.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

A “coisa” ainda vai dar muito que falar e escrever...

Pela primeira vez, depois do 25 de Abril de 1974, um executivo camarário PS, com maioria absoluta, tendo como presidente de Câmara o Dr. João Ataíde, votou, para passar a vigorar daqui para a frente, que os jornalistas e o público só possam estar presentes na segunda reunião de câmara do mês.
Entretanto, convém não esquecer, que  a “coisa”  para ser aprovada teve o voto a favor de João Portugal, Carlos Monteiro, João Ataíde,  Ana Carvalho e António Tavares, as abstenções de Azenha Gomes e João Armando Gonçalves e um único voto contra, o de Miguel Almeida. ..
Anabela Tabaçó,  como se pode ver na foto Figueira na Hora, não participou nesta sessão.
Para mais tarde recordar, pois a “coisa” ainda vai dar muito que falar e que escrever...
Uma Câmara Municipal é um órgão democrático do Poder Local, onde o presidente só consegue impôr a sua vontade se tiver o apoio ou a conivência da maioria dos vereadores.

5 comentários:

Anónimo disse...

"As sessões dos órgãos deliberativos das autarquias
locais são públicas, sendo fixado, nos termos do regimento,
um período para intervenção e esclarecimento ao público".
- Artº 43 da Lei nº 75/2013 de 12 de Setembro que regula o regime juridico das Autarquias Locais.

Anónimo disse...

"As Reuniões de Câmara realizam-se quinzenalmente, à quarta-feira, a partir das 14h30 no Salão Nobre, no Edifício da Câmara Municipal de Loulé. Todas as Reuniões de Câmara são públicas, permitindo uma maior aproximação aos munícipes."

Citação da página da Internet da Câmara de Loulé.
Será preciso ir ao Algarve "beber" este princípio tão elementar de que a Aministração Pública deve ser transparente e aberta a quem é dirigida - ou seja - aos cidadãos.

Anónimo disse...

"A Câmara Municipal é o órgão executivo do Município e realiza reuniões ordinárias quinzenalmente, às segundas-feiras, na sala de reuniões do edifício sede do Município, sendo estas reuniões públicas"
Citação retirada da página da internet da Câmara de Santarém.

EMPLASTRO disse...

Mas estavam á espera de quÊ? milagres?
Não se iludam e ainda agora a procissão vai no adro quando começar a andar mais para a frente isso é que é vêlos a cair do andor.

Anónimo disse...

Estamos fartos de Ataides e Migueis Almeidas!!!! Precisamos da sociedade civil!!!!!