Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

sexta-feira, 7 de julho de 2017

“Na roça com os tachos”, uma série em exibição na Figueira há 40 anos... (III)

Como não existem questões inconvenientes, numa sociedade que se quer e deseja democrática, e a democracia, muitas vezes, significa depositar o poder nas mãos de uma maioria incompetente, sobre a matéria tratada aqui e aqui, deixo, com a frontalidade habitual, 2 perguntas:
1. O que é que impediu a integração do arquitecto João Sebastião Ataíde Goulão directamente como colaborador da equipa de Paulo Trincão?
2. Assim, avençado da câmara, não poderá ficar a sensação que, no futuro, isto poderá servir para justificar uma putativa entrada para o quadro do município?

Nota de rodapé.
A meu ver, o cientista podia ter contratado o sobrinho do presidente e filho da chefe de divisão do Departamento de Urbanismo da autarquia, Maria Manuel Ataíde, e isso seria mas confortável para todos.
Ponto final. Parágrafo. 
Depois, admiram-se das pessoas não confiarem nos políticos!..
Pudera: alguns, têm saído melhor que a encomenda...

Sem comentários: