sexta-feira, 25 de maio de 2007

Morreu o Prof. Cristiano


A Praia da Leirosa ficou mais pobre.
Foi hoje a enterrar um grande Homem e um grande “carola” associativo.

2 comentários:

TÓ SAMUEL disse...

O desporto distrital ficou mais pobre com a morte deste SENHOR que dedicou quase toda a sua vida ao futebol distrital e em especial aos miudos da Leirosa e quem andou com ele como eu andei e conhecendo-o como eu conheci,e as longas conversas que por vezes mantinhamos do futebol da COVA-GALA E DA LEIROSA fica sentido e já com saudade da sua partida.sentidos pesames a familia

Anónimo disse...

Um verdadeiro senhor...sem duvida.
O professor Cristiano,parte com tantas estórias deliciosas por contar.Á muito eu ia perguntando ás gentes da leirosa...como está o prf.cristiano?Invariavelmente me respondiam que caminhava para o fim,de uma vida muito preenchida em prol dos outros,...tinha o seu feitio é certo,...mas afinal de contas,depois de ele "abandonar" a luta da ocupação dos tempo livres da juventude da leirosa ,eu pergunto onde está a leirosa(futebol)?...onde estão os que o criticavam?...porque não aparece alguem que acenda a caldeira? ,...que marque o campo?que trate da roupa para o jogo seguinte? que faça o vai e vem entre figueira / coimbra (associação e leirosa)...PIOR AINDA..onde estão os políticos para agredecer uma vida de dedicação aos outros?
Valeu a pena sr.cristiano esta luta e esta paixão pelos jovens e pela sua terra?
Sim valeu,...não fique arrependido de ter dito não ao AGUIAR DE CARVALHO quando ele queria um sim obrigatório...não fique arrependido de ter dito não ao Aprígio porque ele pensava que na leirosa eram só pacóvios...
Não fique arrependido de não ter sido subserviente a uma sociedade de influências doentias,porque você marcou a diferênça entre alguem que foi gente, e outros que por mais que corram serão homenageados sim, mas com a ipocresia que eu agora não tenho nestas simples palavras.
Até sempre sr.CRISTIANO,e se alguma vez não estivemos de acordo, era porque eu era muito jovem e não percebia que um dia iria ser mal tratado como o senhor,...pelos mesmos puxa sacos que hoje continuam na berra ..mas de facto não valem nada e nunca serão lembrados,como com quem tem personalidade e sabe o que quer,e vive esta vida de forma genuína e não artificial,vive com os seus sentimentos e não a trol dos principios dos outros,...
Desaparece do mundo dos vivos e é sempre lembrado com o respeito de todos,...mesmo daqueles que não o manifestam, mas gostavam de ter sido livres com o senhor...
Até sempre...