.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 9 de abril de 2016

Resumo da semana, em Portugal e na Figueira...

Tivemos um Só Ares, que preferiu prometer bofetadas a continuar ministro da cultura. 
(Uma nota rápida, só para sublinhar a coragem de João Soares. Não me lembro de qualquer noutro político que tivesse assumido ter promessas por cumprir há 17 anos...)
E tivemos um general que não pode com mariquices...
E tivemos o buraco da A14...
E pronto... Temos aí o resto do fim de semana pela frente.
Se o temos é para cumprir e gozar.
Sigam a palavra do Senhor: façam qualquer coisinha e multipliquem-se.
Se têm dificuldades com a tabuada, com o desconsolo deste tempo, ou com a chuva, não se perturbem... 
Façam é qualquer coisinha...

1 comentário:

A Arte de Furtar disse...

«Não há mês mais irritado do que Abril zangado.» - Grande Livro dos Provérbios

Ler o jornal Público (Sáb 9 de Abril) e tomar conhecimento do conteúdo da intervenção do Sr Draghi no Conselho de Estado. Comecei por achar estranho o convite, mas no patamar das relações europeias e da “cordialidade” institucional, enfim…
Eu sei, nós sabemos, que a nossa soberania está de facto mitigada (no mínimo), e que as questões financeiras são prementes, mas então que esse responsável ao nível europeu oiça directamente os conselheiros, os responsáveis financeiros e do governo.
Bem diferente é mandar palpites, que incluam elogios a governos específicos (Passos), a política específicas (leis eleitorais e laborais) e, pasme-se, sugestões de mudanças constitucionais. Um convidado para uma coisa destas ouve e, quando muito, fala sobre a política da sua instituição.
Mudança de Constituição?
Mas esse senhor foi a votos em que círculo eleitoral, do MEU PAÍS?!?

E o meu o povo indignou-se mais com os offshores no Panamá ou com as bofetadas de João Soares? Mas atenção, meus amigos, pois quem revelou esta papelada é um consórcio de jornalistas pago por dinheiros americanos…Guerras de outros campeonatos ou seja interesses?

Fiquei a saber que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa já decidiu ir comemorar o 25 de Abril a Santarém. Um Presidente da República deve saber interpretar o sentir colectivo do povo e, fazendo-o, honrar o compromisso com as razões profundas da pátria, naquilo que são os seus grandes momentos da História ao assinalar "o dia inicial inteiro e limpo" (Sophia).
O anti herói Salgueiro Maia, "...morre a 3 de abril de 1992, numa luta desigual contra o cancro e é sepultado, no dia 4 de abril de 1992, por sua expressa vontade, no cemitério de Castelo de Vide, em campa rasa e ao som de Grândola Vila Morena, de José Afonso. - "Biografia de Salgueiro Maia".

E ainda o Presidente da República decidiu atribuir a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade ao fundador do Serviço Nacional de Saúde, António Arnaut. Mais que merecida e a felicidade de não ter sido atribuída por Cavaco. Esse premiou “ilustres” gentes como Lurdes Rodrigues, Crato e Sousa Lara, entre outras celebridades...

ADRIANO CORREIA DE OLIVEIRA - nasceu a 9 de Abril de 1942.Faria hoje 74 anos. Conheci a sua voz, poemas e acção política através dos meus irmãos. Grande Adriano, uma voz que toca o coração.

A terminar - Mensagem do meu irmão Carlos: “Resumo disto tudo: quem não off-chora, não mama.”
E digo eu: iPhoda-se para a artista do regime PAF e reciclada pelo Costa, falamos da Joana ”Mochila” Vasconcelos.

Estou cansado, saturado, farto, pá!
Vai um café quentinho com a malta amiga? É isso que preciso…