Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

domingo, 9 de agosto de 2009

Às vezes, mesmo que idiota sem sentido, é preciso uma canção...

Via pensamentos

1 comentário:

maresia disse...

maravilhosa!
Cortem-me já os pulsos