"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quarta-feira, 20 de maio de 2020

O Paião, que viu a aprovação da candidatura ser publicada no Diário da República em janeiro de 2017 e já realizou obras de adaptação exigidas, foi ultrapassado por Lavos...

"A Junta de Lavos já abriu o Espaço do Cidadão, concentrando diversos serviços da Administração Central. Trata-se do segundo do concelho, depois daquele que foi inaugurado, em 2014, no piso superior do mercado municipal da cidade. Naquela mini Loja do Cidadão, entre os diversos serviços descentralizados, por exemplo, pode-se renovar o Cartão de Cidadão ou a Carta de Condução. Na inauguração do Espaço do Cidadão da cidade, recorde-se, foi avançado que seriam instalados outros balcões na Marinha das Ondas, Paião e Ferreira-a-Nova. 
Entretanto, a Marinha das Ondas desistiu porque, esclareceu ao DIÁRIO AS BEIRAS o presidente, Manuel Rodrigues Nada, “a junta de freguesia não tinha, e continua a não ter, capacidade financeira para realizar as obras”.
Manuel Rodrigues Nada só encontra uma maneira de candidatar a freguesia ao Espaço do Cidadão: “Só se a câmara apoiar. Vou falar com o presidente [Calos Monteiro] sobre o assunto”.
“Neste momento, as candidaturas estão fechadas, mas, quando reabrirem, apoiaremos as juntas [que pretendam instalar aquele serviço]”, garantiu Carlos Monteiro ao DIÁRIO AS BEIRAS. 
O Paião, que viu a aprovação da candidatura ser publicada no Diário da República em janeiro de 2017 e já realizou obras de adaptação exigidas, foi ultrapassado por Lavos, que não constava da lista inicial. O Espaço do Cidadão naquela freguesia, esclareceu o presidente da junta, Paulo Pinto, ainda não avançou “devido a obstáculos burocráticos” da Agência Portuguesa para a Modernização Administrativa (AMA). A Junta de Ferreira-a-Nova, nos próximos tempos, não formalizará a candidatura junto da AMA. A presidente, Susana Monteiro, afirmou que, não obstante reconhecer ser “uma mais-valia para os fregueses, neste momento, não estão reunidas as condições financeiras”. A autarca acrescentou que o Espaço do Cidadão implica contratar um funcionário administrativo e realizar obras de adaptação. 
Ainda no âmbito dos serviços públicos descentralizados e de proximidade, a Câmara da Figueira da Foz vai adquirir uma viatura para uma unidade móvel de saúde, apurou o DIÁRIO AS BEIRAS. A medida enquadrase numa candidatura, em curso, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra."

Sem comentários: