.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

terça-feira, 26 de maio de 2020

Da série telenovelas figueirenses: piscina praia...

Vejamos 2 episódios anteriores:

Recuemos a Março de 2017:
Na sessão da Assembleia Municipal realizada na passada sexta-feira, foi discutida e votada a concessão do concurso público para a reconversão e exploração da piscina-mar.
A proposta passou, com os votos contra da deputada municipal PSD Ana Oliveira e da CDU. Absteve-se a maioria da bancada Somos Figueira. Votaram a favor a bancada do PS, e duas deputadas Somos Figueira Vânia Baptista e Carla Eduarda.
A deputada municipal Ana Oliveira fez uma declaração de voto que "mexeu" com o presidente Ataíde.
"O meu voto é contra, pois todos os que estamos a votar aqui hoje, teremos que esperar 50 anos para verificarmos se a proposta hoje apresentada da exploração da piscina-mar é válida ou não. Tenho muitas dúvidas dos critérios seguidos desde a última concessão , desta nova concessão - precisamos de esclarecimentos, precisamos de transparência neste processo".

Recuemos a Setembro de 2017, ao tempo em que não "faltavam investidores interessados".
E, assim, de episódio em episódio (há muitos mais), chegámos ao episódio de hoje (via Diário as Beiras). 
"A reabilitação do complexo piscina-mar já devia estar em curso, mas o concessionário apresentou uma alteração ao projeto, para acrescentar uma ala. A decisão terá de ser tomada pelo júri do concurso público da concessão, que, por sua vez, aguarda um parecer da Direção Regional de Cultura, por tratar-se de um imóvel classificado. Caso a alteração seja aprovada, o complexo turístico ficará em forma de “U”, em vez do atual “L”, ao acrescentar uma ala, para o lado do Hotel Mercure, que contornará a piscina."
Certamente ainda longe do epílogo desta telenovela, um cidadão fica perplexo. E interroga-se. O que é a verdade ou a mentira? O que é a realidade ou a ilusão? Pois é: nada pode ser tido como certo...
A verdade é aquilo em que se acredita! Nem que seja no Pai Natal!..

Sem comentários: