.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

CEMAR-CENTRO DE ESTUDOS DO MAR: Continuar por mais 200 anos...

“O dia exacto do aniversário dos VINTE ANOS do Centro de Estudos do Mar ocorreu no passado dia 27 do corrente, mas as celebrações vão estender-se até ao próximo dia 31 de Janeiro (31 de Janeiro… um dia histórico, bem republicano, e bem tripeiro, diga-se de passagem…) e irão encerrar-se com um encontro de Amigos, convidados, antigos e actuais associados, que vai ter lugar ao longo da tarde desse dia (a tarde do próximo Sábado)

Os nossos Amigos Pescadores, Marinheiros e Poetas da Praia de Mira — os Gandareses que, nesse dia, virão à Foz do Mondego… — irão apresentar-nos alguns dos seus poemas, músicas e canções. O mestre de cerimónias vai ser o nosso caro Mestre Alcino Clemente, Mestre do Largo Pescador do Alto, poeta e cantor ("este homem já era pescador antes de nascer"…), um dos associados do CEMAR de mais bravo talento (e que, hoje em dia, parece que está a ser finalmente reconhecido, televisivamente, pelo país e o mundo…).
Infelizmente neste dia de Janeiro de 2015 já não vão estar connosco Associados, Amigos, ou membros do Conselho Consultivo e Científico, como Paulo Rocha, do Furadouro e Tokyo, João Pereira Mano, da Cova-Gala, Salvador Dias Arnaut, de Coimbra e Penela, Eric Axelson, de Cape Town, Charles Ralph Boxer, de Macau e Londres, José Pires de Azevedo, Maria Helena dos Santos Alves, José Vieira Marques, Manuel Romão, da Figueira da Foz, Hélio Osvaldo Alves, de Guimarães, João Osório de Castro, de Lisboa, Octávio Lixa Filgueiras, do Porto, Max Justo Guedes, do Rio de Janeiro, e outros que não esquecemos. E também sentiremos a falta do Senhor Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz em 1995, Eng. Manuel Alfredo Aguiar de Carvalho, que conosco assinou a constituição do Centro de Estudos do Mar em 27.01.1995. De entre os associados iniciais, os fundadores de 1995, o nosso caro Amigo Carlos Matoso Filipe está longe, no coração da Europa, mas o nosso caro Amigo Victor Camarneiro está aqui perto, em Montemor-o-Velho, no coração do Baixo Mondego, e certamente vai estar connosco nesse dia de festa. Quantos combates, de que nos orgulhamos, pelo Futuro -- pelo Povo, e pela Justiça... --, temos para recordar, em vinte anos, nas terras do Infante Dom Pedro e do Fernão Mendes Pinto…!
É provável que o nosso património, nesse dia 31.01.2015, se enriqueça também com alguns poemas que nos sejam dedicados pelos nossos Amigos, da Praia de Mira, Senhor João Nogueira, Mestre de Vida (e membro da mesa da Assembleia Geral do CEMAR), e Manuel Gabriel, também ele Mestre do Largo Pescador do Alto (e integrante do nosso Conselho Consultivo e Científico).

Hoje mesmo, o património do CEMAR desde já ficou enriquecido também com a oferta, que agora quis fazer - com a sua extraordinária generosidade de sempre -, o nosso Amigo Arq. Fernando Simões Dias. Ele ofereceu, para o nosso acervo museológico, um belíssimo modelo, à escala 1/40, feito por si - um modelos dos seus, à sua maneira, com o seu nível de qualidade e rigor…! --, de uma "Caravela do Século XV", da "Época dos Descobrimentos"…! Esta é uma peça especial, e que ficará para sempre num lugar de destaque em qualquer instalação museológica que o CEMAR organize, ou em que participe. Guardá-la-emos para sempre na "Casa do Infante Dom Pedro", ou no "Museu do Mar da Foz do Mondego"

Com Amigos assim - que sabem criar obras como estas - como poderíamos não continuar por mais 200 anos…?
Vamos continuar (apesar de todas as dificuldades que nos sejam semeadas no caminho)...

Recebido por mail

Sem comentários: