.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

terça-feira, 10 de outubro de 2006

E o mar apenas molhou a areia que já não beijava há muito tempo!..




Praias de São Pedro, Outubro de 2006, lua cheia, maré alta, maré viva e equinócio...
Tudo junto, fez acontecer a maior maré do ano!..
Aliás, precisando, foi mesmo a maior maré dos últimos não sei quantos anos.
No entanto, acabou por não passar de um dia normal.
Não houve vento forte, agitação marítima fora do habitual, nem inundações.
Tudo acabou por ser calmo.
Em terra, no mar, na orla marítima e no rio.
As marés vivas, próprias do equinócio, acabaram por ser, felizmente, apenas marés cheias.
Todavia, nas praias de São Pedro, o mar aproveitou a lua cheia, a maré alta, a maré viva e o equinócio e molhou areias que já não beijava há muito tempo.
As ondas espraiaram-se na areia, fazendo lembrar finas rendas! ...

23 comentários:

Anónimo disse...

Bá lá, bá lá, que nem tudo é contra nozes. Tamém cum goberno destes quem precisa de mais innimigos? Hein?

Anónimo disse...

Belo texto. A peça dispensa o meu comentário. Esta como tantas que estão escritas neste espaço.
Penalizo-me por só recentemente ter descoberto o outramargem.

Anónimo disse...

Ando sem tempo para blogs. Venho à net à pressa. Não tenho tempo para ler isto tudo Voltarei com mais calma um destes dias
De qualquer maneira este texto feriu-me a atenção....
Parabéns ao autor.

Anónimo disse...

Ah menino Pedro eles prometem prometem e ós depois na vem nada. mas inda bem, assim não molhei a chinata e os molhis ficaram onde estavam, inda bém, inda bém que a sr. dona InSabelinha de lavos está farta de ralhar, lá por coisas muito dela e por causa da casinha tão á beirinha do mar...
Ah São Pedrito do mê coração, essa de andares cum rendas é que me deixa cá desconfiada...Hum...não querem lá ver!

Anónimo disse...

Fantástico, pá. este texto, pá, não sei o F. Pessoa, o Alex Herculano ou outro teria pedalada para tal.
O que será escrito, lá mais para o Inverno quando não houver areia para o mar beijar e as frentes começarem a ceder?
Aí sim, teremos concerteza a versão local da Ode Marítima. Ou a Ode Marítima II. Fantástico, pá!

Anónimo disse...

Ai ti hortensia, ti hortensia,

Há pessoas excelentes. Outras medíocres; e outras MAL FORMATADAS. Como eu me considero burra entre os burras, quanto mais aprendo menos sei.
Este (tó) da lota não existe, só pode ser isso!....
Este indivíduo parece ter uma paranóia esquizofrénica.
Olhe home, tome lá dois conselhos de borla:
consulta uma bruxa para saber o futuro;
tem sempre uma pílula de cianeto à mão para o caso deste desespero continuar.
Que amargura. home! ... Porra, porra, chiça, chiça... Brr!......

Anónimo disse...

Mas, estou um pouco baralhado com estes comentários, não me digam que as urgencias vão mesmo fechar, se assim for, o que se faz com as Ode maritimas? ....... o to (da lota nº2) de certeza que as leva para casa.

Anónimo disse...

Ó rapariga, tu não te enerves.
faz-te mal, faz-te azia e aquela coisa até pode faltar ou vir mais cedo. tem calma, tá?

Anónimo disse...

opá este tó...
Deus livre mi manel

Anónimo disse...

Oi Tózinho, hà uns bons dias que andas a comentar um bocadinho para a estupides outra vez!!! Meu bacalhauzinho... au au au... deixa-te de cenas meu e comenta como deve ser!!Se não é do c... é das calças!!!

Anónimo disse...

ola, como o tema é o mar, depois de alguma ausência (tenho de aproveitar pra pescar enquanto é tempo...)cá tou eu.
A acção erosiva do mar nas nossas praias tem deixado a sua marca de ano para ano. Para tentar controlar uma das mais significativas «forças da natureza», os organismos estatais da tutela assumiram várias intervenções no sentido de evitar as catástrofes humanas e os prejuízos materiais. Nem sempre com total êxito, diga-se.
Os molhes construídos desde a praia do hospital até à praia da cova, constituem a intervenção mais visível.
As obras permitiram o acumular de alguma areia. No entanto, tanto para norte do molhe mais a norte, como a sul do molhe mais a sul, a areia foi desaparecendo, sendo a situação actual preocupante neste dois pontos sensíveis
Na opinião da autarca de lavos, preocupante é a costa de lavos e a leirosa.
O autarca de são pedro não disse nada na assembleia municipal...
Tá-se bem?....
qualquer dia com os pés molhados...

Anónimo disse...

Olha quem está o pietra... por onde tens andado pazinho... tvas tão bem caladinho... não dizes nada que geiteira tenha... cala-te homemzinho

Anónimo disse...

Cá está o clone das 22:45. Sai daí rapaz!

Olá zé dos percebos. Vá lá que as ausências deste ambiente servem para aclarar as ideias e o ar fresco do mar ajuda.
Também estás a ver o futuro da nossa costa e da nossa praia, não é?
Ainda bem que não sou só eu. Já somos dois. E estamos acordados, porque o resto anda a dormir. Qualquer dia acordam com a cama a boiar e depois chamam os bombeiros. Continuem a dormir, pois.

A autarca de Lavos, mais não fez que puxar a brasa à sua sardinha.
Vai adiantar alguma coisa? Nada.
Se a Central eléctrica for para lá, está safa. Se for para a Fontela, estamos lixados. Passamos a ter uma arriba de calhaus em vez de areia.
Por falar em calhaus, voltou o cabeça de calhau ou cabeça de faneca. Bem aparecido, calhau na cabeça!

Anónimo disse...

Ai (tó) da lota, ai (tó)da lota:

Nós, portugueses, temos no geral uma certa incapacidade para nos ouvirmos, discutimos aos gritos, trocamos discursos, mas recusamos pensar e discutir séria e serena e frontalmente o essencial.
Não se trata de conseguir consensos a todo o custo. A divergência é salutar, ajuda-nos a fazer escolhas coerentes. O problema maior é de maturidade para "aguentarmos" uma discussão fundamentada, coerente, argumentada, serena, consequente.
A falta de consenso não é um problema. Há que fazer escolhas. O problema é a irracionalidade no confronto, a dificuldade em encontrar parceiros que discutam sem insultos e mentiras.
A diversidade é sempre uma mais valia... Ou se é.. Cá a Mrtinha sabe bem do que fala. Óh la rila.

Anónimo disse...

Olá martinha. Bom dia.
Minha querida amiga, tu não sabes bem do que falas porque foste roubar isso que aí colaste, se não estou em erro a um sujeito chamado Jorge Sampaio.
Isso de ladroagem de ideias e escritos é aquilo que se chama roubo de propriedade intelectual.
Fazes assim: Primeiro cresces, depois apareces. Com o teu nível escolar e intelectual nunca poderias pôr nada no mundo de semelhante teor. Nem sequer parecido.
Retrata-te e volta a repetir esse comentário acrescentando em baixo ou em cima a menção com nome do autor e pedindo licença para reproduzir.
Como vês, é mais fácil ser-se honesto que mentiroso. Entre um mentiroso e um coxo, apanha-se mais depressa o primeiro.

Já agora, quando voltares a ter tentações dessas, pensa melhor e decide-te a ficar pelo teu canto. Queda, sossegadinha.

Anónimo disse...

Olá seu orelhudo tó (da lota)
Você quer polémica?.
Eu sou uma senhora fragilizada pela idade e pelas doenças .. Muitas, confesso sou das responsáveis pelo prejuizo do sns..
Precisava era de ir pro geriatrico, pro pé da ti isolinda.. mas onde vou arranjar 1000 euros?.... Não tenho nenhum ze carlos pra inchar...
Estou a divagar..Olhe não estou pra aturá-lo.
Vocemece so se mete com idosas.... olhe que o pietra diz-lhe das boas e vocemece cala...
Quer falar sobre o futebol caseiro?... não do Gil Vicente, tribunais civis, fifa, federação portuguesa de futebol, etc.
Do caseiro, nosso, compreende?...
Vou acabar pois a minha saude já não dá pra mais...o acordo entre governo e PSD sobre a Segurança Social tá-me a dar cabo da vida... a hora de entregar a alma ao criador ta cada vez mais proxima....
Isto está a ficar um inferno... Agora até a pensão de sobrivencia vai tar em causa....
Tozinho (da lota) vá-se divertindo ...
Vocemece é que a sabe todinha... oh se sabe....
Porte-se mal como sempre seu orelhudo............

Roger Milla disse...

Eu num sabia que os filipe vieira pai adoptivo do Pedro Manuel Torres era os To da Lota.

Anónimo disse...

Martinha lacerda,
Não respondeste nem fizeste o que tinhas de fazer que era retratar-te como plagiadora. Mas não queres fazer, não faças.
Afinal isso de "falar" caro e andar com roupa de luxo a tapar umas cuecas rotas, é o que se vê mais nesta terra.
Passa bem.

Anónimo disse...

Este rabinho de bacalhau nunca mais aprende a boa educação!!!! Este tozinho ou( totozinho), é mesmo um calhorda, porque mete-se a tratar mal as pessoas e nunca dá a cara, ou chama as pessoas de aldrabonas, ou de cuecas rotas, por amor de deus meu rabinhozinho de bacalhau, tem calma contigo meu chapa!!! tem atino!!! au au au tozinho!!! I love you!!!!!!!Pergunta ao teu dono como se trata as pessoas melhor!!! AU au au para ti meu bacalhauzinho!!!!

Anónimo disse...

Pietra (na cabeça, dentro da):
Já alguém te tinha chamado analfabeto?
Um analfabeto não é só aquele que não sabe ler porque nunca aprendeu. Esse é um analfabeto por necessidade. E ainda há alguns no grupo dos mais idosos. Coitados, outros tempos.
Mas os piores e os mais analfabetos (esta dos betos é boa, não é?) são os que tendo ido à escola, por burrice, calaceirice e estupidez não conseguem ler, interpretar um conjunto de palavras e frases e obter dali uma razoável ideia do que lá está escrito e que quem escreveu quis dizer. Esse é o verdadeiro analfa. Um burro.
É o teu caso.

Anónimo disse...

ora ora tudo conbersa fiada! O que está dito está dito. Ora essa e deixem lá Dona Martinha em PAZ coitada da senoura.
Quém é que falou do PELÁGIO esse, coitado! Olhe dona Martinha deixe lá é só inbeja, a gente lê e prontes, já não se pode ser culta cá á nossa maneira! Que começam logo a disparar!!!! Irra que as velhotas levam no nariz! É assim mesmo! Vou-me deitar que já esta a ficar tarde amanha vou até ao Sampaio ver uma prima minha!

Anónimo disse...

Gostei!!! estou-te a ver enrraivecido, au au auuuuu!!! Boa Bacalhauzinho, cada vez gosto mais de ti, um dia destes lá estás tu a dizer que queres ser Presidente da junta outra vez!!! Ha ha ha essa foi a melhor que eu já li na "outra margem" só me fazes rir!!!! Boa noite meu rabinho de bacalhau!!! dorme em paz TóTóZinho!!!! Vou sonhar contigo da lota!!!!

Anónimo disse...

Nem dez como tu me fazem perder as estribeiras.
Já experimentaste comer cimento?
Com cimento e um bocado de areia darias uma belíssima estátua para se colocar em qualquer rotunda que ainda não esteja devidamente ornamentada. E seria durável, Areia, cimento e calhau.
Xauzinho, cabeça de pedra, similar à faneca.