.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Foi assinado ontem um Protocolo de colaboração entre a CEMAR e a USFF

Ontem, dia  19.03.2014, na Aula do ABCD-Arquivo Biblioteca e Centro de Documentação foi assinado um protocolo de colaboração entre o Centro de Estudos do Mar-CEMAR e a Universidade Sénior da Figueira da Foz - Associação Viver em Alegria (representados, respectivamente, por Alfredo Pinheiro Marques e Luís Ferreira, presidentes das direcções respectivas).
Antes,  Alfredo Pinheiro Marques fez uma intervenção sobre o tema do Património Marítimo da Foz do Mondego (desde a Idade Média e o tempo do Infante Dom Pedro até à Época Contemporânea e ao tempo do Com. A.A. Baldaque da Silva, o autor do malogrado projecto do porto oceânico de águas profundas do Cabo Mondego [1913], o porto que, infelizmente, nunca veio a ser construído e que, se o tivesse sido, poderia ter mudado toda a feição da economia e da sociedade portuguesa em geral, e da Beira Litoral em particular).
A Associação Viver em Alegria é uma Instituição Particular de Solidariedade Social dedicada a actividades sócio–culturais, recreativas e outras, com grupos sócio–etários da infância, juventude e terceira idade, de forma a beneficiar os mais desfavorecidos, minimizando as dificuldades sentidas ao nível de integração na vida activa, saúde pública e nos aspectos culturais, artísticos, técnicos, profissionais, de entretenimento e recreativo. A Universidade Sénior é uma das suas pricipais vertentes de acção local.
O Centro de Estudos do Mar e das Navegações Luís de Albuquerque - CEMAR é uma associação científica privada, sem fins lucrativos, dotada de estatuto de utilidade pública, que foi criada na Figueira da Foz há dezanove anos atrás [1995] e que se define como um centro de documentação e de acção cultural, apontado quer para a investigação científica quer para a divulgação cultural qualificada, e dedicado a "o Mar e o que, através dele, fizeram e fazem os Portugueses".
Nos termos deste protocolo as duas entidades comprometem-se a colaborar na organização de acções formativas futuras e de índole cultural.
Na ocasião,  foi feito o oferecimento de colecções de livros editados pelo CEMAR ao longo das últimas duas décadas, para a biblioteca da Universidade Sénior da Figueira da Foz.

Sem comentários: