"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

domingo, 9 de maio de 2021

FutBeachGolf: um desporto maravilhoso...

Como li no facebook (via Pedro Cruz): "a Figueira ousou. A Figueira conseguiu inventar uma espécie de golfe. A Figueira conseguiu inventar uma espécie de footgolf. A figueira inventou o primeiro campo de FutBeachGolf do mundo (numa espécie de praia). A Figueira conseguiu meter o "Rei das Areias", melhor jogador de todos os tempos de Futebol de Praia, a jogar FutBeachGolf. Já se fala em charters...  e com tanta inovação da minha janela ainda não vi uma única pessoa a praticar a modalidade," escreveu o Pedro. Mas, o campo de footgolf já tem utilzadores. A foto fala por si. 

Vamos ao que interessa. A Figueira da Foz conta, desde a manhã de ontem, com o primeiro campo em areal urbano de FutGolf. Esta enorme infra-estrtura desportiva - primeiro campo de FutBeachGolf do país -  foi implantada na outrora Praia da  Claridade, agora Praia da Calamidade.
Este desporto combina as habilidades do futebol com as regras do golfe. Segundo o presidente da Federação de FutGolf, Ricardo Esteves, "é um evento que está a crescer cada vez mais em Portugal"
Como grande atleta que sempre fui - embora reconheça que o  Madjer é o Madjer, por isso é que ele tem avença e eu não... -  congratulo-me com esta "aposta" da autarquia figueirense. Mais: aquela estrutura é mesmo para ser "usada de forma saudável, pelos mais e menos novos"
Por isso, na tarde deste domingo, fui fazer uma perninha.
A "relva sintética, quer no campo de treinos Bento Pessoa, quer no campo da Leirosa, quer no campo do Bom Sucesso, quer a do campo de São Pedro, que se encontra em fase de execução (neste momento parada...), quer a do Estádio Municipal José Bento Pessoa, em fase de conclusão (há anos...)", é para competição. 
Daí, por não ter já potencial fisíco para a pista de tartan, no Bento Pessoa, e o que se encontra em fase de estudo para treino de peso, dardo e disco, na praia, aventurei-me pelo FutGolf.
Antes que venham as aguardadas carradas de jogadores nos charters que certamente irão saturar os aeroportos de Coimbra e Monte Real, fui experimentar...
Para já, que eu saiba, sou campeão local e nacional, pelo menos na categoria dos veteranos. 
O Madjer ontem deu uns toques. Mas isso não conta: foi só para a fotografia e para justificar a avença...
A Figueira estava a tornar-se uma cidade chata, chata, mesmo chata...
Aliás, penso que já estava mesmo mais além. Já era mais do que chata, era chatíssima. Chateava e achava que não. Então, em dias como o de hoje, chateava mesmo. E não sabia que era chata, essa é que é essa. Mas, tudo está a mudar...
A Figueira ainda vai ser uma animação. Uma comédia já é. Há muito tempo.

Sem comentários: