.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Marcelo, "um filho de Deus e do Diabo"...

Ontem à noite, o PSD e o CDS assumiram o "frete" de recomendar o voto em Marcelo. 
Apoiam Marcelo, "mas querem que seja como Cavaco"!..
O que pode muito bem acontecer...
Com o reconhecido talento de Marcelo para criar factos políticos, a ser eleito o professor, o palácio de Belém vai ser uma animação e pode pode tornar-se, ainda mais, num foco de instabilidade. 
Nada que já não estivéssemos habituados com Cavaco...
Com Paulo Portas, que um dia o considerou "um filho de Deus e do Diabo", são conhecidos os velhos litígios, desde a história da vichyssoise...
Num país, em que como disse uma vez Emídio Rangel, "a televisão tanto pode vender sabonetes como fazer eleger o presidente da república", Passos o novo "catavento  de opiniões erráticas", passou a querer o velho "catavento de opiniões  erráticas em função da mera mediatização gerada em torno do fenómeno político".

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

Boliqueime-se!