.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Se esta será a sua eternidade, não sei...

"Diário de Coimbra e o actual momento político".

A nossa informação, está pelas ruas da amargura. 
Jornais, rádios e televisões, renderam-se ao magnífico chefe. 
O absolutismo democrático reinante, a falta de liquidez e a necessidade de manter os empregos, transformaram jornalistas em animadores e aprendizes em abrilhantadores.
Continua por resolver o problema da blogoesfera. 
A resposta ao "jornalismo" do grupo Diário de Coimbra está aqui.
Limito-me a sublinhar.
"Não deixa de ser curioso que os jornais deste grupo declarem o combate a um governo. Tanto mais a um governo que ainda não existe e não se sabe se existirá. Mas percebemos que esse combate não é só de amanhã, mas foi e é o seu combate de todos os dias. Percebem-se assim as suas opções editoriais…
O editorial assinado pelo director finge-se preocupado com a democracia, mas duvido que o editorial tenha sido votado ou sequer discutido com os jornalistas. Certamente baseia-se na capacidade do proprietário em decidir."

Sem comentários: