Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Debates entre candidatos autárquicos autárquicos foram cancelados... (IV)

Crónica pubicada no jornal AS BEIRAS
"Ou melhor, os debates! 
Ao que se sabe, se não me falhou a informação, estariam anunciados pelo menos dois debates com a participação de candidatos à Câmara Municipal e também um debate entre os candidatos à maior freguesia urbana, Buarcos e S. Julião. 
O primeiro dos debates ocorreu com a presença de todos os candidatos, segundo um modelo bem concebido pela organização que impediu que a sessão corresse o risco de se prolongar indefinidamente se a assistência viesse a dirigir diretamente questões aos candidatos. Abstenho-me agora de comentar as intervenções dos candidatos, embora tenha que reconhecer que não foi naquela sessão que surgiu o tal “clic” que os figueirenses há anos aguardam. O que é certo é que a plateia, repleta de cerca de duzentas pessoas, se encontrava preenchida na sua maioria por apoiantes dos candidatos, com a intenção de voto pré-formada, pelo que o alcance da iniciativa, mesmo considerando que circula pelas redes sociais o vídeo do evento, a existir, foi diminuto. Se a eficácia do debate dos candidatos à Câmara é então questionável, o mesmo não acontece com uma disputa equivalente entre os candidatos à freguesia que debateriam para um universo muito mais reduzido e mais próximo. Aguardemos pois. 
Já agora: É costume concluir acerca de quem possa ter vencido o debate. Pois, para mim, o vencedor está encontrado. O vencedor foi… o bypass de areias sob o Mondego. Nunca, numa tal sessão, foi tão referido e apoiado!"

Nota de rodapé.
Como escrevi, no tempo que passa ninguém se atreve a aplaudir o unanimismo. 
A vida é feita exactamente de diversidade que se deve manifestar em todos os domínios. 
Como na vida, também na política, a troca de ideias e a discussão civilizada não nos devem perturbar, antes devem ser a regra a seguir como a atitude insubstituível. 
Por isso, pelo menos para mim, continua a ser, no mímino, estranho que os debates anunciados pela Associação Juvenil da Figueira da Foz (o do dia 22 de setembro para a Câmara, assim como o debate para Junta de Buarcos e São Julião que seria no dia 27 de setembro) tivessem sido cancelados... 
Para melhor compreensão do processo, clicar aqui, aqui e aqui.

2 comentários:

CeterisParibus disse...

Só não percebo como é que a "inutilidade" do debate dos candidatos à câmara, será maior que o dos candidatos à junta ( não deveria ser plural, ou a Figueira só tem uma junta? ). Bem vistas as coisas, a representatividade das plateias, é a mesma dos eleitores votantes ( vota essencialmente quem tem voto definido por cor partidária ou afinidade com o candidato ).
Quanto ao bypass, falam todos, mas é quase certo que não sabem do que falam. Nenhum deles fez, nem sequer num guardanapo, um desenho do santo graal. E sabem lá eles os custos de fazer e manter, ou quanto tempo demoraria a erguer o dito.
A estas eleições, melhor seria se lhes tivessem feito um bypass.

BF disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.