.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A propósito de «gajos porreiros» que apoiam reuniões camarárias à porta fechada...

Hoje de manhã - ironicamente, eu sei... - um amigo meu de longa data, alertou-me para algo que, confesso, me estava a passar completamente ao lado.
Pela conversa, fiquei a perceber que, na Figueira, devo ser o único tolinho a achar - como sabem, o figueirense gosta de «achar»... - obscenas as manifestações públicas de um dos «gajos mais porreiros» da política e da cultura local - «quando convém, está sempre estrategicamente ausente, faz de conta que discorda, para, depois, de forma hipócrita e sagaz, através de palavrinhas mansas, manipuladas e ensaiadas, aparecer a salvar a face do poder que assume e exerce com unhas e dentes».

É pá, mas o que querem?.. Eu sou assim, inquieto e rebelde...
Não é que eu tenha nada contra os «gajos porreiros» que gostam de apoiar e ser apoiados. E é sabido que o figueirense gosta muito de «apoiar». Principalmente quem está conjunturalmente no poder. É uma coisa que lhe está no sangue: «apoiar».
O que, reconheço, é sinal de inteligência: a tendência é «apoiar-se» o poder, não vá a solidão e o ostracismo tecê-las...

Não querendo pôr em causa nada e, muito menos, ninguém, ingenuamente pergunto: que é feito do homem de cultura, anti-sistema, revoltado com o populismo, entregue à discreta solidão criadora?
Finou-se? Faleceu? Bateu as botas?
Agora é só alegria, confraternização, pancadinhas nas costas: no fundo o culto do «lambe-botismo».
O que prova, que pela Figueira, o pudor é qualidade em avançado estado de rarefacção.

Bom, mas tudo tem os seus pontos positivos: por exemplo, podermos observar o lado cómico-trágico do exercício.
Contudo, a conclusão é trágica: a aritmética não quer nada com a Cultura.

4 comentários:

Anónimo disse...

Camarada esse homem que procuras deve estar preso dentro de uma carruagem num comboio da linha do oeste.

Anónimo disse...

Esta camara tem um sr todo poderoso o resto é tudo vereadores do faz de conta.

Anónimo disse...

Existe um livro cujo titulo é ----As palavras que me hã-de guiar um dia ..... só não sei se são as palavras ditas antes de estar no poder ou as palavras ditas depois de estar no poder.

A Arte de Furtar disse...

Caramba,tanto stress e a resposta está no desporto: vereador do SURF (politico.....)!!!!