Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Sinais quê?...

Sinais políticos, isto, que li no Politica de Choque?...
"O protocolo para a instalação da companhia Vórtice Dance no CAE, que havia sido chumbado, foi ontem aprovado por maioria (votos a favor do PS e do Movimento Figueira 100% e abstenção do PSD)."
Será que António Tavares, ontem, já conseguiu "esmiuçar" a trapalhada que existia na reunião anterior e as explicações foram suficientes para garantir os votos positivos dos 100% e a abstenção do PSD?...
Ou então, que raio de oposiçãozita é esta que não passa de empatas que só servem para fazer perder tempo?..

5 comentários:

Silva Cascão disse...

Caro senhor Agostinho :
Leio sempre com muito interesse o seu blogue, embora só tenha comentado uma vez.
Também li o post a que se refere e, certamente teria tido uma reacção semelhante à sua, se não lesse, também, o comentário que está junto com o artigo. Assim, já me parece que a reacção tem de ser outra.
Os meus melhores cumprimentos.
J. da Silva Cascão

António Agostinho disse...

Senhor Silva Cascão:

Presumo que o comentário a que se refere seja este, publicado no Política de Choque:

“Anónimo disse...
Convém que se diga que se trata de um protocolo com um texto substancialmente diferente, elaborado com a participação de todos os vereadores, para que não se pense que apenas se pretendeu empatar!
27 de Janeiro de 2010 20:25”

Dois pormenores:

1. o anonimato, para mim, não existe.

2. portanto, se por acaso tiver em seu poder a redacção dos dois protocolos (o que foi chumbado pela oposição e o que foi aprovado na reunião seguinte com os votos a favor dos 100 por cento e a abstenção do PSD) agradecia o favor de mos enviar para o mail agostinh5@gmail.com.
Com os melhores cumprimentos e os agradecimentos sinceros por ser leitor deste meu humilde e despretensioso espaço.

Silva Cascão disse...

Infelizmente ainda não tive a possibilidade de ler a versão que foi aprovada, mas ela terá de vir a ser publicada até na página da Câmara. Quanto à 1ª versão ( a que foi chumbada ), ela veio a público nos blogues que nós ambos lemos...
Vá lá, senhor Agostinho, não se abespinhe comigo, que eu não mereço...
Os meus melhores cumprimentos!
J. Cascão

António Agostinho disse...

Sendo assim, presumo que concordará comigo, que o comentário anónimo que citou, não justifica por si só, a alteração da minha reacção.
Mais: se por acaso vier a verificar que fui exagerado não terei problema em admiti-lo.
Creia, sinceramente, que não fiquei minimamente abespinhado consigo, até porque o conheço minimamente para saber que é uma pessoa de diálogo, que foi afinal o que aconteceu aqui.
um abraço

Silva Cascão disse...

Está tudo O.K.
O que escrevo a seguir não é um comentário a este post. Tentei enviar-lhe isto para o e-mail que o senhor indicou e o Gmail diz que há erro no endereço. Por isso passo-lhe o texto por aqui.

Caro senhor Agostinho :
Chamo a sua atenção para uma nota publicada hoje no blogue "quintopoder.blogspot.com", sobre uma reclamação apresentada à Câmara sobre um terreno aí na sua Cova-Gala. Pode ser que lhe interesse investigar o assunto...
Com os melhores cumprimentos.

--
J. Cascão