Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O Mercado Engenheiro Silva vai a votos...

“O mercado Engenheiro Silva tem 118 anos de vida… A Associação dos Comerciantes do Mercado Engenheiro Silva é um facto consumado e está legalizada... e pronta para as guerras que eventualmente nos aparecerem pela sua frente... Sábado é o dia D...o Mercado Engenheiro Silva vai a votos... Eu vou Candidatar-me com uma lista de concessionários...porque não sou de desistir facilmente ...e não tenho medo de quem quer que seja...

O meu MERCADO não vai morrer...o NOSSO mercado não vai acabar...a nossa FIGUEIRA não vai perder a sua "Sala de Visitas"...”

Custódio Cruz, no blogue "Voando nas asas do tempo..."

4 comentários:

o cu de judas disse...

ponho em dúvida que do ponto de vista artistico tenha algum interesse aquele edificio, do ponto de vista sanitário nenhum, parecem-me ser mais os ratos que os clientes, e aquelas águas sujas que deitam um cheirete medonho, a chuva e frio, a falta de local de estacionamento,etc, a figueira não tem nenhum edifcio do ponto de vista arquitectónico e urbanistico de cariz contemporâneo que seja digno de ver apreciar como obra de arte.
Assim, proponho novo mercado que preencha todos os requisitos acima indicados.
Temos artistas dentro da arte decorativa muito interessantes, como o Eduardo Nery. A figueira está a ficar feia do ponto de vista da arquitectura e urbanismo

Custódio Cruz disse...

Só mesmo do "cu de judas" é que poderia vir uma opinião deste calibre e falta de conhecimento...
Concerteza só na cabeça do "cu de judas" é que existem ratos e más intenções incubertas para com um espaço que teve obras de vulto à menos de 10 anos...
O mercado da figueira está "desmaselado" na sua traça histórica por culpa "daqueles" que são "prostitutos"... e com "impasses prepositados" tentaram tirar partido de um espaço aliciante para se governarem à custa do pouco que a figueira ainda tem de bom...
Por isso concerteza VªExª não lhe consegue ver beleza arquitectónica...
Eu explico melhor ...
Eu como sou burro e o senhor(ª)nota-se ser inteligente... ou eu sou inculto e o senhor(ª)tem uma cultura fora do normal,permita-me que "o faça imaginar..."...a estar sentado ao meu lado(se quiser..) a olhar em "tempos passados" para o então "degradado" "Casino Oceano"...e agora... depois de recuperado pelo AMORIM... e respeitando a sua beleza arquitectónica...se apresenta mais que digno...ou seja muito bonito na sua preservação histórica..
Já agora descemos a rua e sentamo-nos em frente ao... Parque de Diversôes"....UMA VERGONHA....
Mas olhe que eu consigo imaginar aquele espaço "recuperado na sua beleza arquitectónica"......de maneira a espevitar "os seus"... tão pouco apurados sentidos para algo que podia e devia ser também preservado...
O mercado teve obras à menos de 10 anos..e de ratos só mesmo na sua cabeça pensadora pode haver...
Sobre o MERCADO se tiverem "olhos de sensibilidade" ao seu dispor... pode ser melhorado e enquadrado no respeito pelo passado,ajustado ao presente e dimensionado ao futuro...
Quanto a Eduardo Nery nem sei quem é...lá está sou limitado culturalmente...e também por isso nem o vou sequer julgar,nem avaliar...
Agora deixe que desabafe...
É seu amigo?..
Andará com falta de tacho?...
Bem...e agora estou a falar para o Agostinho,que muito respeito e espero perceba a minha revolta para com as mentiras que o "o cu de judas" para aqui trouxe...e todos tivemos que ler...
Volto a dizer...ratos só na consciência dos mal intencionados...
E se foi dito...é porque este"cu de judas"... é isso mesmo... e não é mesmo sério...
Olhe senhor(ª) cu de judas,nem vou corrigir o meu texto,pois normalmente cometo muitos erros..
É com eles que lhe ofereço a oportunidade para não voltar a dizer asneiras e a respeitar quem lá está e governa ali a sua vida...
Ratos só na sua cabeça...
Águas sujas só se for no seu quintal...
Chuva...ainda há dias a apanhei nos contentores onde está instalado o ELECLERC...
Falta de estacionamento também faltava na rua da republica e um centro comercial que "agora está ás moscas" fez um subterrâneo...
De teóricos está o mundo cheiro...

António disse...

Valha-nos Deus!

o cu de judas disse...

e eu respondo que em termos de interesse artistico o actual mercado tem muito pouco, talvez o ferro forjado e pouco mais. Aliás, se não fosse isso não passava de mais um casarão enorme, medonho. poderá ter interesse histórico? não sei, faz parte da história da figueira, faz. Agora que eu goste do que vejo, não.há falta de higiene, há. existem ratos, existem.não existe estacionamento suficiente. Que na figueira não existe monumento contemporâneo que se diga uma grande obra de arte, não há, que a ideia de novo mercado podem interessar aos novos ricos, empreiteiros, dou-lhe razão, mas deus nos valha de mais um calhamaço daqueles que abundam pela cidade. e engana-se não tenho nada a ver com urbanismo, empreiteiros ou imobiliárias, sou um pé rapado que vive mal e porcamente do seu ordenado
agora que não gosto do aspecto urbanistico da figueira é uma verdade, a cidade perdeu a sua beleza natural e a beleza da intervenção humana é nula, só betão, mas gostos são gostos, e nem tudo o que é antigo é belo, imutável, agradável, harmonioso