.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Aquilo que fazemos conta. E aquilo que deixamos por fazer também...

Em outubro passado, devido à desgraça que abalou a sociedade figueirense com o naufrágio à entrada da barra do Olivia Ribau, ficámos a saber que a estação salva-vidas da Figueira da Foz "fecha às 18 horas", dado que os seus funcionários "têm o regime normal da função pública como qualquer funcionário de secretaria".
Alguém sabe se esta situação, entretanto, sofreu alteração?..

Nos últimos dias ficámos a saber que, desde 2013, não havia equipa de neurorradiologia e que, a partir de 2014 também de cirurgia neurovascular a operar aos fins-de-semana nos Hospitais de São José e de Santa Maria. Ficámos ainda a saber que o Ministério da Saúde foi indagado sobre este facto também desde 2013, pelo BE, e que o DN falou no assunto no início deste ano.

Tanto no caso ocorrido na Figueira, como no caso de Lisboa, morreram pessoas. 
Tudo isto é demasiado mau, demasiado grave, demasiado triste, demasiado assustador. E tudo isto tem a ver com os portugueses e a sua responsabilidade colectiva.  

Sem comentários: