Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

To reset... Mesmo.

"Quando não há condições criam-se!
Quando não há ideias, tocam-se os sinos a rebate e chama-se quem está no terreno, os cidadãos. 
Quando não se sabe para onde se quer ir, pára-se e repensa-se tudo.
Não somos donos de verdades absolutas e pedir “ajuda” não é um sinal de fraqueza, mas de inteligência.

Sinto que a cidade vive num universo paralelo que não corresponde ao que leio, ouço ou constato.

...se não fizemos um RESET rápido, o futuro vai ser igual ao passado.
O destino poderá ser a irrelevância estratégica com tudo de negativo que daí advém.
Vamos crer que não.."
António Durão, no site FIGUEIRA NA HORA

Nota de rodapé.
... portanto,  na Figueira está mais do que na hora de substituir uns - aqueles que têm estado lá nos últimos sete anos, 7,  que não interessam -  por outros, que interessem mais!

... portanto, qual a opção? 
Para mim, de momento, a escolha é a rejeição destes que lá têm estado nestes últimos 7 anos, sete.
Todo o resto do processo não irá ser simples.

... portanto, estamos numa encruzilhada. 
Um dos caminhos - o que aparentemente parece o mais provável - levará ao agravamento da catástrofe e ao mais terrível desespero. 

... portanto, quem souber rezar e acredite, que reze para que os figueirenses façam a escolha certa...
Há-de chegar o tempo em que teremos de optar.

Sem comentários: