"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

domingo, 9 de maio de 2021

Património como imagem

Especialmente em África, o património apresenta-se, hoje, como um dos bens mais importantes — financeiro, social e politicamente — para muitas sociedades...
Neste blogue, poucos dias após ter nascido, foi escrito o seguinte: “Numa Terra jovem como a nossa, onde o Património artístico e monumental é praticamente inexistente, terá de cuidar-se da preservação dos raros vestígios do passado.
Estou a referir-me concretamente às Alminhas, uma pequena edificação de 1917.”

Ao longo dos anos fomos alertando para a situação vergonhosa em que se encontra o monumento mais antigo da Aldeia da Cova-Gala.
Registo também este alerta do blogue COVA GALA...entre o rio e o mar, publicado no dia 16 de 2010: “Capelinha das Alminhas, a servir os crentes deste povo da Cova Gala na sua fé religiosa cristã desde 1917.
Um marco histórico de grande importância desta terra, que se deve sempre preservar...”

Com a desculpa da modernidade, muita asneira se faz...
Sem mais comentários, ficam duas fotos: 
Alminhas em 2008


Alminhas em 2021 depois de uma intervenção da JFSP e da Câmara Municipal

Sem comentários: