obviamente estas forças o entenderem.

Outra Margem, tal como já fez em 19 do corrente mês, vai continuar a estar atento a esta questão, pois para além dos concessionários do mercado eng. Silva, afecta também os consumidores, sejam do nosso concelho ou visitantes.

Grupo Desportivo Cova-Gala

Seniores: Cova-Gala/São Caetano
Resultado e fotos aqui.
Escolas: Cova-Gala/ Ala-Arriba
Resultado e fotos aqui.

Hoje é o dia de apoiar o Sporting

A seguir ao jogo com o Bayern de Munique, vieram as carpideiras defender que o Paulo Bento não é treinador à altura de um clube como o Sporting Clube de Portugal. Consideraram esse jogo, aliás, como a prova derradeira da total incapacidade do actual treinador do clube.
Poucos dias antes, porém, galvanizados pela vitória com o eterno rival, para quase todos eles, o Paulo Bento, se não era bestial, andava por lá perto...
É claro que o Paulo Bento há muito que perdeu a mão no balneário, com sucessivos casos com jogadores que nunca foram postos na ordem e que, mesmo assim, continuaram a jogar, ao passo que outros foram liminarmente afastados…
É claro que o Paulo bento, do ponto de vista táctico e técnico, não é um treinador perfeito…
Mas, o Sporting, neste momento, tem o técnico que pode para o plantel que tem.
Portanto, hoje, é dia de os sportinguistas se unirem para apoiar o Paulo Bento e o plantel que representa o Sporting.
Viva o Sporting!..

X&Q603


Uma perspectiva do parque de merendas

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

O Congresso do PS que arranca hoje em Espinho…


Uma eira com história na Cova-Gala

Foto de Pedro CruzEsta eira, diz muito à juventude da Cova-Gala do meu tempo.
Foi por aqui que começámos a conviver com estrangeiros, sobretudo de origem suiça, numa época em que abrir horizontes, para além da fronteira espanhola, era difícil e complicado. Foi por aqui que, muitos de nós, experimentou o gosto do chocolate, do pão barrado com queijo ou manteiga e do leite...
Esta eira faz parte da história da Cova-Gala. Mas, esta eira, também certamente dirá muito a um Homem que muito fez pelas pessoas da Cova-Gala, cujo percurso de vida - quase 50 anos de trabalho social realizado na Cova-Gala - fala por si próprio e muito melhor do nós.
Esta eira, melhor, o que dela resta, continua lá, junto à casa do saudoso Senhor João, o último "guarda florestal da Cova".

X&Q602


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Morraceira

Foto de Pedro Cruz
Há um mês atrás, a questão da jurisdição da Ilha da Morraceira estava acesa e até tinha acabado de passar pela reunião de câmara.
Ao que parece não deu em nada.
Nem tinha de dar.
Neste quase final da primeira década do século XXI, para uns, o fim da história, para outros, o regresso da política, a questão da jurisdição da Ilha da Morraceira não justifica o deflagrar de um conflito efectivo entre as partes envolvidas.

X&Q600


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Enterro do Bacalhau

Mais fotos aqui.

O Sporting não se cansa de me surpreender...









Hoje, então, foi de mais...
Levar 5 secos em casa!...

Onde é que isso já se usa?...

Autárquicas de 2009 agitam PSD Figueira

Santanistas preferem Daniel Santos
Duarte Silva não reúne consenso e parece hesitante...

Segundo o Diário As Beiras de hoje, “Duarte Silva deverá anunciar em breve a sua decisão ao PSD.”
O mesmo jornal em peça assinada por J´Alves, afirma saber que “Manuela Ferreira Leite convidou pessoalmente Duarte Silva a recandidatar-se, mas a resposta ainda não terá chegado à líder nacional “laranja”. Lídio Lopes também já indagou o autarca acerca do processo, não tendo de igual forma obtido resposta.”
Para os militantes e dirigentes do PSD Figueira, seria difícil aceitar que Duarte Silva mantivesse o tabu para depois dizer que não. Mas, isso, não desagradaria a todos.
J´Alves dá conta disso mesmo nas Beiras de hoje: “na reunião da Concelhia da semana passada ouviram-se fortes críticas a Duarte Silva. Entre os dirigentes houve quem tivesse primado pela veemência ao defender que o independente eleito para dois mandatos consecutivos nas listas do partido não é o melhor candidato."
A falta de obra para mostrar ao eleitorado é o principal pecado apontado ao presidente.
Por sua vez, a formação das listas, “na sequência de um conturbado e fracturante mandato, adivinha-se tarefa complicada.”
A alternativa laranja para a presidência da Câmara da Figueira, não deve passar por Lídio Lopes ou Miguel Almeida, mas por Daniel Santos, de resto, “o nome preferido dos santanistas e a alternativa mais credível para a maioria dos militantes, caso Duarte Silva não avance."

X&Q601


Fim do espírito carnavalesco...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Cova-Gala eliminado da Taça da AFC

COVA-GALA / CARAPINHEIRENSE
Resultado e fotos aqui.

O nu




Não sei se já se tinham apercebido da pouca vergonha que anda aí pelos museus!..
Outro quadro que ainda chama atenção, é a Olimpia de Manet. Pela primeira vez, numa pintura, um nu é exposto sem a desculpa de ser uma figura grega mítica...
Também fez grande estardalhaço. Mas, na época...

Quatro anos depois...

Para ler melhor clicar em cima da imagem

Valha-me o meu padrinho padre SISO!..

Lendo esta notícia, ficamos a saber que a PSP de Braga apreendeu ontem, numa feira de livros de saldo, alguns exemplares de um livro sobre pintura, considerando que o quadro reproduzido na capa, um clássico do pintor Gustave Courbet, o célebre quadro “L'origine du monde” (1866), é “pornográfico”...
Não publico a imagem, pois como isto anda não me apetece pisar o risco, não vá o diabo tecê-las…
Porém, se clicarem aqui (e eu, desde já, delego em vós toda a responsabilidade…) podem ver a imagem em todo o seu esplendor!...
Uma pergunta final: se isto é pornografia, então que dizer disto?...

X&Q599

Ver Aqui.


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

"A única pedra no sapato, foi nunca o ter contratado para treinar o Atlético Montemorense..."





Não deixem de ler, clicando aqui, "O incontornável Custódio Cruz, por olimpio fernandes, que conhece “este cavalheiro há muitos anos e sempre igual e brigão”…

Deixem-nos ser felizes…

Confesso que é um completo enigma.
Contudo, de há uns meses a esta parte, este blogue aumentou a audiência.
Ganhámos leitores interessados e comentadores de nível.
Estamos em plena época baixa.
Nada se passa, quer dizer, passa…
As politiquices estão de férias… O futebol local está pacifico…
Mas a vida corre bem ao Outra Margem!...
Aliás, este blogue nunca alinhou muito naquilo do "coitadinho"…
E se a vida corre bem, se a felicidade está em nós, para que nos queixaríamos?..
A vida corre-nos bem.
Não somos patetas contentinhos… Somos, apenas, bons rapazes...
Deixem-nos ser felizes!... Não nos provoquem.

Zeca Afonso


"Diz-se que morreu a 23 de Fevereiro de 1987."



Grupo Desportivo Cova-Gala

Escolas:
Marialvas "B" 3 / Cova-Gala 1
Seniores:
Benfica de Soure 1 / Cova-Gala 2

Espírito carnavalesco... (XIII)

Ontem, no Carnaval de Buarcos, foto de Pedro Cruz.
Uma vez, sem exemplo. Também, vamos falar de quê?...

X&Q597


domingo, 22 de fevereiro de 2009

Espírito carnavalesco... (XII)

Mais fotos de Pedro Cruz aqui
Publicamente, venho agradecer à câmara municipal da Figueira da Foz, via figueira grande turismo, o investimento financeiro que, com o dinheiro dos nossos impostos e a fundo perdido, fez no carnaval de Buarcos.

Com esta prestimosa iniciativa:

1. proporcionou elevação espiritual aos figueirenses e milhares de visitantes - tão necessária nestes tempos conturbados e de crise;

2. aumentou o saber dos mesmos - sem necessidade de novas oportunidades;

3. sem esquecer, claro, o enorme alcance cultural da iniciativa no alargamento dos horizontes dos mesmos, na percepção das origens da actual campanha negra em que se encontra mergulhado Portugal.


Em verdade se diga, que só uma iniciativa como esta, poderia trazer até à figueira, vultos da cultura nacional, como Hélder Reis e Ana Viriato ( duas caras bem conhecidas da TV. Ele, Helder Reis, co - apresentador do programa "Praça da Alegria" ; ela, Ana Viriato, repórter de exteriores do programa " Portugal no Coração), que apenas depois de muito pressionados, acederam a estar presentes, certamente mediante um preço meramente simbólico, o que fez ressaltar o empenhamento pessoal e político com que os senhores da câmara e da figueira grande turismo, em nosso benefício, gastam o nosso dinheiro.

Dado o interesse turístico, económico e cultural desta iniciativa, considerando as conhecidas dificuldades de tesouraria da câmara e da figueira grande turismo, sugiro:

- que nos passem a debitar na conta da água, do lixo, dos esgotos, da luz, do telefone, do gás, da Internet, do rádio e da televisão, taxas para financiamento específico desta iniciativa que não pode, por motivo algum, ser posta em causa nos próximos anos.

A bem da figueira
antónio agostinho

Recanto do braço sul do Mondego, frente à Gala

X&Q598

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Hoje foi assim



Erosão costeira na margem sul


No passado dia 2 do corrente, o vereador do PS, João Vaz, levou o assunto à sessão de Câmara realizada nesse dia.

A Câmara tomou conhecimento.

Já passaram 19 dias, mas, no terreno, está tudo na mesma…

Valha-nos a melhoria do tempo.

Espírito carnavalesco... (XI)

Moral do cartaz: "em vez de te queixares, vai trabalhar malandro!..."

Espírito carnavalesco... (X)

Longa vida ao Magalhães!…
... que já pode ter mulheres nuas, outra vez!...

X&Q596


Ver Aqui

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Espírito carnavalesco (VIII)...

Espírito carnavalesco... (VII)


X&Q587


Espírito carnavalesco... (VI)


Via o blogue o ambiente na figueira da foz, cheguei a este post.

Citando o Klepsýdra:
"É curioso constatar como alguns dos principais dirigentes do PSD que vibram com o caso Freeport, são os mesmos que aprovaram a candidatura de Duarte Silva à câmara da Figueira da Foz. Duarte Silva, recorde-se, está envolvido num processo muito semelhante ao caso Freeport, com a agravante de ter sido constituído arguido. A nível nacional o PSD escandaliza-se e com razão sobre as negociatas Freeport. A nível interno, longe dos holofotes, escolhem os caciques do costume, volta tudo ao normal, ao país do betão e do futebol patrocinados pelas câmaras.
Nas próximas eleições temo que entre Felgueiras da Foz ou Figueira da Foz, se escolha a primeira, já não tenho grandes ilusões, é o resultado da estupidez quotidiana que se vai cultivando no nosso país, um país cada vez mais kitsch e acrítico."

Mercado Municipal da Figueira da Foz


“O Mercado Municipal já se assumiu, há muito, como um espaço de referência no quotidiano da cidade, que importa preservar, dignificar e modernizar. É uma área de comércio tradicional, que chega a lembrar-nos, nalguns dos seus detalhes, outros tempos, em que o terrado das feiras era o espaço único para a venda de todos os bens de consumo e que a relação vendedor/cliente se fazia com uma cumplicidade de quem oferece e quer o melhor.”
Estas palavras são do Vereador Lídio Lopes e podem ser lidas aqui.

Com compreender, então, o que vinha no diário As Beiras da passada quarta feira!..

“Há cerca de um mês que a comissão intersectorial do Mercado Municipal Engenheiro Silva aguardava por uma reunião com Lídio Lopes a fim de ver esclarecidas questões como a permuta de módulos e a licitação das bancas naquele espaço comercial.
O tempo foi passando e a paciência esgotando. A falta de disponibilidade do vereador levou a que os concessionários interviessem na reunião da Câmara da Figueira da Foz, na passada segunda-feira, e estalasse o verniz.
"Desde o primeiro momento que quisemos estabelecer o diálogo para ver aclaradas estas situações, mas esta demora foi-nos deixando impacientes", explicou Custódio Cruz, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS.
E justificou: "a celeuma da permuta de módulos deve obedecer a um regulamento mas temos assistido a situações que levantam dúvidas quanto à sua legalidade". Por outro lado, o "porta-voz" dos concessionários afirmou que a situação da licitação das bancas é outro aspecto que querem ver resolvido, por uma questão de "dignidade" do espaço.
"Só queremos evitar a morte antecipada do mercado", reiterou Custódio Cruz, sublinhando que o que está em causa não é apenas a preservação do mercado enquanto património cultural e edificado da cidade, mas também a necessidade de encontrar soluções que acautelem as pessoas que ali rabalham.
"A conduta não tem sido uniforme. Estão a actuar de forma diferenciada com os concessionários, e isso não deve ser assim", criticou.”
Segundo o mesmo jornal, “os ânimos exaltaram-se entre Lídio Lopes e Custódio Cruz, o que levou a que a oposição sugerisse que o assunto fosse discutido noutra altura. Contactado pelo DIÁRIO AS BEIRAS, António Tavares, vereador do PS, apenas comentou que os concessionários têm todo o direito de serem informados e denotou que existe falta de comunicação.
Por seu turno, o vereador Lídio Lopes não quis prestar declarações, afirmando "que os esclarecimentos serão prestados à porta fechada com os concessionários.”

Reunião de ontem desanuviou a tensão

Entretanto, no dia seguinte, ontem quarta feira, segundo o Diário de Coimbra, “cerca de meia centena de concessionários do Mercado Municipal reuniu naquele espaço com o vereador responsável, Lídio Lopes, para abordar algumas questões que os têm preocupado, designadamente no que diz respeito à permuta de alguns espaços. No final do encontro, Custódio Cruz realçou ao Jornal que, apesar de no início ter havido «alguma animosidade, por falta dos esclarecimentos», a reunião correu bem, mas «o aclarar de algumas situações (permutas) ficou para o dia 27», em reunião a realizar na autarquia. No entanto, o “porta-voz” dos concessionários garante que «não abdicamos de lutar para que haja licitação de bancas em Maio, porque queremos ver o mercado com a dignidade que merece e não como um espaço em situação de morte anunciada». Custódio Cruz diz que o vereador «pareceu sensível, em ir ao encontro desses interesses, mas ficámos à espera do resultado da próxima reunião e das suas intenções», convicto de que conseguiram dar «um passo importante nos objectivos que são os interesses dos comerciantes e a dinamização do espaço», até porque, recordou, «foi o próprio vereador que disse que não tem nenhum parceiro privado para fazer renovações do mercado e por isso, há que lhe dar dignidade e avançar com o que o regulamento permite, que é a licitação de bancas e tratamento igualitário».Por seu lado, o vereador também saiu satisfeito do encontro, porque «ficou claro que a câmara tem tido um comportamento correcto em relação ao mercado, do qual tenho conhecimento pessoal por ali ir inúmeras vezes, e compreenderam a justificação dada, naquilo que é uma prerrogativa da câmara, nas decisões que tem que tomar». Todavia, Lídio Lopes refere que o mercado «é uma família muito grande e em todas as famílias há, às vezes, momentos melhores e outros mais acesos. Esse momento está ultrapassado», frisou, garantindo que a reunião que vai efectuar «é no sentido de avançar no plano que elaborei o ano passado, de desenvolvimento de actividades e iniciativas, para consolidar o mercado como uma unidade comercial».O autarca sublinha ainda que aquele espaço «não está ameaçado nem nunca esteve e não são 3 ou 4 módulos que podem prejudicar o todo que são 178 concessionários permanentes e quase outros tantos em rotação ao dia e que, no seu conjunto, tem uma actividade permanente que lhe dá vida». Lídio Lopes salienta ainda que não existe «uma única banca por ceder de todas as solicitadas» e manifesta-se satisfeito porque o trabalho que tem sido desenvolvido «concorreu para uma diminuição desde 2005, dos custos com a energia eléctrica e água», ao mesmo tempo «que aumentamos a receita do mercado».”

Vamos aguardar então pela reunião do próximo dia 27 com optimismo.

No meu tempo era a OVOMALTINE...


Com a devida vénia, transcrevo daqui a estória "a força do MILO", contada pelo PMB. Esta estória fez recordar-me a minha infância e um gostinho especial que nunca mais esqueci. Só que, comigo, não era o MILO, era a OVOMALTINE. OVOMALTINE essa, que dava o tal gostinho especial ao leite condensado, produtos que a minha Mãe trazia de Lisboa, quando ía ter com o meu Pai, no intervalo das viagens da pesca longínqua ao Cabo Branco. Mas vamos lá então ler "a força do MILO":

"Lá para os idos dos anos sessenta generalizaram-se, entre nós, as emissões de televisão. Era o tempo em que os vizinhos da minha rua nos pediam para assisitir a algum programa mais especial ou que os salões das colectividades e cafés ostentavam, como atracção, um aparelho de TV numa prateleira, onde se assitia ao telejornal, ao festival da canção, ao Bonanza e, ainda raramente, a transmissões em directo de competições desportivas. A publicidade, ao chegar a outros públicos ganhou maior impacto com as marcas ali mesmo a prometerem novas sensações e competências. De entre esses produtos o MILO anunciava, sem hesitação, energia suplementar para os desportistas que, no spot, apareciam a beber uns copázios de leite com o milagroso pó, antes das competições que, obviamente, ganhavam. Foi talvez por isso, que meu Pai, na época director do Ginásio, teve a brilhante ideia de, ao intervalo dos jogos de futebol, distribuir aos nossos atletas copos de leite com MILO na esperança de lhes dar a sorte e o jeito de que não dispunham, ou de os transformar em novos gauleses sob efeito da poção mágica do druída! Mas como, mesmo assim, perdíamos até com o Eira-Pedrinha, tomei cruel consciência da ilusão vendida pelos publicitários. Desde aí que bebo leite simples !"

Quando há sol no Largo das Alminhas é assim...


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Espírito carnavalesco... (V)


“Primeiro foi o cardeal patriaraca. Agora o cardeal Saraiva Martins. A Igreja Católica mudou-se para o Casino da Figueira? Bonito, bonito era dom Saraiva Martins ter dito que os homossexuais que pensem casar com muçulmanos têm de ter muita cautela.”

Via
blasfémias

Espírito carnavalesco... (IV)




Assinam sem ler - dizem...
Lindo sarilho arranjou este Oliveira e Costa, na foto numa campanha eleitoral, há uns anos atrás...
Pelo andamento que este país leva, qualquer dia para continuar a frequentar Portugal, só seguindo o exemplo do ministro das finanças japonês...

X&Q594


Litoral da Cova-Gala

Como é possível que, num litoral como este, se veja apenas terrenos para vender, património para alienar?...
A ocupação da costa era feita de forma mais sábia pelos "antigos" (ver post no ALBUM FIGUEIRENSE).