"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Podemos passar à frente? Um pica pau e uma mine e tenho o problema resolvido...

CIM-RC paga metade da conta do restaurante aos clientes

Com o objectivo de contribuir para a recuperação da restauração, hotelaria e turismo, a CIM-RC (Comunidade Inter-municipal da Região de Coimbra) apresentou ontem quatro medidas de apoio à restauração, destinadas aos 19 concelhos que a integram. Medidas no âmbito da distinção de “Região de Coimbra: Região Europeia de Gastronomia 2021-2022”, que visam reduzir o impacto da pandemia no sector e que passam pelo “Programa de Selecção Gastronomia e Vinhos”, a criação de um “Passaporte Gastronómico”, de um “Voucher Restauração” e de menus “Prova Região de Coimbra”.
Uma das medidas é um incentivo ao consumo, que consiste na entrega, aos clientes, de vales de desconto. Assim, quem consumir 30 ou mais euros terá um desconto direto de 15 euros. Ou seja, pode representar uma redução da conta para metade. 
O incentivo está limitado a dois mil vales, que podem ser levantados, pelos consumidores, nos postos de turismo dos 19 concelhos da CIM-RC e nas instalações da Turismo Centro de Portugal. 
Quem paga aquele incentivo aos restaurantes aderentes é a CIM-RC, com recursos próprios e fundos europeus. Se a adesão for boa, deverá ser renovado. 
Esta medida poderá vir a ser aplicada, também, à hotelaria, adiantaram o presidente da Câmara da Figueira da Foz e anfitrião da sessão de apresentação, Carlos Monteiro, e o secretário executivo da CIM-RC, Jorge Brito.

Sem comentários: