.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

terça-feira, 11 de agosto de 2020

E, entretanto, Aveiro "pula e avança"...

"Obras no Porto da Figueira da Foz terão financiamento em 2021, assegura o Governo"...

E obras em 2023?..

Fica a pergunta.

Entretanto, o assunto foi abordado ontem na reunião de câmara.

Seegundo o Diário as Beiras, edição de hoje.

"Custa-me a aceitar que o Porto da Figueira da Foz seja deixado para trás”, frisou o autarca Carlos Tenreiro. Miguel Babo entende mesmo que esta situação é inacreditável, lamentando que este conselho de administração não ajude o concelho. “O facto de não ser competente é muito grave”, frisou. Do lado do executivo, o presidente Carlos Monteiro tentou colocar alguma “água na fervura”, reconhecendo que o facto de haver um compromisso escrito de adiamento da obra para 2023 é um bom sinal. Quanto à perda de importância do porto, o presidente referiu que defendeu na Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra a duplicação da ligação ferroviária entre a Figueira e Coimbra e a necessidade de se continuar a investir naquela estrutura".

Carlos Monteiro, BRANQUEANDO, o que foi feito pelo governo. Recomendo OMO: lava mais branco...

Em 30 de Julho p.p. PSD Figueira exigiu a demissão imediata da administração portuária da Figueira da Foz.

Sem comentários: