.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 14 de março de 2014

O processo está a decorrer na justiça...

Ana Borges, a responsável pela escola de dança do Centro de Artes e Espectáculos que foi dispensada no início do passado mês de novembro, ao cabo de dois anos de colaboração,  quebra o silêncio em entrevista hoje publicada no jornal AS BEIRAS,  que pode ser ouvida na íntegra na antena da Foz do Mondego Rádio (99.1FM), hoje, às 21H00.
Fica uma passagem da versão escrita hoje publicada nas BEIRAS.
Quando a associação foi despedida, recusou-se a abandonar a Quinta das Olaias. Por que razão tomou essa decisão?
Sabendo nós que a acção da câmara era ilegal, nada nos poderia retirar de um espaço sem uma decisão do tribunal. Estava a decorrer uma providência cautelar que anularia a carta da câmara.
Então por que é que saiu?
Senti a segurança posta em causa. Se estou numa casa que foi cedida e um funcionário da câmara abre a porta, com a chave da autarquia, para mudar a fechadura, isso é invasivo. Houve de tal forma uma invasão, que percebi que tinha de salvar os meus bens. 

Sem comentários: