.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Todos os dias são bons para recordar Manuel Fernandes Tomás, "O Patriarca da Liberdade" *


foto  daqui
Isto,  da democracia,  tem muito que se lhe diga.
Ele há males que vêm por bem e bens que vêm por mal. Um destes é a maioria absoluta...
Vamos lá ver no que isto vai dar, nos próximos 4 anos...
Ao senhor que ocupa o cargo de presidente da câmara de uma cidade com tradições democráticas e aos vereadores que aprovaram a novidade, pós 25 de Abril de 1974, de na Figueira a primeira reunião de Câmara, em cada mês,  ficar vedada à presença de público e imprensa, lembro que quem se deixa chicotear, merece-o...
Noto, com preocupação,  que na Figueira a Liberdade está ameaçada e a cidade de FERNANDES TOMÁS, PATRIARCA DA LIBERDADE,o mais ilustre de todos os figueirenses, não está a  lutar por Ela. Na minha opinião, a começar pela maioria dos eleitos nas últimas eleições. O que não me admira, pois “A QUALIDADE DOS NOSSOS POLÍTICOS É O REFLEXO DO PADRÃO ÉTICO DOS ELEITORES”.
Recordemos Manuel Fernandes Thomaz, um figueirense que «fez à Pátria mui relevantes serviços, e morreu pobre». O que, a meu ver, não deve ser apenas no dia 24 de agosto de cada ano *: hoje e sempre, "...vale a pena celebrar a liberdade, relembrar a biografia deste figueirense ímpar da História, a dimensão do corajoso e impoluto lutador pela liberdade, um homem livre, honrado e de bons costumes. O seu exemplo persiste e serve de referência ..." [palavras proferidas,  por José Guedes Correia O Figueirense, 27/08/2010, p. 14] 

3 comentários:

Anónimo disse...

Gostava de estar em 1999 , quando Santana Lopes era presidente da câmara, e António Tavares, agora vereador da maioria absoluta, era director do Linha do Oeste... Se Santana ousasse fazer o que Ataíde fez – PROIBIR O ACESSSO DO PÚBLICO E DA COMUNICAÇÃO SOCIAL Á PRIMEIRA REUNIÃO CAMARÁRIA DE CADA MÊS - imagino o que o dierctor do Linha da Oeste não diria em editorial! Agora, votou a favor! Não me admirou... Depois de ter-se filiado no PS, ter engolido o sapo da descida de 4º. para 5º., com a consequente entrada d0 Joãozinho de Portugal na lista, o que esperavam?... Tavares tem toda a razão em não dizer uma palavra contra a prepotência de Atáide. Os políticos que querem estar no poleiro em Portugal têm de ser mesmo assim para estarem no PS ou no PSD... Eles sabem que os portugueses gostam de brincar ao "os políticos são todos iguais" e ao "não há alternativas". João Moura

Anónimo disse...

Quem diz que defende o diálogo e a participação dos cidadãos como foi dito abundantemente durante a campanha eleitoral pelo PS, NÃO PODE VIR AGORA PÔR EM PRÁTICA O SEU OPOSTO - EM DEMOCRACIA NÃO PODE VALER O PRINCÍPIO DE QUE "O SEGREDO É A ALMA DO NEGÓCIO"...

M. SILVA disse...

Querem ver que o Ataíde foi pedir desculpas ao Fernandes Tomás!!!!!