.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

terça-feira, 24 de março de 2015

De volta ao país do antigamente com oposição em “câmara lenta”...

Li aqui, que em 1957, um professor de inglês costumava fazer a seguinte comparação: na Inglaterra o estado é pobre e o povo é rico.
Em Portugal, já então, era o contrário: o estado era rico, mas as pessoas eram pobres.
A ministra das finanças que se vangloriou perante o país empobrecido de ter os "cofres cheios", não inventou nada: seguiu as pisadas de Salazar, que pôs o país a pão e água para encher os cofres do estado. 
De registar: a ministra teve o desabafo salazarista na passada quarta-feira
O líder do PS reagiu com quase cinco dias de atraso.
O país tem o maior partido da oposição a funcionar  em “câmara lenta”...
Dizem que Portugal recuou dez anos.
Infelizmente, parece-me que foram muitos mais...

Sem comentários: