.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

O desemprego causado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, no Cabedelo, é um problema de consciência e reputação para os seus responsáveis

Na passada quinta-feira, escrevi numa postagem que a  câmara da Figueira não é socialista nem uma pessoa de bem
E expliquei porquê.
Enquanto, a sul da Praia da Cova há uma erosão das dunas que anda a deixar os moradores com o credo na boca, e não há notícias de que haja a mínima preocupação com o assunto mais importante para os habitantes que moram a sul do concelho - Cova,Gala, Costa de Lavos e Leirosa -, no Cabedelo, está em curso uma mirabolante requalificação, que já foi isto, aquilo, tudo e mais alguma coisa e, agora, ao que parece se resume em encerrar um parque de campismo, que está no local há 30 anos,  para colocar numa pequeníssima área desse mesmo espaço outros bares, putativamente, pertencentes a gente da "cor"... (eu até sei de uma história que provava que isto não está acontecer por acaso, mas vou deixar que aconteça mesmo...), ao que dizem um hostel para 11 quartos, aproveitando o edifício sede do parque Foz do Mondego e a actual esplanada,  e a ligação por estrada pelo interior da lota...
Alguém me consegue explicar bem (eu sei que sou muiiita burro!...) em que é que isso colide com o parque de campismo?
É que com esta brincadeira vão ficar em causa postos de trabalho.
No inverno 15 e no verão mais de 30. De pessoas, na sua maioria, a quem vai ser extremamente difícil arranjar outro posto de trabalho.
É pouco senhor presidente da câmara?...
Vamos ver quantos novos postos de trabalho vão ser criados com os 2 milhões seiscentos mil euros que se vão gastar no Cabedelo...
Aliás, para que fique explícito, os senhores vereadores deste executivo não fazem a mínima ideia do que custa a vida para um cidadão normal. Mais: que eu tenha conhecimento, nenhum dos senhores vereadores deste executivo criou, sequer, um posto de trabalho no decorrer de todas as suas vidas. Eu não criei muitos: durante anos, criei dois e mantive-os. 
JOÃO ATAÍDE/CARLOS MONTEIRO/ANA CARVALHO/MAFALDA AZENHA/NUNO GONÇALVES/MIGUEL PEREIRA    
EXECUTIVO CAMARÁRIO FIGUEIRENSE (QUADRIÉNIO 2017-2021)

Quando escrevi isto, estava a pensar nos trabalhadores  que vão ser mandados para o desemprego. E que, por via disso, alguns, os mais idosos,  que já trabalham no Cabedelo há 30 anos, vão passar o resto da vida que lhes resta na angústia de perderem a reforma ou de a verem drasticamente diminuída. Estava a pensar nos mais jovens, que vão deixar o seu país em busca de trabalho no estrangeiro ou, se ficarem por cá,  vão ficar na expectativa de arranjar um emprego que os fará mergulhar para sempre na espiral da precariedade, da insegurança e da exploração. 
Estava a pensar no sofrimento  destas pessoas. Que têm nome. É o Raul, o Robalo, a Graça, a Albertina, a Sónia, o Miranda, a Celestina e a Denise. Isto, no Parque de Campismo. Na Cantina Bar, é o Tiago, a Helena, o Luís, o Carlos, a Rosalina, a Cristela e a Ana.
Isto, nesta altura. No Verão, são mais alguns. 

Será que tudo isto vai ser resolvido pelo vosso tal de Gabinete de Inserção Social? E será que esse sofrimento vai desaparecer completamente?
Os senhores vereadores da Câmara Municipal, responsáveis por esta tomada de posição da edilidade figueirense têm dois problemas com que se vão defrontar  e que, se fosse eu, me preocuparia para toda a vida: a consciência e a  reputação
Porque a consciência é o que vocês são. E a  reputação é o que os outros pensam de vocês... 

4 comentários:

Anónimo disse...

Vai lá Vai toma lá que é democrático quem fala assim não é gago e sabe o que diz.

Anónimo disse...

Um galheteiro. Azeite e vinagre e o do meio é o arroz doce - fica bem em qualquer mesa. tristeza de terra

Anónimo disse...

Agostinho,não te preocupes com a situação dos trabalhadores do Parque de Campismo, com o surf de excelência, com o presidente da junta e o Eurico a comandarem o que não faltarão por esses lados serão empregos também de excelência e pagos a peso de oiro!!!

Anónimo disse...

Agostinho o presidente da Câmara o Costa o Marcelo e o Eurico querem dar cabo do nosso pais... Em breve vou dizer aqui dos planos qua a maçonaria e estes ilustres maçons têm para o Cabedelo a praia do A Mario Silva.

Cumprimentos
GOL