.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

domingo, 11 de junho de 2017

O pior candidato

A  menos de 4 meses do dia das eleições autárquicas, que vão definir o destino da Figueira e do seu concelho, nos próximos 4 anos, quem é o melhor candidato, dos já apresentados, à gestão da Câmara Municipal da Figueira da Foz?
O melhor candidato à Câmara Municipal da Figueira da Foz, não sei. 
Todavia, o pior sei: chama-se João Albino Rainho Ataíde das Neves.
A minha opinião assenta no seguinte: depois de cerca de 8 anos no poder a desorganização dos serviços camarários é visível a olho nu, tal como a falta de democracia e de competência. Por outro lado, existem falhas de seriedade, respeito, dignidade, eficiência, transparência e profissionalismo na equipa que o rodeia. 
Por sua vez, a equipa política de personalidades que anda por perto, em vez dos interesses da Figueira e dos seu Povo, está mais mais preocupada em defender os seus interesses pessoais e de grupo.
As obras municipais e os projectos de construção de obra e combate ao subdesenvolvimento do concelho, têm sido executados ao sabor dos calendários eleitorais.
Os impostos municipais, nomeadamente o IMI, têm tornado um suplício, aos mais carenciados, viver no concelho da Figueira da Foz. 
Os grandes interesses, nomeadamente, a exploração do negócio da rede de distribuição de água, tem sido um fartar vilanagem.
Cada um que veja o que paga em taxas e taxinhas ao fim do mês, comparativamente com o real consumo do precioso líquido.
É claro que deveria ter início uma forte vaga de fundo, para se poder obter um resultado que permita alterar as maiorias obtidas por este candidato nas eleições autárquicas de 2009 e 2013. 
Mas, isso compete aos Partidos.
Por mim, tenho feito o que posso. E quem faz o que pode, a mais não é obrigado.

Sem comentários: