.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 19 de novembro de 2017

É fácil habituarmo-nos ao que é bom...

Um dia destes, durante alguns minutos, sentei-me calma e pachorrentamente nos bancos a sul do desgraçado jardim da Figueira, sem nada de importante ou urgente para fazer, a não ser relembrar um ícone figueirense da minha juventude, que permanece, para quem tem memória,  como referência de uma dada época e de uma certa forma de viver: a PRAIA DA SARDINHA, que a fotografia mostra.
Como tinha tempo, disponibilidade e gosto de olhar (simplesmente olhar, apenas olhar...) fui, ao mesmo tempo, notando que iam passando pessoas.
Presumo que devem ter empregos importantes, pois caminhavam cheias de pressa, enquanto iam falando, sem parar, ao telemóvel.
É aqui que está o segredo da minha qualidade de vida.
Estou só aqui sentado a vê-los passar e a pensar na sorte que tenho de não ter um emprego importante.
Melhor ainda: de nem sequer ter emprego...

1 comentário:

Anónimo disse...

A praia da sardinha desapareceu até o jardim coitado é tudo menos um jardim.