Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

"O Bloco de Esquerda da Figueira da Foz opõe-se à decisão camarária de apoiar a realização de uma prova do Campeonato do Mundo de Motonáutica na Figueira da Foz"

Vídeo António Agostinho
A Concelhia do Bloco de Esquerda (BE), via comunicado, “opõe-se à decisão camarária de apoiar a realização” da final do Campeonato do Mundo de F1 de Motonáutica, que está a decorrer na cidade até domingo. “Em tempos de emergência climática, após a COP de Glasgow, onde se decidiram políticas para o fim de subsídios a combustíveis fósseis, o Bloco não aceita o apoio financeiro de quase 200 mil euros a uma modalidade desportiva que promove a utilização de motores altamente poluentes”.
E mais adiante pode ler-se. “O atual executivo de Santana Lopes que, em campanha eleitoral, prometeu aprovar medidas “verdes” como a plantação de milhares de árvores no concelho, acaba, com esta decisão, por demonstrar que o ambiente não é uma prioridade do seu mandato, na mesma linha que o anterior executivo socialista, que também apoiou a realização de provas do campeonato nacional de motonáutica”.
O comunicado que temos vindo a citar aponta também o dedo à oposição PS e PSD: "o Executivo aprovou – sem oposição do PS e do PSD – um apoio de quase 200 mil euros para o campeonato mundial de Motonáutica, sem apresentar um qualquer estudo sobre o efeito económico no concelho do evento."
A seguir coloca questões objectivas.
"Quantos turistas trará ao concelho o campeonato? Que vantagem trará para os agentes económicos? Findo o campeonato, que impacto positivo resultará para a cidade a realização deste evento?"

Sem comentários: