"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Cabedelo, 10 de Novembro de 2017, 13 horas, 30 minutos e alguns segundos...

foto António Agostinho
Estamos em tempo de mar chão... 
No outono e a esta hora a praia é de novo nossa.
Há muito, apesar do tempo bom, que estamos fora da época, e  os banhistas  foram para as suas terras.
Esta é a minha praia de areias douradas por um sol de novembro, lindo...
Fica-me à mão, mesmo ali a dois passos de minha casa. 
Não sejam "imbejosos": sim, sou um privilegiado, tenho que o confessar! 
Há coisas que não têm preço e eu possuo, todos os dias, esta maravilha mesmo defronte dos meus olhos...
Apetece por o pé na praia! 
A vida ao ar livre, para mim, é um apelo constante. 
É o momento de  responder ao apelo e caminhar praia fora com o  melhor sorriso. 
Passear na areia molhada?
Claro... 
Banhar-me nestas águas ainda geladas é que não!.. 
Tudo teve o seu tempo...

Sem comentários: