Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

O desafio de Rangel

«Para o presidente do PSD, a escolha de não fazer campanha serve dois objectivos. Um posicionamento claro de candidato a primeiro-ministro, enquanto disfarça a aparente falta de apoios com representatividade eleitoral. 
A grande dificuldade de Paulo Rangel não parece ser, nesta altura, ganhar o partido, mas sim ter pouco mais de dois meses para conquistar o país, quando há um mês precisava apenas de mostrar que seria melhor líder da Oposição. 
A grande dificuldade dos dois é não perderem o país para ganharem o PSD.»

Sem comentários: