Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Tempo de abrir aspas












Nestes dias de brasa, melhor do que ser lido e não entendido, é ser lido, não entendido e comentado.

8 comentários:

Anónimo disse...

hhahahhahhaha

Anónimo disse...

hhahahhahhaha

Anónimo disse...

Aonde é que está a brasa ó Agostini?É que eu tenho rapado um frio, mesmo daqueles.
Deves ser tu que tás cheio de calor, por tanta inveja.Será?

Anónimo disse...

NÃO GOSTO DE SI.

Anónimo disse...

Eu já usei esse nome mas não aceitaram o meu comentário.Porque será?

Anónimo disse...

Pois é, meu caro.
Já te tinha avisado que esta coisa de misturar bola com outras coisas dá resultados difíceis.Aquelas digestões à base de minis e bagaço dão esse resultado.
Aguenta...

António Agostinho disse...

Anónimo ...
28 Maio, 2007 11:22
Queres mesmo saber?..
Escreve o que escreveste escudado na cobardia de um pseudo anonimato, assina, coloca o nº do BI e envia o comentário. Eu depois respondo. Ok?
Fico a aguardar...

Anónimo disse...

Mas não percebi,Agostinho,teres publicado,um comentário imbecil, de um imbecil, com a imbecilidade de usar o nome do Alvaro Cunhal.
Também te fica mal, e não contribui para elevar o debate.