Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Director da PJM falava com chefe da casa militar do Presidente sobre Tancos, garante major.

«Roberto Pinto da Costa diz ter acreditado que Marcelo e o ministro da Defesa estavam a par da investigação da Judiciária Militar e admite ter mentido a procuradores: “Um militar não põe em causa uma ordem.” 
O PÚBLICO tentou saber junto da Procuradoria-Geral da República o estado deste inquérito, mas sem sucesso. O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa sempre negou ter sido posto a par das negociações que alegadamente tiveram lugar entre os militares e os ladrões do material bélico para que o produto do roubo fosse entregue sem estes últimos serem alvo de qualquer tipo de punição.»

Sem comentários: