"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quarta-feira, 5 de maio de 2021

"A Figueira da Foz foi o único entre os 100 municípios com assento na assembleia geral da Turismo Centro de Portugal que votou contra o relatório do plano de actividades"...

«O DIÁRIO AS BEIRAS questionou Ana Carvalho por que motivo só agora, em ano de Eleições Autárquicas e sendo o presidente da TCP candidato do PSD à Câmara da Figueira da Foz, a autarquia votou contra o plano de actividades. 
“Este ano, que há interesse constatado, e até anunciado no site da TCP, que o presidente é candidato ao município, fez suscitar esta nossa incompreensão: por que é que a única vez que se fala da Figueira da Foz é por causa disso?”, respondeu Ana Carvalho.»
Segundo o mesmo DIÁRIO AS BEIRAS, «o presidente da TCP não estranhou que a autarquia figueirense votasse contra o plano de actividades. 
“Nada que nos surpreenda, porque já o tinha antecipado na minha conferência de imprensa de 31 de março. [Na altura, disse que a Câmara da Figueira da Foz] sempre votou a favor e não me espantaria que, por razões não profissionais, viesse a votar contra, como veio a acontecer, no dia 30 de abril”, reagiu Pedro Machado. 
“Isto só vem provar que o Pedro Machado exerceu sempre com enorme profissionalismo a sua função à frente da TCP, que nunca a utilizou para seu proveito pessoal ou para promoção individual, uma vez que o Centro de Portugal vota todo a favor, excepto a Figueira da Foz, o que significa que o Pedro Machado sempre exerceu com profissionalismo e isenção a sua actuação”

1 comentário:

Lérias disse...

Mas a Camara da Figueira desde que a (1ª) sede da Região do Turismo do Centro saiu dali duma das pracetas da av. 25 de Abril para Coimbra, andou quase sempre em contra-mão com a mesma, portanto não é de estranhar.
Quem não se lembra dos stands da Figueira em Feiras (mesmo fora do país) onde também estava a RTC?
Agora o surf, já não teve uma oportunidade que o mesmo foi publicitado para a Praia da Tocha?
Fui ontem no Cabedelo, fazia 7 meses que lá não ia, estragaram aquilo tudo, o melhor que tinha retiraram, era a vista do mar e o acesso ali à mão.
Fui acompanhado de um amigo Holandês residente em Porto Corvo, disse-me que estava tão triste, tão triste com o cenário que estava ali a presenciar que pedia para eu fazer o favor de não o voltar a levar naquele local.
Palavras para quê?!