Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

E pronto: estamos a entrar na quadra natalícia - e a esmagadora maioria dos figueirenses satisfeitos...

Jonas Andersson campeão na Figueira da Foz 

O sueco Jonas Andersson, da Team Sweden, sagrou-se ontem campeão do mundo de Fórmula 1 de motonáutica, ao vencer o Grande Prémio de Portugal, na Figueira da Foz, com o tempo de 36.17 minutos, numa prova marcada por dois acidentes. 
Jonas Andersson sucede ao norteamericano Shaun Torrente, que terminou a prova em quinto lugar. 
Uma multidão assistiu à final do Campeonato do Mundo de F1 de Motonáutica. 
Da parte da Federação Portuguesa de Motonáutica, da Câmara da Figueira da Foz e do Clube Náutico da Figueira da Foz, que foram os parceiros da União Internacional de Motonáutica para a realização prova, há interesse em que o evento regresse à foz do Mondego. 
Foi o que disseram ao DIÁRIO AS BEIRAS o presidente da federação, Paulo Ferreira, a vereadora Anabela Tabaçó e o presidente do clube, Miguel Amaral. 
“Foi muito bom. Temos um novo campeão do mundo. Abu Dhabi perdeu o título na Figueira da Foz e o vice-campeão do ano passado ganhou”
Este foi o balanço de Paulo Ferreira, que prometeu trabalhar para que a prova regresse àquela cidade já em 2022. 
“Valeu a pena. Foi um evento fantástico, com uma excelente organização”, afirmou, por seu lado, Anabela Tabaçó. A autarca destacou, ainda, a importância da prova para a economia local, em plena época baixa turística. 
“Estou muito satisfeito. Não tenho palavras. Foi uma oportunidade única para a Figueira”, declarou Miguel Amaral do Clube Náutico da Figueira da Foz.

Sem comentários: