Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

domingo, 24 de setembro de 2017

Santana Lopes na campanha para as autárquicas 2017: 19 horas em Espinho. Uma hora depois na Figueira da Foz!..

A falta que um aeródromo que ficou em águas de bacalhau faz!..
“É desta que vamos ter aeródromo municipal”.
Estas foram as palavras do presidente da Câmara, de então, em 15 de Julho de 2004, ou seja há mais de 13 anos!.. 
O presidente, de então, assinou um protocolo com o batalhão de engenharia de Espinho, que veio fazer os trabalhos de terraplanagem da pista. 
De acordo com declarações do autarca, proferidas na altura, no final do ano de 2004 haveria aeronaves a aterrar e a descolar no aeródromo da Figueira da Foz.
Atendendo ao calendário aprazado, em 2007 tudo deveria estar concluído: o hangar, o posto de abastecimento e a asfaltagem da pista.
Mas, até ao momento, com trezentos mil euros já gastos,  nada.
E o Santana superstar, hoje, vê-se assim com um problema de cumprimento de horário eleitoral difícil de resolver...

1 comentário:

Anónimo disse...

Este foi o aeródromo o outro foi o coreto porra isto é uma gente do caraças ainda há-de vir algum prometer pintar o Teto da praça nova.