Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Um "botirão" no Rio Mondego em dia de muito nevoeiro


(O "botirão” tem a forma de uma bolsa de rede em forma de funil, com armadura em arco. É uma “Arte de pesca” tipo armadilha fixa utilizada em zonas de correntes fortes. Normalmente tem forma cónica ou piramidal.
A rede fica fundeada por meio de âncoras ou estacas e dispõe-se de acordo com a direcção e a força das correntes. A respectiva boca mantém-se aberta por meio de uma armação, suspensa ou não de uma embarcação.)

A BLOGOSFERA É INFINITA - E INFINITAMENTE ODIADA PELOS QUE SONHAM "REGULAMENTAR" TODAS AS FORMAS DE EXPRESSÃO.

4 comentários:

Paulo Dâmaso disse...

Olá, passei para dizer que o novo "look" está muito porreiro. Um abraço

António Agostinho disse...

obrigado.
Um abraço

Anónimo disse...

Novas modas, tinha ideia que se chama-va "Bitorão", este nome nunca tinha ouvido, e também sou da GALA-S.Pedro.

António Agostinho disse...

"botirão:
rede de vime de feitio afunilado para a pesca da lampreia."
(dicionário Lingua Portuguesa On-Line para não ter muito trabalho... pode ver no google)

"botirão:
substantivo masculino
utensílio de verga, em forma de funil, para a pesca da lampreia;"
dicionário Porto Editora.

"BITORÃO", CONFESO QUE NÃO CONHEÇO A PALAVRA. SE ME PUDER ESCLARECER, AGRDEÇO AO ANÓNIMO