.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Serviço público e agitação e propaganda...

SERVIÇO PÚBLICO - ONTEM, NO OUTRA MARGEM
Foto Outra Margem
Uma foto de um contentor do lixo. 
A última recolha remonta à semana passada. 
Longe vão os tempos em que, alguém à procura de fama, espreitava nos contentores... 
(normalmente em companhia do "fotógrafo"...) 
A foto era de ontem de manhã e tinha sido obtida precisamente em Brenha.


AGITAÇÃO E PROPAGANDA DO REGIME DEMOCRATICAMENTE INSTALADO NOS PAÇOS DO MUNICÍPIO FIGUEIRENSE, DESDE 2009 - HOJE, NO FIGUEIRA NA HORA
Foto sacada ao Figueira na Hora
"Sob a responsabilidade da Empresa Municipal Figueira Domus no passado dia 4 de janeiro realizou-se uma ação de limpeza, com a recolha de monos e lixo, no bairro da Fonte Nova em Brenha.
Esta iniciativa (sendo a terceira realizada pela empresa, depois de Mártir Santo em Buarcos e Quinta das Recolhidas em Vila Verde) enquadra-se no plano de gestão e administração de espaços comuns de todos os bairros geridos por esta empresa municipal e tem por principal objetivo “fazer cumprir as normas do Regulamento de Atribuição e Gestão de habitação Social do Município da Figueira da Foz”. Para este efeito, numa estreita colaboração com a Figueira Domus, a acção contou com a colaboração da Guarda Nacional Republicana, Bombeiros Municipais, SUMA e técnicos do Programa Escolhas 6ª Geração.
Segundo refere o conselho de administração da Figueira Domus, “este tipo de acção, coordenada pelos serviços da empresa municipal, revelou-se uma vez mais de extrema importância, porquanto contribui para o cumprimento das normas de uso e fruição dos espaços comuns; sensibilização dos beneficiários para boas práticas de vivência e convivência; reposição das condições originais; aumento das condições de higiene, salubridade e limpeza; incentivo à preservação e manutenção destas importantes zonas de usufruto comum e, finalmente, um consequente reforço institucional na relação entre a entidade gestora e os beneficiários”.
Numa perspetiva de consubstanciação prática da ação e suas consequências positivas, a Figueira Domus faz “um profundo apelo aos utilizadores dos espaços comuns, para os manterem limpos, cuidados e seguros, pois apenas dessa forma, será possível manter níveis de qualidade nos bairros e assim contribuir para o reforço da identidade nos bairro e sentido de pertença dos beneficiários”.

Nota de rodapé.
OUTRA MARGEM, como prestador de serviço público, comunica que  a porta estará sempre aberta a  todos - e não é preciso moedinha...
Ressalvo, porém, que estarei atento à agitação e propaganda do regime.
Por uma simples razão: porque tem muito de circo.
Olhando e vendo a agitação, facilmente se verifica que não existe nela tudo quanto foi anunciado na propaganda.

Sem comentários: