.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Entrudo tradicional português e escolas de samba

"Os costumes alusivos às brincadeiras no período do Carnavla foram introduzidas no Brasil pelos portugueses provavelmente no séc. XVI, também com o nome do Entrudo. Contudo, seguiram evolução diferente da portuguesa e acabaram por influenciar, negativamente, as nossas práticas.
De facto, nas últimas décadas, o Entrudo tradicional português veio a ser adulterado, designadamente, pelas paradas brasileiras carnavalescas das escolas de samba, fazendo cair em desuso as já debilitadas práticas ancestrais das nossas populações consumindo, paralelamente, importantes recursos financeiros."
João Pinho, historiador e investigador, no jornal Campeão das Províncias, Edição de 23 de Fevereiro de 2017.
Para ler melhor e na totalidade o artigo de opinião, basta clicar aqui..

Sem comentários: