domingo, 1 de abril de 2018

O teleférico não vai ficar na gaveta...

Está encontrada a solução para o transporte da areia que está  a mais na Figueira e a menos na outra margem...

Ao longo dos anos, foram disparates em cima de disparates que se cometeram na orla marítima figueirense. Recordo este post  de março de 2009.

Tudo começou a 15 de Maio de 1959, com o concurso público para arrematação da empreitada das obras exteriores do porto da Figueira da Foz.



“Entre o progresso e a decapitação da beleza natural, decidiu-se pelo progresso.


Finalmente, temos luz ao fundo do túnel... O teleférico.

No fim tudo acaba por dar certo!.. Se ainda não deu, é porque ainda não é o fim

"…no fim de tudo ficamos modestos, mas, ao mesmo tempo, mais sofisticados."
Sándor Márai, “A Irmã”

Bom domingo... Se puderem, "façam o favor de ser felizes"