.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Onda "maluca", ex-libris do Cabedelinho, é a primeira vítima das obras do prolongamento do molhe norte

foto Pedro Cruz

Segundo o SOS Cabedelo, “a primeira baixa provocada pelas obras de prolongamento do molhe norte da Figueira da Foz está encontrada: trata-se de uma onda que tinha o nome de “maluca”, uma esquerda que quebrava na praia do Cabedelo, vulgo Cabedelinho, e partia junto ao molhe sul dentro da barra da Figueira da Foz. Em comunicado, o SOS Cabedelo denuncia que “com a passagem da última ondulação e com as obras de prolongamento do molhe norte já bem avançadas, podemos verificar que a onda do Cabedelinho já não existe. É local onde o surf de qualidade não se voltará a ver. O Cabedelinho servia de refúgio nos dias de tempestade de inverno, e no verão era o sitio onde as escolas de surf da região davam aulas visto este ser um local abrigado e protegido nas tempestades.”
O SOS Cabedelo apresenta-se como um movimento cívico cujo principal objectivo é a “procura de soluções que permitam viabilizar simultaneamente uma maior capacidade de exploração do porto comercial da Figueira da Foz e a manutenção das condições naturais que elevam a praia do Cabedelo a um patamar internacionalmente reconhecido pelo surf”.

Sem comentários: